Mil famílias são retiradas pela PM de área de invasão na Caximba | Fábio Campana

Mil famílias são retiradas pela PM de área de invasão na Caximba

caximba2

Da Banda B:

A Polícia Militar (PM) obedece uma ordem judicial e realiza uma reintegração de posse na Invasão Primeiro de Setembro, no bairro Caximba, em Curitiba, na manhã desta sexta-feira (23). São 700 policiais militares, além do helicóptero da corporação, que retiram mil famílias do local. No local existem 240 casas montadas pelas famílias.

A área é particular e, nos últimos anos, desde que foi invadida, se tornou também palco de crimes relacionados ao tráfico de drogas e a venda de terrenos irregulares. O major Netto, da PM, que coordena a operação, explicou que as famílias foram avisadas há um mês sobre a reintegração. Não há registro de confrontos, até o fechamento desta reportagem.

Ainda de acordo com ele, as famílias, em sua maioria na fila da Cohab, serão levadas por um caminhão da Prefeitura para um local que queiram. Quem não tiver onde ficar, provavelmente terá que ir até a Fundação de Ação Social de Curitiba (FAS), segundo o major.


7 comentários

  1. LCS
    sexta-feira, 23 de maio de 2014 – 13:47 hs

    Há de se esclarecer que não cabe a Polícia Militar efetuar quaisquer “reintegrações de posse” …… a Polícia Militar tem por obrigação legal, quando devidamente requisitada pelo poder competente, efetuar a segurança do(s) Oficial(s) de Justiça e demais pessoas envolvida(s) naquela(s) reintegração(s) de posse(s) …. Obrigado !!

  2. cassiane naiara dolgopiaty
    sexta-feira, 23 de maio de 2014 – 15:20 hs

    nunca vi tantas policias assim mais foi bom que nao teve aula

  3. Parreiras Rodrigues
    sexta-feira, 23 de maio de 2014 – 19:01 hs

    São os filhos e netos do êxodo rural provocado pela geada negra de 1975. Ao contrário duma política de oferecimento de alternativas, mesmo de revitalização da cafeicultura, o governo optou por matar o boi para acabar com os carrapatos.
    Quem disse que Curitiba e RM cresceu?
    Inchou. E inchaço é doença;

  4. Alceu
    sexta-feira, 23 de maio de 2014 – 20:03 hs

    Sou morador .nao me conformo pois tenho um bebe de um mes e um menino de seis anos.trabalho no muffato .ganho pouco .dei graças por sair do aluguel e hoje fazem isso conosco.nao e justo.estou na fila da cohab.o que faço ?

  5. Visita Importante
    sexta-feira, 23 de maio de 2014 – 21:17 hs

    A relatora da ONU para a Moradia Adequada já esteve em Curitiba para resolver situações parecidas e que resultou em uma Recomendação, mas parece que tudo já foi esquecido.

    http://youtu.be/-j2Q4Th51Ek

  6. JÁ ERA...
    sábado, 24 de maio de 2014 – 6:46 hs

    As invasões de propriedades particulares ou terras produtivas
    na base da baderna começaram incentivadas na era Lula. As
    greves intermináveis das ramificações do PT tomaram rumo
    inimagináveis mesmo para o próprio PT, porque hoje o veneno
    ficou amargo para o próprio partido. A baderna institucionalizou
    completamente. Todas as manifestações de greves ou passea-
    tas terminam em quebra quebra. Hoje nós assistimos indig-
    nados a saques, tráficos, assassinatos em série, roubos de
    políticos, mentiras da Presidenta, superfaturamentos e… come-
    çamos a achar tudo natural. Estamos em plena guerra em que
    os protagonistas somos nós – povão…

  7. domingo, 13 de julho de 2014 – 18:25 hs

    e uma pouca vergonha a dilma muda nada e uma merda esse brasil

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*