PF aponta sociedade entre André Vargas e doleiro preso | Fábio Campana

PF aponta sociedade entre André Vargas e doleiro preso

LAÇOS – O deputado André Vargas (PT-PR), vice-presidente da Câmara, repetindo gesto dos mensaleiros presos (Sergio Lima/Folhapress)

De Robson Bonin, de Brasília:

Nas conversas interceptadas pela Polícia Federal no âmbito da Operação Lava Jato, o doleiro Alberto Youssef e o vice-presidente da Câmara, André Vargas, demonstram ter muito mais do que uma relação de amizade. Em quase cinquenta mensagens registradas pela PF, Vargas recebe orientações do doleiro, combina reuniões com Youssef e chega a passar informações das conversas que ele, como parlamentar do PT, mantinha com integrantes do governo. Como é natural nesses diálogos nem sempre edificantes flagrados pela polícia, Vargas e Youssef adotam a precaução de conversar em códigos. Para Polícia Federal, no entanto, os registros colhidos na operação mostram que Vargas faz parte de projetos de Youssef e usa sua influência no governo em benefício do parceiro.

Nas mensagens obtidas pela polícia, Vargas e Youssef tratam de interesses do laboratório Labogen Química Fina e Biotecnologia no Ministério da Saúde. Como VEJA revelou há duas semanas, a Labogen é uma das empresas do esquema do doleiro. A Polícia Federal já descobriu que a empresa – que está no nome de um laranja de Youssef e é tudo menos um laboratório farmacêutico – já havia conseguido fechar uma parceria com o Ministério da Saúde pela qual receberia 150 milhões de reais em vendas de remédios para o governo. No dia 26 de fevereiro deste ano, Vargas escreve para Yousseff: “Reunião com Gadelha foi boa demais… Ele garantiu que vai nos ajudar, que sabe da importância, e encaminhou reunião decisiva dia 18, mas pediu que entregássemos os medicamentos da primeira PDP (Parceria para o Desenvolvimento Produtivo) e concluíssemos Anvisa, boas práticas aqui em BSB”. O doleiro elogia o empenho de Vargas: “Que bom. Parabéns.” E diz que já estão prontos para a Anvisa. “Muito bom”, finaliza Vargas.

Para a Polícia Federal os termos da conversa não deixam dúvidas: “Os indícios presentes nesta conversa apontam que o interlocutor não identificado (André Vargas) faz parte do projeto da Labogen junto ao Ministério da Saúde, e possivelmente atua exercendo influência junto aos responsáveis pela contratação do governo.” Falando sempre em códigos, André Vargas e o doleiro falam da necessidade de marcar uma reunião com um interlocutor identificado por Vargas pelas iniciais “PP”. Aparece na conversa também o nome de um certo “Marcos”.

Leia também: Presente de doleiro para André Vargas custou R$ 100 mil

No dia 7 de março, outra conversa chama atenção dos investigadores. Até então, os agentes da Polícia Federal consideravam a possibilidade de André Vargas ser apenas um homônimo do vice-presidente da Câmara. As evidências de que se trata mesmo do deputado federal petista aparecem quando o próprio Vargas combina um encontro com Youssef: “Quer fazer eu, você e Marcos segunda de noite em Brasília (sic)?”, pergunta o doleiro. “Tenho reunião com deputados. PP falou de fazermos na quinta”, responde André Vargas. “A partir dessa afirmação, ficam contundentes os indícios de que o interlocutor possui contatos no Congresso, pois tem marcada uma reunião com deputados, provavelmente em Brasília”, registra a PF no relatório.

Ainda segundo a PF, as negociações entre André Vargas e o doleiro no Ministério da Saúde eram realizadas a partir do secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do ministério, Carlos Augusto Grabois Gadelha, e de Eduardo Jorge Valadares, diretor do Departamento do Complexo Industrial e Inovação em Saúde da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos, órgão do Ministério da Saúde. Além dos servidores, o próprio ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha, atualmente pré-candidato petista ao governo de São Paulo, é citado nominalmente no inquérito da Polícia Federal justamente por ter assinado o contrato com o laboratório do doleiro.

