Decisão do TSE tira um deputado do PR | Fábio Campana

Decisão do TSE tira um deputado do PR

unnamed

Por unanimidade, o TSE contrariou ontem decisão do Congresso Nacional e manteve a nova divisão dos tamanhos das bancadas dos deputados federais, estaduais e distritais para as eleições de 2014. Com a decisão, o Paraná perde uma vaga (de 30 para 29) de deputado federal. Além do Paraná, outros sete estados (AL, ES, PE, RJ, RS, PB e PI) também perderão representantes na Câmara dos Deputados, e cinco (AM, CE, MG, SC e PA) vão ganhar.

Presidente do TSE, o ministro Dias Toffoli sustentou que só uma lei complementar poderia reverter a mudança nas bancadas. Além disso, o decreto foi aprovado em novembro, e as normas que alteram o processo eleitoral precisam ser aprovadas pelo menos um ano do pleito. O caso deve ir ao Supremo Tribunal Federal.


7 comentários

  1. Olimpio Cesuir Salvatore
    quinta-feira, 29 de maio de 2014 – 0:32 hs

    Que pena que tirou UM deputado.

  2. FUI !!!
    quinta-feira, 29 de maio de 2014 – 5:05 hs

    Neste quesito concordo plenamente. Existem políticos de-
    mais !!! Este “empreguismo” milionário é uma sangria do co-
    fre público.

  3. PIMENTA PURA
    quinta-feira, 29 de maio de 2014 – 5:06 hs

    Se o salário dos políticos fossem simbólicos como em al-]
    guns países não existira uma alma viva como candidato…

  4. MENSALEIRO JÚNIOR.
    quinta-feira, 29 de maio de 2014 – 8:52 hs

    O TSE devia deixar 2 deputados e 1 senador por estado,o que já seria demais.

  5. Anônimo
    quinta-feira, 29 de maio de 2014 – 14:18 hs

    Cbn

  6. Arabela Balestra
    quinta-feira, 29 de maio de 2014 – 14:41 hs

    Se tirou um federal, tira um estadual também. Veja o como se calcula na Constituição. De 54 passam a 53.

  7. Cap. Nascimento
    quinta-feira, 29 de maio de 2014 – 15:50 hs

    Só um??????????? Não fará falta alguma…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*