Se vencer, Dilma quer ter um PT diferente | Fábio Campana

Se vencer, Dilma quer
ter um PT diferente

ciro-cid-gomes-286x300

Na coluna “Holofote” de VEJA

Dilma Rousseff tem planos de ter um PT para chamar de seu. O grupo mais próximo da presidente se diz cansado de ficar sempre a reboque dos políticos que comandam o partido há pelo menos duas décadas e planeja ganhar espaço. Uma das estratégias é apostar em figuras novas que possam defender os interesses de Dilma.

Fazem parte desse plano os irmãos Ciro e Cid Gomes. Eles estão filiados ao novato PROS, mas podem desembarcar no PT a partir de janeiro de 2015 — claro, se Dilma se reeleger.


A parceria não é nova.

No Ceará, em vez de lançar nomes do PROS para o governo do Estado, os irmãos Gomes optaram pelo deputado estadual Camilo Santana, do PT.

A operação vitimou a candidatura do deputado José Guimarães – dono de cerca de 80% do diretório petista cearense — ao Senado.

Ciro e Cid vão brigar pela presidente no PT.


5 comentários

  1. Valter Barelli
    segunda-feira, 14 de julho de 2014 – 16:55 hs

    Isso tá parecendo mais um cavalo de tróia. Do jeito que o Ciro andou falando mal dela, sei não, tá estranha essa conversa.

  2. Anonimo
    segunda-feira, 14 de julho de 2014 – 16:56 hs

    Com certeza a Dilma vai controlar o PT, ainda mais agora que o partido está dividido e o seu comando tradicional enfraquecido, não é que o Lula não possa influenciar e tentar controlar isto, mas o fato é que, o poder da caneta presidencial é muito forte em um partido que depende quase 80 por cento do governo federal. Aqueles que estão em cargos nomeados, ou deputados que recebem verbas governamentais para suas bases e tudo aquilo que já sabemos não está em posição de se opor a Dilma, o único erro é que ela deveria ter começado a fazer desde 2012 e agora aproveitar para terminar de fechar o laço sobre o PT. Embora eu não duvide que ela não fez isto pelo medo que possuía de não passar nas prévias do PT para a reeleição, arriscar porque se tudo já está certo.

  3. justino bonifacio martins
    terça-feira, 15 de julho de 2014 – 9:12 hs

    Isso é tudo que Dilma não deve fazer; trazer esses cacalhadas para seu lado!

  4. LULI
    terça-feira, 15 de julho de 2014 – 9:58 hs

    A “presidenta” quer mesmo um PT diferente… Com mais poder fazendo valer o Decreto 8243/14(que todos deviam entender bem). Se a população deste país não acordar nestas eleições, teremos a ditadura concretizada e a instalação do nosso retrocesso.

  5. o amigo do povo
    terça-feira, 15 de julho de 2014 – 22:42 hs

    Então já podem ir preparando as fichas de filiação dos irmãos, esta chance eles não vão deixar passar. Sou realista, não temos nenhuma escolha, ou votamos na tralha conhecida, ou arriscamos com estes franco-atiradores.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*