PT encurrala Fruet, apoia a greve e defende zero de aumento na tarifa | Fábio Campana

PT encurrala Fruet, apoia a greve e defende zero de aumento na tarifa

O PT de Curitiba deixou o prefeito Gustavo Fruet (PDT) com a greve dos motoristas nas mãos. Em nota postada nas redes sociais, os petistas defendem “o cancelamento da atual licitação, congelamento da tarifa,manutenção da rede integrada com a região metropolitana, criação de uma frota pública e defesa dos direitos trabalhistas de cobradores e motoristas”

“Os movimentos sociais e sindicatos defendem a redução da tarifa e também uma nova licitação. Ou seja, na sociedade curitibana é enorme o mal-estar com o funcionamento do sistema, a desconfiança é generalizada em relação a atuação da Urbs e das empresas e o serviço ofertado é cada dia de menor qualidade”, diz a nota de “contribuição à reunião ampliada da executiva municipal do PT sobre o transporte coletivo” diz a nota petista.

“Defendemos que o PT, através de sua comissão executiva municipal se pronuncie e articule a atuação dos petistas nesta questão, seja na administração municipal, na Câmara de Vereadores e nos movimentos sociais, propondo uma nova política para o transporte”, adiantam os petistas.


9 comentários

  1. tadeu rocha
    sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014 – 14:52 hs

    os PT acham que é tudo fácil para eles, simplesmente o prefeito tem que se virar, O NOSSO PREFEITO É UM GRANDE PREFEITO, TENHO CERTE QUE ELE FARA O MELHOR POR CTBA….COMO OS DEP. DO PT, NUNCA ESTAO A FAVOR SEMPRE CONTRA SÓ ELES PT.

  2. carlos rocha
    sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014 – 15:13 hs

    É FRUET SE VÇ NÃO SABIA FICOU SABENDO OS RATOS SÃO OS PRIMEIROS A ABANDONAR O BARCO. PORQUE ESSES PETISTAS NÃO DEFENDEM TARIFA ZERO EM SÃO PAULO? PORQUE NÃO PEDEM PARA DONA DILMA BANCA OS TRIBUTOS QUE INCIDEM NAS TARIFAS? CAMBADA PAREM DE FAZER DEMAGOGIA E ASSUMAM A RESPONSABILIDADE PELA ADMINISTRAÇÃO, VÇ TEM VÁRIOS SECRETÁRIOS NA EQUIPE DO FRUET. SE NÃO ESTÃO CONTENTE ENTREGUEM OS CARGOS.

  3. Aline
    sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014 – 15:15 hs

    Bem feito, ele merece. Quem mandou se juntar a esta corja?????

  4. Fui II
    sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014 – 15:39 hs

    Os PTralhas sempre foram traíras, não ia ser agora na hora do aperto que iriam assumir. O Gustavinho tinha que ter pensado antes de embarcar nessa furada, agora aguenta essa corja. Vai ser o mesmo para o governo do Estado…

  5. Fábio
    sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014 – 16:42 hs

    Infelizmente a cidade de Curitiba está vivendo uma situação caótica, a greve dos ônibus é apenas um ponto em questão.
    A cidade está ficando suja (veja o mato crescendo na Visconde de Guarapuava, avenida de grande circulação de carros), os bairros não recebem mais o tratamento adequado, o 156 não funciona mais para reclamações. Enfim, não ligo para esse ou aquele político que está comando a cidade e todo o seu escalação se segundo plano, mas os fatos não deixam mentir. A greve dos ônibus de Curitiba e o seu desfecho será a mostra de como será a Gestão atual até o seu final. Ás vezes na política e na administração pública, tem que ter coragem de bater o pau na mesa, talvez fazer uma troca de secretariado seja o momento oportuno porque tem muita secretaria que não está funcionando,muita…

  6. Prefeito Ivo Arzua Pereira
    sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014 – 16:51 hs

    Tudo errado!!!Se o Prefeito não se assessorar melhor,as coisas continuarão não indo bem e diversos postos chaves da administração.

  7. Vigilante do Portão
    sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014 – 17:53 hs

    KKKK

    Vamos fazer uma aposta?

    Fruet e sua equipe, INCOMPETENTES, agindo com a costumeira POLITICAGEM BARATA, vão tentar colocar a culpa no Beto Richa.

    Hoje, o “pau mandado” do Presidente do SindiMoc, em entrevista ao Gilberto Ribeiro, anunciou o Tom da ladainha:

    “A culpa é do Beto Richa, INTRANSIGENTE, não quer AUMENTAR O SUBSÌDIO…”
    É o “mantra” do Fruet e do Gregório, Presidente da URBS.

    A Gazetona, CAPACHILDA, publicou, na edição de hoje, “release” da URBS, SEPARANDO Curitiba da RM.

    Travestida de matéria jornalística, a NOTA da URBS quer colocar os Curitibanos CONTRA os moradores da Região Metropolitana.

    O Transporte da RM, seria de responsabilidade do Beto Richa, assim, os custos (mais elevados) devem ser BANCADOS PELO gOVERNO estadual.

    Vamos esclarecer uma questão:

    O Transporte da RM, conforme diz o Prefeito Fruet, é por conta do GOVERNO ESTADUAL, certo?

    Curitiba, DEVE bancar SOMENTE o Transporte da Cidade.

    Então,

    Ele (Fruet) que ABRA MÃO dos R$700MILHÕES que o Governo ESTADUAL vai colocar no METRÔ de “CURITIBA.

    Não é lógico?

  8. pereira vieira
    sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014 – 23:27 hs

    traduzindo: a caixa-preta da urbs está aberta meu prefeito!
    qual a sua atitude? vai mexer e resolver ou deixa quieto e se desmoraliza junto ao seu eleitorado?
    já pensou se essa greve aconteça durante a copa?
    brincadeira!

  9. Rafaela Figueiredo
    segunda-feira, 3 de março de 2014 – 13:11 hs

    Concordo com o Prefeito Ivo Arzua Pereira Tudo errado!!! Se o Prefeito Gustavo não acordar rápido e fizer às alterações de secretariado que são necessárias a situação continuará cada vez pior! Muda Gustavo, IPPUC, SMMA, SMU, ACD, URBS entre outras! Precisa de um melhor assessoramento! O Gustavo sempre foi um político coerente, conquistou a confiança de grande parte dos curitibanos e paranaenses, mas esta perdendo a mão! Acorda Gustavo ainda é tempo, vc tem tantos profissionais competentes próximos de vc, o que esta esperando? Tome as providências necessárias, mostre que vc é quem decide!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*