Jovem é assassinado no Batel | Fábio Campana

Jovem é assassinado no Batel

De Antonio Senkovski e Rodrigo Batista, Gazeta do Povo:

Corpo foi encontrado pela PM na Avenida Sete de Setembro, na altura da praça, que fica no bairro Batel. Trânsito está bloqueado na canaleta e ônibus não param na estação-tubo Bento Viana.

Um homem foi assassinado a tiros na Praça do Japão, no bairro Batel, em Curitiba, no início da tarde desta terça-feira (5). Segundo a Polícia Militar (PM), que foi chamada para atender o caso por volta das 12h30, a vítima foi morta com pelo menos 11 disparos. O corpo foi encontrado na Avenida Sete de Setembro, por onde passam ônibus biarticulados da Rede Integrada de Transporte.

De acordo com informações repassadas por PMs que estão no local, 11 cápsulas de pistola 380 estão ao lado da vítima. A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) já estava no local às 14 horas para coletar informações que vão compor o inquérito policial. Imagens de câmeras de segurança de prédios da região e da Prefeitura de Curitiba podem ajudar a identificar a autoria do crime.

Conforme os PMs que estavam no local, testemunhas presenciaram o crime de perto. Elas contaram, preliminarmente, que duas pessoas discutiam com a vítima pouco antes dos disparos. Em um determinado momento da discussão, os dois suspeitos começaram a correr atrás da vítima e dispararam. O morreu na hora e seu corpo caiu na canaleta do ônibus.

Relatos de testemunhas não deram informações sobre as possíveis motivações do crime. Os sujeitos que efetuaram os disparos teriam fugido a pé. Um deles usava boné preto e vestia uma jaqueta preta. Informações sobre o suspeito podem ser repassadas à PM pelo telefone 190.

Trânsito

O atendimento ao local do assassinato para o recolhimento do corpo e averiguações provoca bloqueio total nos dois sentidos da canaleta exclusiva para biarticulados. Os ônibus são obrigados a desviar pela pista lenta – na qual há a via calma – e não estão fazendo paradas na estação-tubo Bento Viana. A situação do trânsito na região está complicada tanto para ônibus quanto para outros veículos, conforme informações da Secretaria Municipal de Trânsito (Setran). Até as 14 horas, não havia previsão para liberação do tráfego no local.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*