Ao jornal Folha de S.Paulo, que revelou parte das conversas hoje, Vargas negou qualquer contato com os servidores citados pela Polícia Federal. Na semana passada, porém, o vice-presidente da Câmara também negava ter participado de qualquer reunião com o doleiro em Brasília ou intermediado qualquer interesse de Youssef. “Eu só conversava com o Youssef em Londrina, no aeroporto ou num posto de gasolina. Como eu sou um cara que tenho muita influência no partido do governo, ele queria saber o que estava acontecendo na política, na economia. Ele queria saber dos cenários econômicos, políticos e eu só dava os meus pitacos”, disse Vargas. Com o lobby e as reuniões de Vargas em favor do doleiro escancaradas, tem-se agora a demonstração do que pode estar por trás de um simples “pitaco”.


23 comentários

  1. MARUJO
    quarta-feira, 2 de abril de 2014 – 9:05 hs

    Agora danou tudo hein? Será que ele comprou a Nova rádio Brasileira de Bela Vista do Paraíso com dinheiro lavado? Xi e queira ser Senador do Paraná, também dinheiro para fazer campanha ele tem de sobra. Esse é o Brasil dos PTs!!!

  2. LUIZ CARLOS
    quarta-feira, 2 de abril de 2014 – 9:17 hs

    Talvez porisso que o PT da Gleisi nao liberou o delegado da policia federal para ser o secretario de segurança

  3. HENRY
    quarta-feira, 2 de abril de 2014 – 9:28 hs

    ESTE vereador-deputado, SE A POLÍCIA FEDERAL INVESTIGAR A FUNDO, NÃO CHEGA NEM A SAIR CANDIDATO A REELEIÇÃO. É UM DESLUMBRADO E COM CERTEZA MUITAS COISAS IRÃO APARECER. CLARO QUE PARTINDO DE UM petista, ISSO NÃO CHEGA SER NOVIDADE NENHUMA. VÃO COM MUITA SEDE AO POTE. E VOCES NOTARAM QUE O deputado-vereador ANDA MAIS QUIETO QUE CANÁRIO NA MUDA? PORQUE SERÁ?

  4. SOMBRA
    quarta-feira, 2 de abril de 2014 – 9:50 hs

    Fora com ele…

  5. Saul de Lima Brenzink
    quarta-feira, 2 de abril de 2014 – 9:54 hs

    Bem senhores. O Deputado André Vargas está cada vez mais assinando a sua sentença de culpa. A afirmação de que pagou R$ 100.000,00 pelo empréstimo do jatinho junto ao doleiro é bastante contraditório. Se pagou, o dinheiro tem origem. Basta que apresente um extrato bancário, um recibo ou qualquer coisa que o valha. E o recebedor também comprove. Ele deu em nota que tudo está na legalidade. Ora, a justiça que peça para ele provar. Agora, dizer com tanta naturalidade que pagou o valor declarado em viagem onde, sabemos que os custos são bem abaixo, é comprovar o que já foi dito. Para os petistas dinheiro é água. Aliás, água já esta escasseando, mas o dinheiro que esse pessoal do governo gasta parece nunca acabar. Bom, segundo notícias, só o doleiro movimentou mais de 10 bilhões de reais. É muita grana. Os 100 mil reais gastos na viagem pelo deputado resolveria os meus problemas e de um montão de brasileiro que pagam seus impostos em dia e vivem no vermelho. Se apertar o Deputado entrega um pouco mais. A casa petista está no lodo.

  6. NA CORDA BAMBA
    quarta-feira, 2 de abril de 2014 – 9:55 hs

    Quero saber o que o Ministério Público vai fazer com um canalha
    deste porte uma vez que para a Camara dos Deputados punir um
    bandido destes seria cortar a própria carne. O país inteiro precisa
    saber novamente de toda esta trambicagem.

