Espanha traz "jamón" e pede quartos individuais no CT do Caju | Fábio Campana

Espanha traz “jamón” e pede quartos individuais no CT do Caju

ct

Atual campeã chega ao CT do Caju no dia 8 de junho. Atlético-PR deixa cada quarto com só uma cama, mesas juntas no restaurante e campos em perfeito estado

De Fernando Freire, globoesporte:

O Atlético-PR prepara seu centro de treinamento, o CT do Caju, para receber a atual campeã mundial, a Espanha, na Copa do Mundo de 2014. A seleção de Piqué, Xavi, Iniesta e companhia chega a Curitiba no dia 8 de junho e terá o local como casa durante o torneio. Antes, ela disputa dois amistosos – contra a Bolívia em Sevilla-ESP e diante de El Salvador nos Estados Unidos.

A pedido da Espanha, o Furacão realizará mudanças na estrutura do CT. Pela cultura espanhola, as mesas do restaurante serão alinhadas para que todos almocem juntos, e não com cada pequeno grupo na sua mesa. Os quartos também mudam: passam a ser individuais.

w_campos_4

Para o paladar dos visitantes, o clube vai comprar alguns azeites e óleos específicos, além do manchego – queijo típico da Espanha. A delegação vai levar para Curitiba apenas o “jamón”, o tradicional presunto deles.

Para fazer a comida da comissão técnica comandada por Vicente del Bosque e dos atletas, a seleção contará com dois chefes de cozinha que viajarão junto com o grupo. Mas o Atlético-PR também vai disponibilizar equipe para o apoio.

QUARTOS INDIVIDUAIS
Também a pedido da Espanha, mas não por cultura, e sim por privacidade, os quartos, que atualmente contam com duas camas, passarão a ter apenas uma. Ou seja, os 23 jogadores convocados por Del Bosque terão seu próprio quarto no centro de treinamento. No hotel principal, são 42 quartos. Um segundo hotel, que é usado pelas categorias de base do Furacão, conta com mais 25 quartos – esses serão utilizados pelas equipes de apoio da Espanha.

O hall do hotel – que funciona apenas como uma área de circulação – receberá sofás, mesas de jogos e televisões para o lazer de todo o elenco. Já nos momentos de seriedade, Vicente Del Bosque poderá colocar os jogadores em um auditório que conta com 200 lugares. Nele, o técnico poderá mostrar vídeos para aprimorar virtudes e corrigir defeitos do time, além de analisar adversários. Já nas conversas mais restritas, com outros membros da comissão técnica, ele terá à disposição uma outra sala de reuniões.

CENTRO DE TREINAMENTO COMPLETO
O CT do Caju também oferece toda a estrutura necessária para os treinamentos da atual campeã do Mundo. O local tem oito campos oficiais. Um deles, que será o mais usado pela seleção no local, passa por um tratamento especial para receber os craques espanhóis. Outro conta com uma arquibancada com capacidade para cerca de 2.000 pessoas e que passa por pequenas reformas. Nele, a Espanha pode fazer um treino aberto para a imprensa.

Os comandados de Vicente del Bosque contarão ainda com vestiários completos, inclusive com armários e banheiras. Para treinos mais leves, como após os jogos ou em dias de chuva forte, poderão usar uma piscina coberta e uma sala de musculação – para a qual a Espanha trará apenas alguns pequenos equipamentos, que não existem no Brasil. Para completar, poderão passar o tempo praticando outros esportes, em quadras de basquete, tênis e vôlei.

Em caso de imprevisto, se algum jogador sofrer uma lesão, por exemplo, o centro de treinamento tem um departamento médico à disposição. O local oferece toda a estrutura para a recuperação de jogadores machucados. O CT do Caju também conta com uma clínica, usada para medir força, desequilíbrio e massa corporal dos atletas. Mas ela, a princípio, não será usada, já que a seleção fará todos os exames ainda na Espanha, logo na apresentação dos jogadores.

PROGRAMAÇÃO PARA A COPA
O Atlético-PR “libera” o CT do Caju no dia 1° de junho. Ou seja, jogadores do grupo principal, do sub-23 e das categorias de base deixarão o local. De resto, apenas funcionários da cozinha, da lavanderia e da segurança continuarão trabalhando no CT durante a estadia da Espanha. A partir do dia 1°, os primeiros integrantes do estafe da seleção começam a chegar a Curitiba. O técnico Vicente del Bosque e os jogadores, por sua vez, chegam apenas no dia 8.

A atual campeã mundial inicia a concentração para a Copa do Mundo no dia 26 de maio. Realiza um amistoso contra a Bolívia, no Estádio Sánches-Piazjuán, em Sevilla, na Espanha, no dia 30 de maio. Após essa partida, o grupo terá dois dias de folga. Viajam para os Estados Unidos no dia 2. Lá, eles realizam treinamentos na Universidade Católica de Washington e enfrentam a seleção de El Salvador, no segundo e último amistoso, marcado para o dia 7 de junho, no FedEx Field Stadium. Na sequência, aí sim, a seleção espanhola viaja para Curitiba.

A estreia da Espanha, que é cabeça de chave do Grupo 2, será contra a Holanda, no dia 13, uma sexta-feira, às 16h (horário de Brasília), na Arena Fonte Nova, em Salvador. Depois, encara o Chile no Maracanã e a Austrália na própria Arena da Baixada.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*