Rapaz agarra e beija jovem de 15 anos na Fan Fest, é preso e delegado o autua por estupro | Fábio Campana

Rapaz agarra e beija jovem de 15 anos na Fan Fest, é preso e delegado o autua por estupro

De Denise Mello e Antonio Nascimento, Banda B:

Um rapaz de 20 anos foi autuado em flagrante por estupro depois de agarrar e beijar à força uma adolescente de 15 anos durante as comemorações da vitória do Brasil na Copa na festa da Fan Fest, em Curitiba. A decisão de autuá-lo por estupro foi do delegado de plantão no Ciac Sul, para onde o rapaz foi levado pela Guarda Municipal.

A confusão aconteceu por volta das 20h30, na Pedreira Paulo Leminski. Testemunhas contaram que, de repente, o rapaz resolveu agarrar e beijar “freneticamente” a adolescente que estava na sua frente, no show da banda Jota Quest. A menina teria reagido, mas não conseguiu se livrar do beijo. Revoltada, foi até o pai, que estava na festa, e contou tudo. O pai então acionou os guardas municipais que prenderam o rapaz beijoqueiro.

O jovem foi encaminhado até o Ciac Sul e lá, para surpresa de alguns policiais militares que estavam no local, o delegado autuou o detido em flagrante por estupro, crime sem direito a fiança. Um policial militar que prefere não se identificar disse que achou estranha a autuação. “Normalmente, em casos assim, o suspeito é autuado por atentado violento ao pudor ou algo assim, mas nunca estupro, que é um crime muito grave. Mas o delegado entendeu diferente”, afirmou.

O pai e a adolescente prestaram depoimento e o rapaz foi transferido para o 11º Distrito Policial. O delegado que fez a autuação trabalhou na madrugada e não foi encontrado pela manhã para falar sobre o caso.

Código Penal

De acordo com o Código Penal Brasileiro em seu artigo 213 (na redação dada pela Lei nº 12.015, de 2009), estupro é:constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso.2

O estupro é considerado um dos crimes mais violentos, sendo considerado um crime hediondo.


4 comentários

  1. Marcelo
    terça-feira, 24 de junho de 2014 – 12:18 hs

    o policial militar serve apenas para deter e conduzir o envolvido até à Delegacia…..lá….ele não resolve nada…é o delegado que resolve, e pela letra da lei…tá certo….

  2. Dosel Jr.
    terça-feira, 24 de junho de 2014 – 13:46 hs

    Este delegado deve voltar aos bancos escolares, ler o código e procurar saber o que é estupro. O que o rapaz fez não estava certo, mas daí até ser acusado de estupro é um erro muito grande.Até um integrante da PM sacou o erro dele.

  3. o amigo do povo
    terça-feira, 24 de junho de 2014 – 19:45 hs

    Sugiro ao infortunado Romeu que chame logo o advogado dos famosos, aquele que tirou da cadeia o coordenador-geral do TCE, o cara livra rapidinho a cara de presos.

  4. BigPaul
    quarta-feira, 25 de junho de 2014 – 0:08 hs

    Preciosismos e excessos assim, acontecem muito, quando o infeliz do preso, leva azar, e comete um deslize contra um parente, ou amigo do delegado, do juiz, etc.
    Amigo meu, ao tirar seu carro pela manhã pra ir pro trabalho, viu que seu cão saiu, e atacou um pequeno cachorro que passava solto pela sua calçada.
    Ao primeiro comando, seu cão soltou o outro, e recolheu-se, sem problemas maiores ao cãozinho agredido; nada mais que um belo susto. – Porém, e para azar seu, o bichinho agredido pertence a uma juíza que mora em frente.
    É sem conta, oque ele já gastou com advogados, e já se incomodou por causa desse pequeno incidente, que nada causou ao lulu da madama, Até o sacrifício do pobre cão, a muié tá pedindo pedindo…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*