MPF investiga desvio de R$ 1,4 bi na Repar | Fábio Campana

MPF investiga desvio de R$ 1,4 bi na Repar

C

O Ministério Público Federal suspeita que as obras da Petrobrás na Refinaria Presidente Getúlio Vargas, em Araucária no Paraná, tenham sido alvo do mesmo esquema investigado na Refinaria Abreu e Lima (PE). Relatório de procuradores diz que recursos de contratos superfaturados na unidade de refino paranaense podem ter abastecido empresas ligadas ao ex-diretor Paulo Roberto Costa (na foto ao lado do então governador Roberto Requião na Escola de Governo) e ao doleiro Alberto Youssef. A Polícia Federal também investiga o superfaturamento nas obras da Repar. As informações são do Estadão.

Conforme o documento, concluído em maio, há “conexão entre os desvios” na refinaria pernambucana, um dos focos da Operação Lava Jato, e supostas irregularidades em contratos para modernizar a Repar. A Petrobrás contratou para as obras no Paraná cinco consórcios de empreiteiras por R$ 7,5 bilhões. Laudo da Polícia Federal, feito em abril, diz que as planilhas dos contratos têm sobrepreço de R$ 1,4 bilhão.

Os procuradores sustentam que parte do dinheiro pago às construtoras na Repar pode ter sido repassado a empresas suspeitas de integrar o esquema, como teria ocorrido em Abreu e Lima. Além disso, uma planilha apreendida na Operação Lava Jato sugere que o ex-diretor da Petrobrás negociou doações eleitorais com empreiteiras, entre elas três contratadas para as obras no Paraná (UTC/Constran, Mendes Júnior e Toyo Setal).

Ao quebrar o sigilo da MO Consultoria – empresa de fachada que pertenceria a Youssef -, os investigadores encontraram depósito de R$ 617 mil feito pela construtora OAS. A empresa, a Odebrecht e e a UTC integram o Consórcio Conpar, que tem um dos contratos na Repar. Segundo a PF, nessa fatia das obras o superfaturamento seria de cerca de R$ 132 milhões. O relatório do Ministério Público Federal aponta ainda um repasse de R$ 3,6 milhões “da Repar à Sanko-Sider”, empresa citada na Lava Jato como peça do esquema de desvios da Petrobrás para a MO Consultoria.

A informação consta de uma planilha apreendida pela PF.

Histórico. Segundo denúncia aceita pela Justiça, na construção da Refinaria Abreu e Lima a Petrobrás pagava por serviços superfaturados ao Consórcio Nacional Camargo Corrêa, que mantinha contratos para a compra de material como a Sanko. “Dali para frente, o dinheiro ilícito do peculato e da corrupção foi pulverizado mediante diversas operações de lavagem de capitais”, sustenta relatório do Ministério Público.

O documento foi enviado ao juiz Sérgio Moro, da Lava Jato. Em decisão de 12 de maio, ele reconhece a conexão entre o caso de Pernambuco e o caso do Paraná. “Se valores pagos nas obras da Repar foram destinados às empresas de Youssef, haveria conexão entre crimes antecedentes e de lavagem”, escreveu o magistrado.


5 comentários

  1. Saul
    terça-feira, 17 de junho de 2014 – 12:53 hs

    É tudo muito sujo no reino da brasilandia. A corrupção é imensa e poucos escapam de terem se beneficiados das engendradas. Está aí o Requião ao lado da eminente figura PRC. Vai dizer que não sabia de nada? Assim estão conduzindo o reinado. O povo brasileiro vem sendo extorquido de todo lado, nos altos impostos, na carestia de vida, superfaturamento dos juros, atolado em empréstimos, enquanto os malandros do governo só metendo a mão no dinheiro público e levando uma vida nababesca oferecida pelos cargos que ocupam. E os trouxas aqui embaixo defendendo esse ou aquele corrupto, que pregam aos quatros cantos que são os mais puros anjos, e os idiotas acreditam elegendo a máfia a se perpetuar no poder. Que país é esse?

  2. CRISTOVÃO
    terça-feira, 17 de junho de 2014 – 18:49 hs

    Eu falei que o BARRACO estava DESABANDO

  3. Luiz
    quarta-feira, 18 de junho de 2014 – 8:01 hs

    ESSA FOTO É DA (GRAÇAS A DEUS ) EXTINTA TERÇA INSANA,ONDE SÓ SE OUVIA MENTIRAS E MAIS MENTIRAS NO GOVERNO DE FAZ DE CONTAS DO BOB REQ.

  4. Helena
    quarta-feira, 18 de junho de 2014 – 12:42 hs

    Agora estou entendendo o porquê dele apoiar a Dilma para presidente, faz parte da mesma “turma” petista.

  5. Pedro Augusto de Batista
    domingo, 12 de outubro de 2014 – 9:06 hs

    O povo Brasileiro graças a Deus acordou e com esse barulho todo acordou o gigante Brasil pois votaram no Aecio Neves no primeiro turno e agora em MASSA vai votar no nosso salvador que se chama AECIO NEVESS

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*