Dilma no ataque | Fábio Campana

Dilma no ataque

dilma-rousseff-juan-mabromata

Ilimar Franco, O Globo

A presidente Dilma decidiu partir para a ofensiva. O tom vem subindo gradativamente desde o início da crise da Petrobras. E não vai parar, segundo seus estrategistas. Dilma cansou de ouvir, sem revidar, ataques dos aliados no Congresso e dos adversários na eleição que se avizinha. Determinou aos ministros que sigam sua linha e não deixem nada, nem provocações, sem resposta.


4 comentários

  1. JÁ ERA...
    domingo, 4 de maio de 2014 – 5:29 hs

    A “madame” largou a luva de boxe e empunhou a metralhadora…
    e o uniforme é vermelho…

  2. Vigilante do Portão
    domingo, 4 de maio de 2014 – 7:10 hs

    Ensaiaram um “Volta Lula”.

    Não terão coragem:

    Seria RECONHECER que Lula, Ídolo da THURMA, ERROU ao indicar a DILMA.

    E a Presidenta, iria aceita calada?

    Receberia -logo ela – a pecha de INCOMPETENTE?

    Aliás, um dia, quando tudo isso for HISTÓRIA, contada nos livros e nos bastidores, a Verdade aparecer.

    Por exemplo,
    Quem DEU a ORDEM para Dilma “aceitar” a criminosa compra de Pasadena?

    Montaram uma farsa.

    Como em TODAS as Farsas, fica um rabo.
    No caso, como explicar que o Diretor, causador do Problema (por ter feito um relatório falho e omisso, segundo Dilma), fosse nomeado Diretor de uma Subsidiária da Petrobras, mantendo privilégios de alto negociador da Empresa?

  3. Tadeu rochatrocha43@hotmail.co
    domingo, 4 de maio de 2014 – 12:17 hs

    Ta na hora de vc ir para a Jaula. Para a Papuda,onde está seus companheiros,

  4. Tadeu rocha
    domingo, 4 de maio de 2014 – 12:17 hs

    Ta na hora de vc ir para a Jaula. Para a Papuda,onde está seus companheiros,

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*