Calibrar o discurso | Fábio Campana

Calibrar o discurso

Ilimar Franco, O Globo

As recentes declarações de Aécio Neves sobre o Mais Médicos não agradaram a integrantes de sua campanha. Eles dizem que o tucano devia “colocar melhor sua posição”.

Temem que o PT cole a imagem de que ele é contra o programa. Aliados defendem que Aécio não se envolva no embate corporativo. Explicam que para o eleitor o que importa é ter médico e não de onde ele é (Cuba) ou quanto ganha.


6 comentários

  1. o amigo do povo
    terça-feira, 22 de julho de 2014 – 21:49 hs

    Ih o playboy mineiro prova que não aprendeu nada com o avô, este sim um mestre na arte de fazer política. O cara era artista e não vigarista como são todos os políticos de hoje, uns pilantras com P.

  2. Zangado
    terça-feira, 22 de julho de 2014 – 22:26 hs

    Tem que ter mais cheiro de percepção do que vai falar, uma cheirada errada pode custar uma eleição !!!!!

  3. Vigilante do Portão
    quarta-feira, 23 de julho de 2014 – 8:23 hs

    Na verdade, a mídia “amiga” se encarregou de ADAPTAR as palavras do Aécio ao DISCURSO do PT, explico:

    Aécio (não sei se vou votar nele), em seu pronunciamento, disse:

    VAMOS REVER o CONTRATO dos MÉDICOS CUBANOS.

    Nada mais justo.

    O Contrato é uma FRAUDE!
    É de flagrante ilegalidade.

    Os Médicos são mantidos em uma espécie de encarceramento.

    Um amigo me perguntou:

    E eles não reclamam?

    POUCOS!

    A maioria fica em silêncio.

    Mesmo recebendo 10% dos seus pares (de outros países)?
    Em Cuba, receberiam menos.
    Fora as condições de trabalho.

    Em Cuba, recebem U$100 p/ mês.

    Mais,

    Não podemos esquecer a informação sobre os familiares “presos” em Cuba.

    PRESOS?

    SIM!

    Não se pode SAIR de Cuba.
    Centenas, tentando FUGIR (do paraíso, segundo alguns), MORRERAM, baleados ou afogados.

  4. Parreiras Rodrigues
    quarta-feira, 23 de julho de 2014 – 8:46 hs

    Todo mundo sabe que o Mais Médicos é prova da ineficácia petista no trato da saúde – afinal, são 11 anos no governo para corrigir o que tanto criticavam,
    Todo mundo sabe das condições escravagistas impingidas aos médicos conveniados.
    Todo mundo sabe que esse acordo é meio de o Brasil ajudar a combalida ditadura castrista.
    Todo mundo sabe das condições estruturais (?) da saúde – postos, unidades, – nos grotões e como são as relações município-médico por lá.
    Mas o que seu Zé e dona Maria lá de Barra do Jacaré é um médico.
    Não lhes interessa a cor, a origem, quanto ganha e muito menos o que é ditadura castrista.

  5. lombrusco
    quarta-feira, 23 de julho de 2014 – 16:47 hs

    Só o pt acha bom mandar dinheiro para Cuba, o porto de paranagua nao tem mas construir porto em cuba pode,

  6. prof. Elisa
    quarta-feira, 23 de julho de 2014 – 22:08 hs

    Acho que sei porque o aecinho não gosta de medicos .Disseram para ele parar com a coca, ela engorda .Bem como , não é mais para agredir mulheres, pelo menos em campanha; depois de volta pro senado ……

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*