"Uma cidade digna de nosso carinho" | Fábio Campana

“Uma cidade digna de nosso carinho”

Artigo de Beto Richa

“Ao chegar a Curitiba, em 1981, eu via a capital com os olhos de adolescente, que tinha diante de si uma cidade diferenciada: bonita, organizada, humana e, sobretudo, preocupada com a qualidade de vida de seus habitantes.

A cidade cresceu muito e suas demandas sociais multiplicaram-se. Com a explosão demográfica, além de interagir com os municípios da região metropolitana, Curitiba tornou-se uma cidade mais agitada, menos individual, com os benefícios e também os transtornos das metrópoles.


Aqui construí a minha vida, como cidadão e como político – deputado, prefeito e governador. Sempre procurei oferecer o melhor de mim em retribuição a tudo o que Curitiba me deu. Um dos momentos inesquecíveis de minha vida foi ter sido eleito prefeito em 2004. A cidade me deu a oportunidade de administrá-la e durante esse tempo tive a honra de ser distinguido por dez vezes como o melhor prefeito do Brasil. Pude demonstrar, com ações e obras em todos os setores, o quanto gosto de Curitiba, sentimento que, graças a Deus, me é retribuído pelos curitibanos.

Encaramos os problemas e melhoramos sensivelmente o perfil socioeconômico da nossa capital. Há inúmeros índices positivos nos setores de educação, saúde, segurança, habitação, oferta de empregos, geração de renda, redução da miséria, infraestrutura etc. Contribuímos, em muito, para tornar Curitiba ainda mais humana, mais agradável para se viver.

Eleito governador, continuei cuidando de Curitiba com carinho extremo para que proporcionemos aquilo que o curitibano (assim como os outros paranaenses) merece: respeito e boa qualidade de vida. Para isso, temos despendido muito trabalho e investimentos. Entre outros investimentos, há os de setores considerados prioritários. A educação recebeu R$ 40 milhões para obras de ampliação, reformas e reparos, além de equipamentos e alimentação escolar (R$ 7 milhões só em 2013). A segurança foi reforçada, com contratação e reajuste de salários dos policiais, compra de viaturas e instalação de dez UPS, com centenas de ações aliadas a políticas públicas que mudam esse cenário sempre dramático. As estatísticas de criminalidade foram reduzidas: em 2013, foram registrados 530 assassinatos em Curitiba, número 11% menor que o verificado em 2012 e 30% menor que o de 2010.”

Para a saúde, destinamos R$ 61 milhões em obras e ações para o município e região metropolitana. O transporte público metropolitano também tem a nossa contribuição: repassamos R$ 80 milhões por ano em subsídios para a Rede Integrada de Transporte, que atende 3 milhões de usuários. Estamos investindo R$ 414,5 milhões em obras viárias em Curitiba e em duplicações de vias para a região metropolitana. Nesse total, estão incluídos R$ 49,5 milhões repassados para a prefeitura para pavimentar mais de 300 ruas nos bairros.

Outro investimento vultoso é o da Copel: R$ 500 milhões, de 2011 a 2014, para melhorar a rede elétrica na cidade e expandir a rede de fibra ótica da Copel Telecom. Além das já realizadas, há mais de 30 grandes obras em andamento. Na habitação, em convênio com os governos federal e municipal, os investimentos somam R$ 380 milhões, atendendo 9,3 mil famílias. A Sanepar investiu R$ 263,7 milhões em Curitiba, de 2011 a 2013, nos sistemas de água tratada e coleta e tratamento do esgoto doméstico. O Instituto Trata Brasil considera Curitiba a capital com melhor saneamento do país.

Continuo a acreditar que Curitiba, aos 321 anos, é uma cidade diferenciada. E tudo farei como cidadão e homem público para que ela melhore cada vez mais e possamos, sempre, parabenizá-la e aos curitibanos com reais motivos de felicidade. Parabéns!

Beto Richa é governador do Paraná e ex-prefeito de Curitiba.


9 comentários

  1. Lourdes
    sábado, 29 de março de 2014 – 13:56 hs

    Parabéns, concordo com o governador, amo viver em Curitiba, é maravilhosa, muito especial, procuro sempre ver o lado bom, comparo com outras cidades e analiso, enfim, CURITIBA é a melhor cidade para morar, amo essa cidade e cuido com amor. Parabéns CURITIBA.

