Fruet não quer saber de "fiscais" no metrô | Fábio Campana

Fruet não quer saber de “fiscais” no metrô

Na Câmara de Vereadores, foi adiada por 10 sessões a votação do requerimento de Tico Kuzma (PROS) que propõe a criação de uma comissão especial para acompanhar a implantação do Metrô de Curitiba. O pedido de adiamento foi feito por Jorge Bernardi (PDT). O líder do prefeito, Pedro Paulo (PT), encaminhou o adiamento e promete que a Câmara vai acompanhar o novo modal. “Deve ser feito por meio das comissões permanentes como Meio Ambiente e Serviço Público”.

Kuzma concordou com o adiamento, mas lembrou que a criação da comissão recebeu parecer favorável da Procuradoria Jurídica da Câmara – em razão de o tema ser “complexo” – e também da Comissão de Legislação. “O Tribunal de Contas do Paraná criou uma comissão especial para fiscalizar as obras do Metrô”, salientou.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*