Barros agradece a Richa a oportunidade de servir ao Paraná | Fábio Campana

Barros agradece a Richa
a oportunidade de servir
ao Paraná

Ricardo Barros entregou em mãos ao governador Beto Richa uma carta de agradecimento. Na correspondência Barros agradece “a oportunidade de servir ao Paraná como secretário da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul”.

De saída do Governo para disputar uma cadeira na Câmara Federal, Ricardo Barros destacou os resultados alcançados na atração de investimentos e a melhoria do ambiente de negócios para a iniciativa privada.

“O Paraná Competitivo, programa que tive a honra de coordenar, já contabiliza mais de R$ 26 bilhões em novos investimentos que estão gerando 180 mil empregos em todas as regiões do Estado. A confirmar as negociações em andamento, afirmo que o valor deve superar os R$ 30 bilhões até o fim do ano. É um dos maiores avanças da história do setor industrial paranaense”, afirma no texto.

Antes da entrega da carta, Barros coordenou a reunião do comitê gestor Paraná Competitivo. Mais oito empreendimentos foram beneficiados pelo programa que somam R$ 40 milhões de investimentos. Também assinaram os enquadramentos os secretários Reinold Stephanes (Casa Civil), Luiz Eduardo Sebastiani (Fazenda) e Cassio Taniguchi (Planejamento).

Veja a íntegra da correspondência:

 

Curitiba, 31 de março de 2014 

Exmo. Governador Beto Richa,

Gostaria de agradecer a V.Exa. a oportunidade de servir ao Paraná como secretário da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul. Obrigado por ter depositado a sua confiança no Partido Progressista, que me indicou ao cargo.

Nesses últimos três anos tivemos êxito em reinserir o Paraná na agenda dos investidores nacionais e internacionais. Estabelecemos uma eficiente parceria com a iniciativa privada, pautada na segurança jurídica e respeito aos contratos.

O Paraná Competitivo, programa que tive a honra de coordenar, já contabiliza mais de R$ 26 bilhões em novos investimentos que estão gerando 180 mil empregos em todas as regiões do Estado. A confirmar as negociações em andamento, afirmo que o valor deve superar os R$ 30 bilhões até o fim do ano. É um dos maiores avanças da história do setor industrial paranaense.

Neste período, o Banco Regional do Desenvolvimento (BRDE) financiou mais de R$ 3,5 bilhões para a iniciativa privada do Estado. Dinheiro rápido, barato e sem burocracia fundamental para o fortalecimento da nossa cadeia produtiva. Somos responsáveis por quase a metade dos empréstimos do Banco, que alcançou 85 % dos municípios paranaenses.

Na outra ponta, o Paraná foi considerado o melhor ambiente do Brasil para negócios para os micros e pequenos empresários, de acordo com uma ampla pesquisa feita pela CNI/Sebrae. Tivemos avanços na legislação e em ações para tornar mais fácil a vida dos empreendedores.

Hoje, o Estado conta com a melhor lei para o setor, que reduziu a burocracia e fortaleceu as MPEs. Com o Bom Negócio Paraná asseguramos capacitação e consultorias gratuitas para milhares de empreendedores em todas as regiões. Os cursos gerenciais são realizados por Universidades Estaduais e entidades parceiras. Além disso, os empresários também encontram facilidades nas linhas de financiamento da Fomento Paraná, que possuem um dos menores juros do país.

Como resultado dados do Banco Central, IBGE e do Ipardes apontam que a economia do Paraná conseguiu se descolar da nacional e cresceu num ritmo muito maior. Nosso PIB cresceu 5 % contra 2,3 % do país. Fomos o terceiro Estado na geração de empregos com carteira assinada e a nossa produção industrial registrou aumento de 5,6%, a segunda melhor taxa do país.

Enfim, com uma política desenvolvimentista séria, moderna e arrojada conseguimos – junto com o suporte de companheiros de outras secretarias como a da Fazenda, Infraestrutura e Planejamento – devolver o Paraná ao caminho do progresso e da prosperidade.

Sem mais para o momento, aproveito a oportunidade para reiterar a minha mais alta estima e consideração.

Atenciosamente, 

RICARDO BARROS

Secretário de Estado da Indústria, do

Comércio e Assuntos do Mercosul


4 comentários

  1. segunda-feira, 31 de março de 2014 – 17:46 hs

    O Beto que fique na escuta,vai ter muita novidades!!

  2. VERDADE
    segunda-feira, 31 de março de 2014 – 19:06 hs

    Nossa! O Paraná nunca foi tão bem servido…kkkkkkk Eta cidadão cara de pau!

  3. Auditor
    segunda-feira, 31 de março de 2014 – 19:08 hs

    O Sr. Ricardo Barros deveria agradecer também o ex-Secretário da Fazenda, Luiz Carlos Hauly, este sim, o verdadeiro idealizador e comandante do Paraná Competitivo.

  4. Luiz Ernesto
    segunda-feira, 31 de março de 2014 – 20:23 hs

    O Secretário Ricardo Barros fez uma fantástica administração frente a uma Secretaria que até então não tinha expressão alguma.
    Perde o Estado e o Governador Beto Richa um excelente, competente e inteligente Secretário.
    Que Deus o abençoe e que lá de Brasília traga ao Paraná grandes obras e investimentos.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*