Críticos do PT no poder são 'caras de pau', diz Dilma | Fábio Campana

Críticos do PT no poder são ‘caras de pau’, diz Dilma

De Ricardo Galhardo e Isadora Peron, O Estado de S. Paulo:

São Paulo – A presidente Dilma Rousseff usou o evento de comemoração dos 34 anos do PT na noite desta segunda-feira, 10, em São Paulo, para defender o seu governo das críticas que tem recebido, especialmente na área econômica. Dilma chamou os seus críticos de “pessimistas” e “caras de pau” e disse que ninguém cobra mais resultados do seu governo do que ela mesma.

“Eles teimam, teimam mesmo, em não enxergar que estamos conseguindo construir esse novo Brasil, sem abdicar dos nossos compromissos com a solidez dos fundamentos macroeconômicos, com controle da inflação, equilíbrio das contas públicas, e fazendo a dívida líquida do setor público cair”, afirmou a presidente.

Dilma chamou de “cara de pau” quem tem defendido que o ciclo do PT à frente do governo federal chegou ao fim. Na semana passada, o governador de Pernambuco e provável adversário dela na corrida presidencial em outubro, Eduardo Campos (PSB), afirmou que o “velho pacto político” colocado em prática pelo PT “mofou”.

“Agora eles têm a cara de pau de dizer que o ciclo do PT acabou, que o nosso governo se esgotou, que nós demos o que tínhamos o que dar”, ironizou.

A presidente também chamou de “pessimistas” os que criticam os resultados da sua política econômica. “Esses pessimistas aproveitam alguns desequilíbrios típicos de uma conjuntura internacional muito difícil, que todos os países estão enfrentando, para dizer que o fim do mundo chegou. O fim do mundo chegou sim, mas chegou para eles, e isso faz muito tempo”, afirmou.

Sem citar o julgamento do mensalão, Dilma homenageou a militância “solidária com todos aqueles que concorreram ou concorrem a cargos, mas solidária especialmente com companheiros que mais precisam dela, com companheiros nas situações mais difíceis”.

Ao fim de seu discurso, a presidente falou dos planos para o futuro e de como os governos do PT criaram alicerces para o Brasil avançar. A fala da presidente tem a ver com o slogan criado pelo publicitário João Santana para o evento: “Sempre em frente, sempre à frente”.

Novos termos. O presidente nacional do PT, Rui Falcão, fez as críticas mais duras aos prováveis adversários da presidente na eleição deste ano. Sem citar nomes, Falcão criou dois termos para se referir a eles: “neopassadista” e o “novovelhista”. Segundo pessoas próximas a Falcão, o discurso se refere ao senador Aécio Neves (PSDB-MG) e a Eduardo Campos.

Em seu discurso, disse que os dois são “partes do mesmo corpo”. “O neopassadismo e o novovelhismo parecem farinha do mesmo saco. Assemelham-se em quase tudo”, afirmou o presidente do PT.

Em seu ataque mais pesado, sugeriu que os adversários de Dilma fecharam os olhos para as denúncias de corrupção no Metrô e na CPTM durante os governos tucanos em São Paulo e para o episódio da apreensão de cocaína no helicóptero do deputado estadual Gustavo Perrella (SDD-MG). “O algo ‘novo’ é fechar os olhos, e, quem sabe até, esquecer-se de tapar o nariz, para carregamentos exóticos em helicópteros?”, disse.

Mensalão. Seguindo a tônica do discurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no fim de semana, Falcão criticou a atuação dos ministros do Supremo Tribunal Federal e disse que “a Corte não é um partido político, nem uma torcida organizada”. Nesse momento, Falcão foi interrompido por militantes da corrente minoritária O Trabalho, que foram para a frente do palco com uma faixa pedindo a anulação do julgamento do mensalão.


13 comentários

  1. Sergio R.
    terça-feira, 11 de fevereiro de 2014 – 9:22 hs

    Ela e suas “frases de defeito”. Como pode de uma cinturinha de kombi sair tanta bobagem.

