O mercado da bola, por Ilimar Franco | Fábio Campana

O mercado da bola, por Ilimar Franco

Do Ilimar Franco, O Globo:

Ingressos distribuídos pela Fifa a operários dos estádios podem ser encontrados à venda na internet, prática proibida pela entidade e pelos consórcios responsáveis pelas obras. Um operário de Brazilândia, cidade próxima a Brasília, oferecia ontem ingresso por R$ 1,5 mil, à vista, para o jogo Brasil x Camarões, no Mané Garrincha. Ganhou quatro e já tinha repassado três ingressos por R$ 4,5 mil.


4 comentários

  1. Sociedade Responde
    terça-feira, 17 de junho de 2014 – 12:04 hs

    Pode ser proibido vender os ingressos. Mas, a bem da verdade, nada impede, juridicamente, que o cidadão o faça. ** Afinal, mais vale garantir uma melhoria na alimentação ou em alguma outra necessidade em casa do que ir ao campo de futebol. ** O jogo da para acompanhar pela tevê, não é mesmo? A grana para o trabalhador é mais importante do que a ilusão e o oba-oba. Não sou contra o cidadão vender seu ingresso.

  2. o amigo do povo
    terça-feira, 17 de junho de 2014 – 14:08 hs

    E depois tem gente que diz a Copa não trouxe resultados positivos par ao povo brasileiro , o peão de Brazilândia prova que não, ele já descolou uma boa grana. Será que não foi pensando assim que levou a companheira afirmar que esta seria a Copa das Copas? E a multinacional do futebol ainda distribuiu 50.000 deles entre o povo do BF.

  3. CRISTOVÃO
    terça-feira, 17 de junho de 2014 – 18:55 hs

    É uma vergonha atrás da outra

  4. Dieter
    terça-feira, 17 de junho de 2014 – 18:57 hs

    O brasileiro não desiste nunca….de fazer uma maracutaia. Depois acham ruim quando são tachados pilantras.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*