Queda confirmada, por Merval Pereira | Fábio Campana

Queda confirmada, por Merval Pereira

Do Merval Pereira, O Globo:

Na semana passada já havia ocorrido a mesma coisa, mas não passou de especulação: a Bolsa subiu a partir do boato de que o Ibope detectara uma queda da candidatura da presidente Dilma, que acabou se confirmando apenas em parte naquela ocasião.

Hoje, a confirmação da queda de popularidade da presidente fez com que a Bolsa voltasse a subir, e o dólar se desvalorizasse diante do real, seguindo previsão dos economistas: se a reeleição da presidente for inevitável, os mercados reagirão de mau humor, fazendo a Bolsa despencar e o dólar subir, como aconteceu com Lula em 2002.

Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

Caso contrário, como a nova pesquisa do Ibope indica, a possibilidade de alternâncias no poder faz com que a mercado financeiro festeje mudanças futuras. Em alguns cenários na pesquisa anterior, Dilma caía de 43% para 40%, mas mantinha a tendência de fechar a eleição no primeiro turno.

Essa queda especulada há uma semana foi confirmada hoje em nova pesquisa, desta vez abordando apenas a popularidade pessoal da presidente e a de seu governo, sem entrar na medição de intenção de votos dos candidatos à eleição presidencial deste ano, o que deve acontecer mais adiante, confirmando ou não a tendência de queda na intenção de votos nela.

Caso se confirme uma tendência de queda, será bom também saber para onde foram esses votos arrependidos. Tanto podem aumentar a faixa dos brancos e nulos ou a dos que “não sabem” quanto ir para os adversários, indicando então uma nova tendência na corrida presidencial.

Leia a íntegra em Queda confirmada


6 comentários

  1. josé Rosa
    sexta-feira, 28 de março de 2014 – 15:04 hs

    FORA DILMA, FORA LULA..

  2. Confiança no Brasil
    sexta-feira, 28 de março de 2014 – 16:01 hs

    Ou seja, o mundo agradece se o Brasil voltar aos trilhos, livre desse amadorismo.

  3. Moisés Fróes
    sexta-feira, 28 de março de 2014 – 17:15 hs

    A bolsa vai voltar a crescer o dólar vai estabilizar, e o ano que vem teremos um governo de verdade, honesto, capaz, que vai governar para o Brasil, e não para, tão somente aos corruPTos do PT.
    Fora Lula.
    Fora Dilma.
    Fora corruPTos do PT.

  4. Doutor Prolegômeno
    sexta-feira, 28 de março de 2014 – 17:18 hs

    Se Dilma e seus miquinhos amestrados forem botinados em outubro, o dólar cai abaixo de 2,10.

  5. Helena
    sábado, 29 de março de 2014 – 9:32 hs

    Essa fisionomia é a cara da inflação!!! uiuiuiuiuiui

  6. Silvajr
    sábado, 29 de março de 2014 – 15:17 hs

    “Você vê fotografia deles em vários lugares. Não vê em nenhuma favela, por exemplo. Por que não? A gente não vê essa marca de nenhum deles. A gente vê com a Fiesp, com a Firjan, com a associação dos bancos, com o agronegócio”, reclama Maia. Para ele, o PSDB está “patinando ali naquela centro-elite brasileira, do Sudeste –a sudestina”. “As redes sociais são de indivíduos anônimos. Quando você tem um grupo grande de indivíduos anônimos que pensa como você, você cresce por sinergia na opinião pública. Você está dizendo uma coisa que está sendo dita nas redes e vocês se encontram nas ruas, na eleição”.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*