Francischini quer ouvir Rosemary Noronha | Fábio Campana

Francischini quer ouvir Rosemary Noronha

Índice

O líder do Solidariedade, deputado federal Fernando Francischini (PR), entrará com requerimento na Comissão Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados convidando a ex-chefe do escritório da Presidência da República em São Paulo, Rosemary Noronha, para esclarecer seu envolvimento com dirigentes do alto escalão do governo.

Conforme noticiado no último fim de semana, um relatório da Polícia Federal destaca a atuação de Rosemary como um braço de influência política na estrutura de um grupo de dezoito pessoas suspeitas pela prática dos crimes de formação de quadrilha, tráfico de influência e corrupção ativa. A denúncia tinha sido apresentada pelo Ministério Público Federal de São Paulo (MPF-SP) em dezembro de 2012 contra pessoas investigadas pela Polícia Federal (PF) na chamada Operação Porto Seguro, que apurou suposto esquema de venda de pareceres técnicos do governo em favor de empresas privadas.


A reportagem ainda indica que Rosemary insinua ter conhecimento de fatos que possam envolver outras autoridades, tais como a chefe da Casa Civil à época, Gleisi Hoffmann e o atual chefe de gabinete da Presidência da República, Beto Vasconcelos.

“Essa senhora se mostra como peça importante que ajudará elucidar os fatos que envolvem a alta cúpula do governo. A informação é que tinha poder de soberana, mandava e desmandava, ajudava uma quadrilha que vendia facilidades no governo. E conseguiu o ‘cala a boca’ que quis depois de chantagear o governo Dilma. Por quê o PT tem medo de Rosemary?”, questiona Francischini.


4 comentários

  1. tadeu rocha
    segunda-feira, 19 de maio de 2014 – 15:56 hs

    ATÉ QUEM FIM APARECEU UM GRANDE DEP. FEDERAL SR.FRANCISCHINI PARA ABRIR MAIS UM BURACO DELES, VEM CHUMBO GROSSO .. MAIS UM PARA NÓS BRASILEIRO FICAR ASSUSTADO,,, E SR LULA FICA DANDO UM DE BOM, VEM MAIS UMA PELA FRENTE…LULA DO TEU PARTIDO..

  2. Saul de Lima Brenzink
    segunda-feira, 19 de maio de 2014 – 17:19 hs

    Essa senhora é mais famosa que a Mônica Chupinski, do famoso caso com Bill Clinton. Essa era a dama de companhia nas viagens do Lula, que conseguia driblar até mesmo a identificação nos aeroportos. Tem horas de voo. Viagens regadas a boa champagnat, comida e o prato principal, a própria. E de viagem em viagem a dama de companhia conseguia colocações para os seus discípulos e garantia do seu futuro e da família. Pelo menos não precisou de um doleiro para se dar bem. Isto é, acho que não. Vai saber. Mas enfim, tem que ser bem investigada porque pode ter revelações importantes para elucidar vários casos de governo. Talvez Dona Marisa não queira saber, mas aperta que ela e o Lula tem muito para contar.

  3. VERDADE
    segunda-feira, 19 de maio de 2014 – 20:03 hs

    Afinal o que este senhor fez de relevante em Brasília todo este tempo?

  4. FUI !!!
    terça-feira, 20 de maio de 2014 – 4:29 hs

    Como o governo do PT conseguiu transformar Brasília em
    um covil de bandidos. O Lula associado à Rosemary e outros,
    a Dilma com Erenice e outros. Na verdade transformaram em
    um autentico Caradiru II. A diferença é que o Carandiru I é de
    verdadeiros ladrões e os de Brasília são do colarinho branco
    e barbudo !!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*