Planalto aposta que medo de ex-diretor da Petrobrás vai barrar CPI | Fábio Campana

Planalto aposta que medo de ex-diretor da Petrobrás vai barrar CPI

Do Estadão:

Na tentativa de convencer os insatisfeitos da base de apoio governista a não aprovar uma Comissão Parlamentar de Inquérito da Petrobrás, emissários da presidente Dilma Rousseff vão usar como argumento a sobrevivência política dos próprios aliados.

O motivo é que Paulo Roberto Costa, ex-diretor da estatal preso pela Polícia Federal na semana passada durante a Operação Lava Jato, pode causar estragos se for convocado a depor no Congresso.

Leia mais em Planalto aposta que medo de ex-diretor da Petrobrás vai barrar criação de CPI


2 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    terça-feira, 25 de março de 2014 – 12:45 hs

    A procura de fraldões geriátricos e remédios para diarreia vem aumentando muito.

  2. terça-feira, 25 de março de 2014 – 14:50 hs

    Uma das funções primordiais do Legislativo é a FISCALIZAÇÃO do PODER EXECUTIVO e suas autarquias. Se o Poder Legislativo assim não o fizer estará incorrendo em completa desintegração do mesmo. Isto é, faltando com seu dever de vigilância, em especial quando se trata evidentemente de valores (tanto faz pequenos ou grandes) mas que vieram dar enormes prejuízos ao erário público. As pessoas que propiciaram esses prejuízos terão, forçosamente, que serem investigados e consequentemente responderem tanto na parte criminal quanto na parte cível, e, se condenados ressarcirem toda a quantia paga. Aqui não se trata de questão política mas sim uma questão de direito inalienável.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*