'Vão ter que demitir muita gente' ironiza Aécio sobre demissão de funcionário do Santander | Fábio Campana

‘Vão ter que demitir muita gente’ ironiza Aécio sobre demissão de funcionário do Santander

02 aécio neves

Maria Lima, O Globo

O candidato à Presidência da República pelo PSDB Aécio Neves ironizou a demissão de um funcionário do banco Santander, anunciado nesta terça-feira pelo presidente mundial da instituição Emílio Botín, por ter associado a presidente Dilma à piora do quadro econômico no país. O presidenciável disse que muitas pessoas precisariam ser demitidas por fazerem avaliações negativas do governo.

— Se forem demitir todos que fizeram avaliação negativa do governo, vão ter que demitir muita gente. Ninguém contestou a avaliação, se contentaram em pedir a punição — comentou o tucano em Brasília, onde cumpre agenda com reuniões internas. — Ao invés de estimular a punição, ela (Dilma) tinha era de fazer uma agenda positiva para o Brasil. O problema da economia não é político — alfinetou Aécio.

Ainda sobre o caso, o candidato tucano disse que o governo está próximo a “um ataque de nervos”, e que Dilma precisa “inspirar credibilidade”:

— Eu dizia sempre que esse governo estava à beira de um ataque de nervos, mas hoje eu digo que o governo já está vivendo um ataque de nervos. O que ela (Dilma) tinha de fazer era mostrar uma agenda para o Brasil. A critica da presidente é inócua, só coloca mais luz sobre a percepção geral de que o governo perdeu a capacidade de inspirar credibilidade. Essa é uma avaliação geral — complementou Aécio.


6 comentários

  1. tadeu rocha
    quarta-feira, 30 de julho de 2014 – 11:38 hs

    EU FALEI QUE O PRESIDENTE DO SANTANDER FOI INFELIZ DE FALAR QUE ESTAVA COM DILMA , EU NEM QUERO CHEGAR NESSE BANCO, ELE NÃO PODIA FALAR , MAIS FALOU.

  2. Irineu
    quarta-feira, 30 de julho de 2014 – 11:46 hs

    Não é a toa que os Luláticos e Dilmistas discípulos dos ditadores ermanos dão mais um exemplo da ditadura enrustida e camuflada em forma de democracia, ela não sabe que o povo está abrindo os olhos aos poucos mas está, e eu já cantei a pedra: ” Vai ter muito mensaleiro condenado subindo em palanque fazendo campanha para o governo com a cara lavada” tamanha cara de pau de ambos.

  3. QUESTIONADOR
    quarta-feira, 30 de julho de 2014 – 12:49 hs

    -O funcionário foi demitido por falar a verdade e cuidar das contas de seus correntistas com zelo e transparência!!!
    -Dou meu irrestrito e incondicional apoio à este funcionário por cumprir com sua missão e responsabildade!!!
    -Este (des)governo do partido da estrela não admite opiniões contrárias, caso aconteça, mostra o seu lado negro e verdadeiro, truculência e prepotência dignos dos “Anos de Chumbo” da “Cortina de Ferro”!!!!

  4. Tiburcio Gabiru
    quarta-feira, 30 de julho de 2014 – 20:31 hs

    “Sabe nada inocente”! Tem alguém aqui com mais de 10 anos de idade que realmente acredita que algum funcionário de algum banco está preocupado com a situação financeira de algum correntista?
    Deixem de ser medíocres! O que todos os funcionários querem é gerar lucros para os bancos pensando na ascensão profissional, na carreira…

  5. Ricardo
    quarta-feira, 30 de julho de 2014 – 20:41 hs

    Caros eleitores. Desejo congratular-me e parabenizá-lo com o Presidente do SANTANDER pela coragem e independencia ao permitir que o funcionário distribuisse a mensagem de prudencia aos clientes que possuem bons recursos financeiro. Essa atitude do presidente deveria ser copiada pelos empresários e dirigentes brasileiros, pois sabem da atual situação do BRASIL. Só não o fazem por estarem comprometidos e cooptados com os iludidos militantes comunistas petistas do BRASIL. O eleitor brasileiro está ciente do risco, pois PT é PERDA TOTAL. Atenciosamente

  6. Helena
    quinta-feira, 31 de julho de 2014 – 13:14 hs

    Que “DEMOCRACIA” invejável!

    Todos os que têm conta nesse banco deveria exigir a reintegração desse funcionário, caso contrário, todos encerrariam a conta.
    Se fosse o gerente desse banco ainda promoveria esse funcionário, por falar a pura verdade.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*