Barbosa Neto depõe no Gaeco em Londrina | Fábio Campana

Barbosa Neto depõe no Gaeco em Londrina

2305-barbosa-neto-2

O ex-prefeito de Londrina, Barbosa Neto (PDT) prestou depoimento ao Gaeco na quarta-feira (21) sobre irregularidades na escolha e contratação do Instituto de Promoção de Capacitação e Desenvolvimento em 2009. A entidade foi contratada, sem a realização de licitação, para organizar e aplicar o concurso para a Guarda Municipal. As informações são d’O Diário de Maringá.

A contratação direta do instituto resultou em uma multa do TCE de R$ 1.256,86 à Prefeitura de Londrina. O órgão apontou que o município não conseguiu comprovar a necessidade de aplicar uma inexigibilidade de de licitação, ou seja, apontar que não havia outros institutos aptos para a realização da prova. No acórdão, o TC colocou que a contratação direta deve ser feita com pesquisa de preço e garantias de “melhor qulificação técnica” da empresa escolhida.

O caso foi apurado pela Promotoria de Defesa do Patrimônio Público, que ajuizou ação civil pública contra o ex-prefeito e secretários pela irregularidade. Agora, o Gaeco investiga eventual prática criminosa nos procedimentos do município. “Vamos apurar se pode ter consequência no âmbito criminal tais ações. Então, estamos promovendo uma série de diligências, ouvindo as pessoas acionadas na ação e também outras que de alguma forma tenham tido participação no caso”, pontuou o promotor do Gaeco, Jorge Barbosa.


Um comentário

  1. MENSALEIRO JÚNIOR.
    sexta-feira, 23 de maio de 2014 – 13:59 hs

    A CHALEIRA ESTÁ COMEÇANDO A FERVER. SE DEUS QUISER, EM BREVE TEREMOS ALGUNS EX SECRETÁRIOS ATRÁS DAS GRADES. PARABÉNS AO GAECO POR TUDO QUE TEM FEITO PARA MORALIZAR NOSSO ESTADO.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*