No Norte, mais 23 prefeitos apoiam reeleição de Beto Richa | Fábio Campana

No Norte, mais 23 prefeitos apoiam reeleição de Beto Richa

unnamed

Em reunião na manhã deste sábado (26), em Santo Antonio da Platina, o governador Beto Richa (PSDB) recebeu o apoio de 23 dos 26 prefeitos das cidades que integram a Amunorpi (Associação dos Municípios do Norte Pioneiro). “Cada vez mais prefeitos se unem ao projeto, que com diálogo e respeito, vai manter o Paraná no rumo do desenvolvimento”, disse Beto Richa. “Esse apoio só aumenta minha responsabilidade e me dá a certeza de que estamos no caminho certo”, completou Beto Richa ao do senador Álvaro Dias (PSDB), candidato à senador pela coligação que reúne 17 partidos.

Beto Richa fez um balanço do governo nas áreas de educação, segurança e saúde e afirmou que não fez discriminação partidária entre prefeitos. “Faço um governo sem olhar para a bandeira do partido, mas sim para as necessidades da população. Fui prefeito, sofri discriminação e sei o quanto isso prejudica o cidadão”, disse.


O presidente da Amunorpi e prefeito de Barra do Jacaré, Edimar de Freitas Alboneti, o Edão (PP) disse que esse apoio é um reconhecimento dos prefeitos para o governador. “Tenho certeza que oi um dos que mais trabalhou pelo Norte Pioneiro. O Beto Richa fez muito, mas muito mesmo, foi um governador municipalista e que ajudou demais nossa região. Não à toa temos 23 prefeitos juntos com ele”, afirmou.

Alboneti citou algumas importantes conquistas como o curso de Odontologia para a UENP (Universidade Estadual do Norte do Paraná), em Jacarezinho, além de várias unidades básicas de saúde construídas pelo Estado nos municípios. “Tivemos programas em praticamente todas as áreas. As secretarias do governo foram atuantes com ações que em especial no nosso Norte Pioneiro ajudaram muito. Um exemplo bom disso são os programas da agricultura, como o de calcário e óleo diesel”, continua Edão.

APOIO – Com apoio de 23 prefeitos, de forma inédita, Beto Richa consegue o apoio da maioria dos prefeitos da região. Em todo o Paraná mais de 300 prefeitos apoiam a reeleição do governador. O prefeito de Cambará, João Mattar (PSB) declarou apoio a reeleição de Richa. A cidade tem 25 mil moradores. “Todo município pequeno tem muitas dificuldades e precisa da ajuda do governo estadual. Eu sou Beto porque ele investiu na nossa cidade”, disse. Ele citou uma nova ambulância, obras de pavimentação e incentivos para a agricultura. “E esse reconhecimento é geral, todos os prefeitos aqui no Norte Pioneiro vão com Beto Richa”, afirmou.

Beto Richa apresentou dados dos três anos e meio e defendeu sua reeleição. “Não podemos interromper essa boa parceria em favor dos municípios. O melhor ainda está por vir. Agora, que conseguimos sanear as finanças, terá mais recursos para obras nos municípios”, disse. Na educação, os professores tiveram 60% de reajuste salarial e aumento de 50% de hora atividade. Além disso, Beto Richa melhorou a qualidade da merenda e investiu quatro vezes mais no transporte escolar.

O governador disse ainda que herdou o Paraná com o menor efetivo de policiais militares do Brasil. Para reverter isso, irá contratar até final do ano 10 mil novos policiais. “A maior contratação da história do Estado”, diz. Beto Richa explica ainda que equipou as forças policiais com 1,5 mil novas viaturas e garantiu aumento salarial ao policiais. “Hoje, o praça da polícia militar tem o maior salário do Brasil”, afirmou.

Na saúde, em parceria com os municípios, foram construídas unidades de saúdes e entregues novas ambulâncias. Com isso, o Paraná tem reduzido a mortalidade materna e infantil e aumentado os transplantes de órgãos. Beto Richa instalou em Londrina, Cascavel e Guarapuava bases de salvamento aéreo com helicóptero para resgate. Beto Richa destacou ainda o aumento na geração de empregos com carteira assinada e o programa de habitação que está construindo 70 mil casas no Parana. Em oito anos da gestão anterior, foram construídas apenas 18 mil unidades.


4 comentários

  1. sergio silvestre
    sábado, 26 de julho de 2014 – 16:09 hs

    Prefeito não elege ninguém,ainda mais se tiver fazendo governo ruim .
    então esses apoios são tiro no pé.

  2. João de Castro
    sábado, 26 de julho de 2014 – 16:13 hs

    “Ele citou uma ambulância, recursos para pavimentação e agricultura”!!! Leia-se: recursos para pavimentação financiados pela SEDU (ou seja, o Município terá que pagar), uma ambulância de R$ 120.000,00 (cento e vinte mil reais) e um pouco de calcário (uns R$ 50.000,00)… é uma vergonha!!! Maior vergonha é o Prefeito “se vender” a troco disso!

  3. JOAO CARROPRESO
    sábado, 26 de julho de 2014 – 18:55 hs

    GOVERNADOR VOTAMOS NO SENHOR SO SE O SENHOR MUDAR SEUS ATUAIS SECRETARIOS QUE AFUNDARAM O ESTADO NAS MAIS DIVERSAS AREAS E SE ISTO NÃO TIVESSE ACONTECIDO HOJE SERIA MUITO MAIS FÁCIL SE RE ELEGER . É SO PROPAGANDA ENGANOSA ATÉ PARECE O GOVERNO DO REQUIÃO. SAUDE EDUCAÇÃO SEGURANÇA PUBLICA E JUSTIÇA É SO TRAPALHADA UMA ATRAS DA OUTRA

  4. Vigilante do Portão
    domingo, 27 de julho de 2014 – 8:20 hs

    Não adianta apresentar pesquisa de Instituto desconhecido.

    Não seria o velho e bom “DataCunhada”?

    Esse famoso instituto, bastante credenciado e “ISENTO” (kkkk) era de propriedade da cunhada dos Requião.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*