  7. Doutor Prolegômeno
    quarta-feira, 2 de abril de 2014 – 10:02 hs

    Quem com ferro fere, com ferro será ferido…

  8. Doutor Prolegômeno
    quarta-feira, 2 de abril de 2014 – 10:04 hs

    O punho cerrado erguido era uma saudação: Heil Youssef!

  9. Valdir Bassai
    quarta-feira, 2 de abril de 2014 – 10:07 hs

    Será que a senadora greise vai defender o amiguinho dela!
    Só falta o povo reeleger esse cidadao.

  10. parana neto
    quarta-feira, 2 de abril de 2014 – 10:20 hs

    …Aos poucos não escapa niguém do PT….todo cargo representativo envolve corrupção….agora é a vez do moralista de plantão….

    pn.

  11. volta verde oliva
    quarta-feira, 2 de abril de 2014 – 10:33 hs

    Este é o PT velho de guerra.Paranaenses cuidado com a Gleise(Mato Grosso do Sul que o diga) Fabio levante o curriculo da secretária de finanças do estado.

  12. O bom
    quarta-feira, 2 de abril de 2014 – 10:37 hs

    PT é isso bicho, nunca ninguém sabe de nada.
    O bom

  13. Pedreira
    quarta-feira, 2 de abril de 2014 – 10:40 hs

    A casa ruiu. Bastante idêntico ao relacionamento Demóstenes e o Bicheiro. Quebra de decoro que dá cassação de mandato!

  14. Flávio Luiz
    quarta-feira, 2 de abril de 2014 – 10:43 hs

    Este é o Brasil comandado pelo Partido dos Trabalhares, partido do mensalão ou melhor mensalões.
    Imagino o que este deputado tem em baixo da manga, quem sabe agora seja a vez do Joaquim Barbosa .

  15. Oclecio Menezes
    quarta-feira, 2 de abril de 2014 – 11:02 hs

    Algema nele lugar de malandro papudo é na papuda..

  16. massao wakimoto
    quarta-feira, 2 de abril de 2014 – 11:33 hs

    esse tem cara de ladrão, e palhaços são aqueles que o elegeram!
    que Brasil é o nosso país (?) será que não tem nenhum bom samaritano para dirigir este país (???)

  17. Vigilante do Portão
    quarta-feira, 2 de abril de 2014 – 11:34 hs

    COMPARSA, segundo o Aurélio, É SÓCIO EM CRIME.

  18. voto nulo
    quarta-feira, 2 de abril de 2014 – 13:45 hs

    Em breve este senhor fará companhia aos companheiros que, como ele, gostam de levantar desafiadoramente o braço e de manter negócios escusos. Na cadeia!

  19. quarta-feira, 2 de abril de 2014 – 13:48 hs

    O punho cerrado feito pelo Deputado Federal André Vargas, vai virar em um adeus a liberdade. Pois o homem não sabe mais o que fazer e dizer, pois a cada instante ele se desdiz.Cana nele.

  20. Helena
    quarta-feira, 2 de abril de 2014 – 15:14 hs

    O Ministro agora tá levantando os dois braços, a justiça tarda mas não falha!!!

  21. verde oliva
    quarta-feira, 2 de abril de 2014 – 19:18 hs

    Mais um arrogante guerrilheiro vermelho tombando.
    Difícil saber se foi fogo amigo ou a metralha dos opositores.

  22. Dieter
    quarta-feira, 2 de abril de 2014 – 20:39 hs

    Já notaram que nem salete, nem silvestre estão defendendo mais este vagabundo petista?

  23. José rosa
    quinta-feira, 3 de abril de 2014 – 23:47 hs

    Vai culpar o m Psdb
    Vai culpar o Joaquim barbosa

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*