O DNA do PT | Fábio Campana

O DNA do PT

Por Mary Zaidan

Dominar e controlar. Binômio caro aos totalitários, esse conceito frequenta a agenda petista com incrível assiduidade. Quer-se dominar todos os espaços, sejam eles institucionais ou não governamentais, o Parlamento, o Judiciário, as ruas. E controlar tudo o que for possível: dos meios de produção à mídia, dos preços ao cotidiano dos cidadãos, que em cada esquina esbarram na abusiva intervenção do Estado em suas vidas.

É no diapasão do domínio e do controle que se encaixa o decreto nº 8.243 da presidente Dilma Rousseff, criando quase uma dezena de instâncias para que gente indicada a dedo palpite na administração pública.

Com o pomposo nome de Política Nacional de Participação Social (PNPS), o decreto é multiuso: serve para tentar se conectar com grupos descontrolados e desconhecidos, que exigem mudança; para reabilitar movimentos populares que trocaram as bases por empregos públicos; para fazer de conta que se está ampliando os instrumentos democráticos. Antes de tudo, é mais uma cartada eleitoral.

Aliados e até juristas do PT dizem que a pretensão foi regular o artigo 1º da Constituição: “Todo poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição”. Estranho é ver gente tão preparada fazer pouco da mesma Constituição que logo adiante, no Art. 14, explicita as formas de participação popular: sufrágio universal, voto direto e secreto, com valor igual para todos, plebiscito, referendo e iniciativa popular.

Bastaria usar o cardápio existente. Mas é um caminho inseguro, de controle zero. Iniciativa popular gera coisas como a Lei da Ficha Limpa. Plebiscitos, comuns na maioria das democracias, passam longe da prática brasileira. Da promulgação da Carta de 1988 até hoje foram apenas três. Referendos? Só dois. Um sobre comércio de armas e outro para mudança do fuso horário do Acre.

Pode até não haver inconstitucionalidade no decreto de Dilma, até porque as centenas de comissões previstas não têm poder algum, nem consultivo nem deliberativo. Pouco valem na prática, mas escancaram o regime dos sonhos impresso no DNA do PT: a substituição da democracia representativa pela participação popular direta, bem envelopada, indicada e nomeada, devidamente controlada. Portanto, falsa.

Um modelo semelhante ao implantado por Hugo Chávez na Venezuela, com os seus Comitês de Terras Urbanas, conselhos comunais, coletivos populares. Ligados à Presidência, são aparelhos do poder disfarçados de democracia, que o ex Lula chegou a elogiar como “democracia em excesso”.

Mas nem Chávez foi tão longe quanto Dilma. Não tentou detonar a democracia representativa por decreto.

Mary Zaidan é jornalista. Trabalhou nos jornais O Globo e O Estado de S. Paulo, em Brasília.


10 comentários

  1. FUI !!!
    segunda-feira, 2 de junho de 2014 – 6:30 hs

    O Brasil vive hoje uma falsa democracia. O PT tomou conta
    de todos os setores onde se decide o destino do nosso país.
    Começa pelas “nomeações” absurdas em todas as esferas,
    roubos orquestrados e quando algo aparece as sujeiras são varridas para debaixo do tapete, investimentos (roubo) bilio-
    nários para países “irmãos” a fundo perdido, incentivo maci-
    ço aos MSTs e assim vai.
    Se isto for democracia não conheço a verdadeira ditadura.

  2. o amigo do povo
    segunda-feira, 2 de junho de 2014 – 8:38 hs

    10 anos de poder não são suficientes, o pestismo não quer mais, quer ficar para sempre sentado no trono. O vicio do cachimbo fez os pestistas ficarem com a cara igual aos das caras dos que eles tanto odeiam, os milicos da Gloriosa. Ditadura nenhuma presta, nem mesmo que seja de esquerda.

  3. o amigo do povo
    segunda-feira, 2 de junho de 2014 – 8:39 hs

    10 anos de poder não são suficientes, o pestismo quer mais, quer ficar para sempre sentado no trono. O vicio do cachimbo fez os pestistas ficarem com a cara igual aos das caras dos que eles tanto odeiam, os milicos da Gloriosa. Ditadura nenhuma presta, nem mesmo que seja de esquerda.

  4. sergio silvestre
    segunda-feira, 2 de junho de 2014 – 9:09 hs

    Falam do PT,mas o que se vê é uma oposição raivosa,até aqui no blog,os comentários ofensivos,generalizando até os petistas bons.
    Recebi no meu “face”um vídeo onde supostos petistas esquartejam mulheres indefesas,outras tantas vindas de beatas reacionárias dizendo que a Dilma é satânica e que o Brasil ´hoje é reinado pelo mal.
    Se para tomar o poder precisa de tudo isso,os sucessores serão iguais a aqueles bandidos que esquartejaram as mulheres,não tem tanta diferença uma mente assassina daqueles que disseminam ódio.
    Então meu irmão,tem uma pesquisa mundial sem interesse onde ela diz que o Brasileiro é feliz e está contente com os rumos do Pais,talvez os descontentes tem a capacidade de gritar mais e fazer barulho.

  5. Sandra Wahrhaftig
    segunda-feira, 2 de junho de 2014 – 9:59 hs

    Que D’US nos livre da ditadura!

  6. Doutor Prolegômeno
    segunda-feira, 2 de junho de 2014 – 10:29 hs

    O DNA do PT mostra claramente sua origem socialista revolucionária, com traços maoístas, trotskistas, stalinistas, apimentados com o socialismo botocudo sul-americano. A este caldo foi acrescentado o molho da “inguinorança craça” do lulopetismo e do sindicalismo peleguista brasileiro, que foi o substrato onde subsistiram os seus líderes, mamando nas tetas da contribuição sindical compulsória.

  7. Gilmar
    segunda-feira, 2 de junho de 2014 – 10:48 hs

    É incrível como tem pessoas que lança nas costas dos outros os seus objetivos escusos!!!

  8. QUESTIONADOR
    segunda-feira, 2 de junho de 2014 – 12:32 hs

    -Esta política de domínio e controle imposto pelo partido reinante está escancarada na cara da população e este mesmo governo para impedir qualquer reação pela sociedade organizada, aprova esta lei em véspera de Copa de Mundo e no apagar das luzes!!!!
    -Impressionante como a população mais esclarecida não acredita no que está acontecendo e o pior de tudo, não reagem….
    -Pobre das futuras gerações de brasileirinhos estarão fadados à serem dominados e controlados por um REGIME COMUNISTA BRASILEIRO!!!!!

  9. BinLaden
    segunda-feira, 2 de junho de 2014 – 14:52 hs

    Isso se chama DITADURA

  10. terça-feira, 3 de junho de 2014 – 16:17 hs

    DNA do PT,nos anos de 1980 1990 até 2000.era Partido dos Trabalhadores.de 2001 até hoje é Partido dos Trambiqueiros isso que é.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*