MP processa BB por promoção sem concurso público | Fábio Campana

MP processa BB por promoção sem concurso público

O Banco do Brasil, cujo vice-presidente é o paranaense Osmar Dias (PDT), está sendo processado pelo Ministério Público do Trabalho por promoções de funcionários sem do devido concurso público. Há fortes suspeitas do uso das promoções para aparelhamento político de interesse partidário. O banco está sendo acusado de criar cargos e promover as ascensões funcionais através de seleção interna.

Entre as promoções há casos de servidores com ensino médio promovidos para cargos de nível superior. O procurador Sebastião Vieira Caixeta, autor da ação, diz que as promoções são institucionais, pois carecem de concurso público, e os promovidos devem voltar aos cargos de origem em 60 dias. A primeira audiência sobre ação está marcada para março na Justiça do Trabalho do Distrito Federal, em Brasília.


7 comentários

  1. carlos
    sábado, 8 de fevereiro de 2014 – 14:57 hs

    Vice presidente de agronegocios –ôô babaca

  2. Vigilante do Portão
    sábado, 8 de fevereiro de 2014 – 17:41 hs

    O aparelhamento é GERAL.

    Na Caixa Econômica, Na Petrobras, no BB, no BNDES.

    Sem falar nos Ministérios.

  3. antonio carlos
    sábado, 8 de fevereiro de 2014 – 18:52 hs

    Que horror, isto nem no Serviço Público acontece mais. É o fim da picada, se você é do partido, está dentro, sobe. Se não é, então está ferrado, fica aonde está. Agora só está faltando passar a sacolinha entre os promovidos para financiar os candidatos do partido.

  4. gabriel back
    sábado, 8 de fevereiro de 2014 – 19:32 hs

    ALELUIA. ATÉ QUE EM FIM A JUSTIÇA COMEÇA A SER FEITA. FAZER COM O BANCO DO BRASIL OQUE O BANCO DO BRASIL SEMPRE FEZ COM OS PRODUTORES RURAIS BRASILEIROS.
    O ESTEIO DA ECONOMIA BRASILEIRA.
    ESPERO QUE O MINISTÉRIO PÚBLICO ACOMPANHE DE PERTO OQUE O BANCO DO BRASIL FIZERAM E CONTINUAM COM ESTA CLASSE TÃO SOFRIDA!

  5. Indignação
    sábado, 8 de fevereiro de 2014 – 23:11 hs

    Já passou da hora de cargos importantes estarem atrelados com partidos políticos e políticos de má fé. Tais cargos só deveriam ser preenchidos com pessoas competentes, com formação específica, e de carreira. Até quando vamos ficar quietos vendo esse “oba oba”?
    Já perceberam que tudo onde político se mete dá errado? Vão quebrar nosso país inteiro. Vamos reagir urgentemente.

  6. Moisés Fróes
    domingo, 9 de fevereiro de 2014 – 1:24 hs

    Esses corruPTos bandidos do PT precisa cair fora do governo logo.
    Vão acabar com o nosso Brasil.
    Fora vagabundos.
    Fora PT.

  7. Dieter
    domingo, 9 de fevereiro de 2014 – 22:07 hs

    É assim mesmo. Funcionário público que quer crescer na carreira tem que fazer parte da quadrilha petista senão vai ficar estagnado.
    O pt deixou de ser um partido e virou facção criminosa muito pior que o pcc, pois tem uma ANTA que encobre todas suas falcatruas.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*