  2. carlos rocha
    terça-feira, 11 de fevereiro de 2014 – 9:56 hs

    É PELO JEITO O NÍVEL BAIXO DA CAMPANHA COMEÇOU CEDO, SE A PRESIDENTE JÁ ESTÁ USANDO ESSE LINGUAJAR É FEIO. COMO DIZ O BORIS ISSO É UMA VERGONHA.

  3. FUI !!!
    terça-feira, 11 de fevereiro de 2014 – 10:01 hs

    Cara de pau mesmo é a própria Dilma que “pinta e borda” de acor-
    do com as suas conveniencias. O Programa Mais Médicos (Progra-
    ma Mais Escravos Cubanos), o PIB do tamanho de um grão de
    areia, a gastança com a Copa do Mundo voando pelos ares, dinhei-
    ro à rodo com a própria campanha eleitoral… faz deste governo o
    mais medíocre dos últimos cem anos. A ditadura é ruim sim, mas o
    lado bom é que a democracia baderneira é pior !!!

  4. terça-feira, 11 de fevereiro de 2014 – 10:08 hs

    LENTE DE GRAU PARA NOSSA PRESIDENTA.

    RUI FALCAO É O BOBO DA CORTE

  5. terça-feira, 11 de fevereiro de 2014 – 11:36 hs

    Esses PTralhas são uns caras de pau….tomara q o povo acorde e dê a resposta nas urnas…

  6. Dieter
    terça-feira, 11 de fevereiro de 2014 – 11:47 hs

    Tudo quer a presidANTA falou é mentira. Corte em investimentos, aumento de despesas, roubos, desvios, corrupção etc…etc…
    Onde efetivamente ela atua decentemente?

  7. ANTONIO CONSELHEIRO
    terça-feira, 11 de fevereiro de 2014 – 11:59 hs

    CARA DE PAU É ELA E O PT.
    SE JUNTAM COM SARNEY, RENAN, COLLOR, KASSAB, CESAR BORGES (EX-PFL), FAZEM UMA POLÍTICA FISCAL E ECONÔMICA DE DEIXAR O FRANKSTEIN COM MEDO E ASSUSTADO E AINDA DIZEM QUE A OPOSIÇÃO É CARA DE PAU?
    VADE RETRO SATANÁS

  8. Roberto Santos
    terça-feira, 11 de fevereiro de 2014 – 12:13 hs

    Ora,ora, quem falando em estabilidade. quem escuta e vê, parece que ela estudou em Harvard.Para um povo ignorante como o Brasil(98% ñ entende nada, não lê jornal, não sabe história, nem geografia, quanto mais matemática) gente como ela, usa da mídia para aparecer e dizer que o BF é a melhor coisa que aconteceu no país.

  9. Anônimo
    terça-feira, 11 de fevereiro de 2014 – 14:13 hs

    Realmente a “Presidenta” tem razão, já que apenas seis pessoas estão totalmente insatisfeitas com o governo dela: EU, TU, ELE, NÓS, VÓS, ELES.

  10. BinLaden
    terça-feira, 11 de fevereiro de 2014 – 16:20 hs

    A maquiagem da presidANTA é óleo de peroba e serragem…e ainda quer tachar os outros de cara de pau

  11. Adamasceno
    terça-feira, 11 de fevereiro de 2014 – 21:34 hs

    Sou crítico das atitudes do PT e seus afilhados, pois não condizem com as condutas esperadas de representantes políticos. Quando o PT era oposição fazia um carnaval por qualquer desvio na atuação política. Agora que é situação se cala e defende os transgressores. Isto se chama fragilidade de caráter. Não sou cara de pau . Sou brasileiro e exijo respeito Sra, Dilma,

  12. Do Interior....
    quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014 – 9:28 hs

    Gente, uma presidAnta defendendo bandido preso é o fim dos tempo.

    Mas ela tem razão: Não vejo a hora desta corja de bandidos sair do poder

  13. Gardel
    quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014 – 13:14 hs

    E a quadrilha ptralha é o que?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*