Greve dos professores pode terminar sábado | Fábio Campana

Greve dos professores pode terminar sábado

unnamed

A decisão que pode levar ou não ao fim da greve dos professores da rede estadual ficou marcada para uma reunião do comando de greve no próximo sábado (26), às 9 horas, onde os trabalhadores irão avaliar a proposta do estado. De acordo com a presidente da APP-Sindicato, Marlei Fernandes, a proposta é “aceitável”, mas um entrave no piso salarial pode manter a paralisação que chega ao seu terceiro dia nesta sexta-feira (25). As informações são da Rádio Banda B.

“A proposta do governo é aceitável, mas é a categoria que irá decidir se continuamos ou não em greve. O nosso impasse ficou em relação ao piso salarial, já que ofereceram apenas 6,5% de reajuste, enquanto buscamos os 8,32%”, disse.

De acordo com balanço divulgado nesta quinta pelo sindicato, 80% da categoria estava de braços cruzados no segundo dia de greve. O balanço da Secretaria da Educação dizia que 60,1% das 2.149 escolas estaduais tiveram atendimento parcial, 15,92% das unidades da rede paralisaram totalmente as atividades, enquanto 24% dos colégios funcionaram normalmente.


4 comentários

  1. André
    sexta-feira, 25 de abril de 2014 – 13:27 hs

    Amanhã haverá reunião do comando de greve, e não assembleia da categoria!
    Somente a assembleia tem o poder de encerrar ou não a GREVE!
    E esta assembleia esta marcada para 3ª Feira, então no mínimo a Greve perdurará até Terça-feira!

  2. Eternamente em licença
    sexta-feira, 25 de abril de 2014 – 13:30 hs

    Claro.
    Greve por nada
    Apenas emendaram a Páscoa.

  3. Mírian Waleska
    sexta-feira, 25 de abril de 2014 – 16:20 hs

    Brasil posição 85ª no ranking da educação mundial.
    Pela qualidade de ensino oferecida aos nossos filhos, estão ganhando prá lá de muito bem!
    Na minha cidade, Uma professora postou um convite para os professores estarem em frente ao colégio tal no dia da greve. Outra professora respondeu: Estarei lá “concerteza”

    E QUEREM AUMENTO SALARIAL!!!

    Aiii que vontade de dormir e não acordar nunca mais…
    PTzada do caramba!

  4. sexta-feira, 25 de abril de 2014 – 18:41 hs

    Claro que termina sábado , os políticos da CUT não “trabalham” com greve em fins de semana e também 75% não aderiam essa bobagem de greve política apenas para fazer campanha dos vermelhos

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*