  2. Darcy
    sábado, 29 de março de 2014 – 20:13 hs

    Tinha que ser o Rcicha que realmente conhece Curitiba para falar sobre a cidade
    O Fruet é muito bom de prosa mas sóde prosa porque nem uma notinha decente sobre Curitiba fez, aliás não faz nada pela cidade. Decepção total com esse prefeitinho

  3. GURI DE SANTA CÂNDIDA
    sábado, 29 de março de 2014 – 22:02 hs

    Beto Richa, político tucano representante da elite podere, faz-me sentir vergonha de ser paranaense e curitibano.

  4. Escritor
    sábado, 29 de março de 2014 – 22:38 hs

    Passei o carnaval todo na cidade de Gramado e Canela na serra Gaúcha. Sou curitibano, adro essa cidade,. achava que vivia no paraíso., Voltei faz um mês desta viagem. Sabe o que mais pensei desde então? O que devo fazer para assim que possível mudar-me para canela ou Gramado! Não acreditei no que vi por lá. Imagine uma cidade sem sinaleiros e trânsito organizado, sem assaltos, as casas não tem muros e grades de proteção, dá para acreditar nisto?
    mesmo as casas mais simples, são bem pintadas, decoradas, floridas, tem uma energia diferente por lá. Fiz amizade com um empresário aposentado, meu vizinho na casa que aluguei para passar a temporada. Quando vinha embora, ele me disse: Morei em Curitiba e Ponta Grossa a uns 25 anos. Quando me aposentei, vim morar aqui. Estou vivendo no paraíso!!! Hoje, meus filhos cuidam do negócio e vem me visitar. Nós, curitibanos, precisamos compreender que a Curitiba dos nossos sonhos ficou perdida em um passado distante. Sabem de uma coisa? Estou cadastrado em diversas imobiliárias de Gramado, procurando uma casa para quem sabe comprar e sumir daqui. semana passado, jantando com um amigo policial federal, em disse: Cara, a droga consumiu o Paraná, vocês não tem ideia. Ela invadiu as escolas, os bandidos do rio estão vindo para o Paraná com a instalação das UPPs cariocas e vocês estão perdidos no futuro se nada for feito.
    Nem dormi direito pensando em outras coisas que ele me disse e se eu postar aqui acho que om Fábio nem publica. O governo federal abandonou as fronteiras do nosso estado, sozinho o governo não consegue fazer quase nada sobre a criminalidade.
    Tramado, quem sabe, que lugar maravilhoso.

  5. Silva
    sábado, 29 de março de 2014 – 22:58 hs

    Parabéns CURITIBA, Parabéns governador… e dele Beto Richa nelas………………………………………………. 45 neles………….

  6. sergio silvestre
    domingo, 30 de março de 2014 – 18:16 hs

    Espera ai gente,seu artigo e sobre os festejos de aniversario de Curitiba,ou é um artigo para desembainhar o ego do escrevente.
    Com tantas coisas boas para enumerar e dar imaginação a um artigo que a bela metrópole pode ocasionar,vi um artigo que mais parece um comício ou uma apresentação do seu governo enquanto prefeito e agora como governador.
    Desculpem a francesa,artigo escrito por politico decadente.

  7. Elton
    domingo, 30 de março de 2014 – 19:58 hs

    Se gostasse de Curitiba tanto quanto diz não teria deixado o rombo que deixou depois de dois mandatos…

  8. Sociedade Responde
    domingo, 30 de março de 2014 – 22:25 hs

    Com o devido respeito, eu acho que o ‘Guri de Santa Cândida”, fumou! Só pode. ** Afinal, o dia é de comemoração, de amor a cidade e sua gente. ** Nem tudo está como gostaríamos, mas nada tão feio quanto a educação em desatino, de uns e outros que confundem alhos com bugalhos, não é mesmo?

  9. PARNANGUARA
    segunda-feira, 31 de março de 2014 – 1:23 hs

    Curitiba, minha linda. Curitiba é uma velha senhora, conservadora e cafona, que pinta os cabelos encaracolados de loiro para disfarçar sua “criolice” e usa muita maquiagem e perfumes para esconder as rugas de uma velha carola e o mau cheiro. Mesmo assim, essa pobretona se acha uma madamê.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*