Senado adia votação sobre criação da CPI da Petrobras | Fábio Campana

Senado adia votação sobre criação da CPI da Petrobras

senado

O Globo

O Senado adiou para depois da Páscoa a votação do relatório do senador Romero Jucá (PMDB-RR) sobre a amplitude da investigação da comissão a ser criada pelos senadores. A ideia é aguardar a decisão da ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Rosa Weber sobre a amplitude da CPI: se ampla, como defende o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), ou restrita à Petrobras, como defende a oposição.

— Não houve entendimento — disse Renan.

Depois do adiamento da votação no Senado, o Congresso fez apenas a leitura dos dois requerimentos pedindo abertura de CPIs Mistas. Na prática, o governo conseguiu adiar para depois da Páscoa qualquer instalação de CPIs ou CPMIs.


6 comentários

  1. VISIONÁRIO
    quarta-feira, 16 de abril de 2014 – 8:36 hs

    Consenso nunca vai ocorrer neste senado. O próprio Renan é “pau
    mandado” do PT. Jamais deixaria o __ dele na reta. Ao enviar o as-
    sunto para o Senado deixou o abacaxi para a turminha decidir.
    Por ele definiria para a CPI mista que fica legal com a Presidenta e
    deixaria o assunto se arrastar por séculos nas investigações mistura-
    das com as outras denúncias. Atitude de político porco que não as-
    sume o cargo e empurra as decisões para terceiros !!!

  2. SOMBRA
    quarta-feira, 16 de abril de 2014 – 9:24 hs

    Não vamos esquecer senhores senadores que este ano tem eleição, vamos apurar casa a caso doa a quem doer…

  3. Renato Glotër
    quarta-feira, 16 de abril de 2014 – 9:46 hs

    A Gleisi agora tambpem anda atendendo o controle remoto? Quando o assunto é petróleo as políticas do PT ficam confusas…

  4. Diogo Almeida
    quarta-feira, 16 de abril de 2014 – 10:55 hs

    Nunca vi tamanha fanfarronice e demagogia como para abrir esta CPI! A senadora e candidata ao governo Gleisi demonstra cara de pau ao extremo! O comportamento do ” aliado” Renan Calheiros mostra o que existe de podre na nossa política! Corporativismo lá em cima e o País que se dane! A candidata nos trata como um bando de idiotas e o presidente tem certeza que somos! Não, Gleisi, investigar a Petrobras não é golpe político eleitoreiro, o PT e aliados afundaram a estatal! Não senador Calheiros, por mais que exista no Regimento que uma CPI mais ampla prevalece sobre a menor, elas tem que ser sobre o MESMO tema! Um dos argumentos mais canalhas vindo de Brasília, e agora está nas mãos de uma ministra do STF indicada pelo PT….tamo fu….Mais uma, se todo mundo sabe que a base governista tem imensa maioria, que uma CPI passa ou não de acordo com eles, se até aliados votaram em prol da CPI é porque a coisa é séria! Se querem CPI de trens e do Porto, que já foram usados através do CADE , de jornalistas, para colocar Alckimim e Campos em maus lençóis, por que não fazem um requerimento para CPIs específicas destes temas? Vergonha

  5. VERDADE
    quarta-feira, 16 de abril de 2014 – 13:37 hs

    Qual eh o problema da oposição? Ué não são os paladinos da moral? Jah que não tem nada a perder porque não concordam com a amplitude da CPI? Medo do Trensalao? Suape? Petrobras na época do FHC? Quem tem…tem medo! Eta tucanadinha safada!

  6. Do Interior...
    quarta-feira, 16 de abril de 2014 – 20:47 hs

    Estamos no fim do poço mesmo. A CPI já deveria ter sido instalada de pronto. Esse presidente do senado está até no pescoço envolvido no caso da Petrobrás.

    Brasil, rumo à ditadura golpista e fascista da Venezuela!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*