Paraná terá 20 novos presídios, afirma Richa | Fábio Campana

Paraná terá 20 novos presídios, afirma Richa

20 novos presídios

O governador Beto Richa (PSDB) confirmou nesta quinta-feira (21), em entrevista ao portal G1, a ampliação e construção de 20 presídios para acabar com a lotação das delegacias no interior do Estado. As obras vão abrir 6.670 novas vagas no sistema prisional paranaense. “A meta é zerar a lotação, com a conclusão dessas unidades”, disse Beto Richa.

No início do ano, Beto Richa determinou a transferência de presos custodiados em delegacias de Curitiba e região metropolitana para o sistema penitenciário. Em três anos e meio, foram retirados sete mil detentos das delegacias. “Superamos a meta inicial de tirar seis mil detentos. Agora, vamos zerar quando ficarem prontas as obras de construção ou ampliação de penitenciárias. Temos 20 obras e vamos zerar essa situação”, garantiu o governador.

Serão construídas seis cadeias públicas (2.292 vagas para presos provisórios), seis novos Centros de Integração Social (1.296 vagas para presos de regime semiaberto) e ampliação de oito unidades (3.082 vagas para regime fechado). Em 2010 o Paraná tinha a pior situação carcerária do Brasil. “Isso quem diz é o Ministério da Justiça. Custodiados de forma irregular no Brasil, naquela ocasião eram 52 mil, destes 16 mil no Paraná”, explicou Beto. “Isso é inadmissível para um Estado que é modelo para o Brasil. Com muito trabalho estamos revertendo esse quadro, que é deplorável.”

Beto também apresentou as propostas e fez um balanço das ações em segurança. Foram cumpridos 76 mil mandados de prisão em três anos e meio. “Apertamos a criminalidade com os dez mil policiais contratados, com as 1,4 mil viaturas novas, investimentos maciços em inteligência, ampliamos muito a elucidação de crimes”, disse o governador.

EMPREGOS – Depois da entrevista, o governador inaugurou um comitê em São José dos Pinhais, Mais de 150 moradores da cidade fizeram uma grande manifestação de apoio a Beto Richa. A população e as lideranças políticas elogiaram a gestão do governador. A geração de empregos foi citada como uma das principais conquistas da cidade. Beto Richa trouxe de volta ao município a industrialização e a criação de emprego.

O carpinteiro e pedreiro Florentino Moreira, morador de São José dos Pinhais, disse que Beto Richa tem que ser reeleito governador. “Tem que voltar porque fez um bom governo. Tem serviço sobrando hoje em São José. Só não trabalha quem não quer”, afirmou. Três grandes empresas decidiram se instalar na cidade com incentivos do governo estadual. A maior é a Renault, que investe R$ 2 bilhões na cidade com geração de 2 mil empregos.

Desde 2011, segundo o Ministério do Trabalho, o Paraná criou 366 mil novos postos de trabalho com carteira assinada. Foi o terceiro estado que mais criou empregos, atrás apenas de São Paulo e Rio de Janeiro. O governador disse que o Estado também tem o compromisso com a valorização dos trabalhadores. Para isso, aumentou em 38% o salário mínimo regional, desde 2011.


Um comentário

  1. domingo, 24 de agosto de 2014 – 15:08 hs

    Se foi para prender os políticos e pouco,porque só do PT,sao oitenta por cento

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*