Supremo manda prender o deputado João Paulo Cunha | Fábio Campana

Supremo manda prender o deputado João Paulo Cunha

Da Folha de S.Paulo:

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Joaquim Barbosa, encerrou o processo pelos crimes de corrupção e peculato (desvio de dinheiro público) do deputado João Paulo Cunha (PT-SP), que pode ser preso a qualquer momento.

Pelos dois crimes, Cunha irá cumprir uma pena de 6 anos e 4 meses de prisão. Como ela ficou abaixo de 8 anos, será no regime semiaberto.

Em sua decisão, Barbosa destacou que os recursos apresentados por Cunha contra os crimes de peculato e corrupção, conhecidos como embargos infringentes, eram “manifestamente incabíveis e protelatórios”. Por isso, encerrou o processo e determinou o início do cumprimento da pena.

Para que a prisão seja efetuada, Barbosa ainda terá que expedir o mandado de prisão contra o deputado. Não há informações se isso já foi feito. Oficialmente, a Polícia Federal diz que ainda não recebeu o documento para realizar a detenção.

Em sua decisão, Barbosa destacou que Cunha não obteve o mínimo de quatro votos por sua absolvição nos dois crimes –elemento necessário para a apresentação dos embargos infringentes.

Além da corrupção e do peculato, Cunha também foi condenado por lavagem de dinheiro. Mas, neste crime, obteve os quatro votos e sua condenação está suspensa até o julgamento de seu recurso.

OUTROS CONDENADOS

Entre os outros 24 condenados do mensalão, Breno Fischberg e João Cláudio Genu são os únicos que ainda não tiveram nenhum processo encerrado –eles recorrem da única condenação, por lavagem de dinheiro. O delator do esquema, Roberto Jefferson, não teve sua prisão decretada pois aguarda definição sobre seu pedido de prisão domiciliar. A defesa de Jefferson alega que ele precisa de uma dieta especial em função do câncer que teve.

Três dos condenados –Enivaldo Quadrado, José Borba e Emerson Palmieri– receberam penas alternativas. Henrique Pizzolato, condenado a 12 anos e 7 meses de prisão, inicialmente em regime fechado, está foragido.

Sete condenados, incluindo o empresário Marcos Valério, cumprem prisão em regime fechado. Os outros dez estão presos em regime semiaberto. Entre eles estão o ex-ministro José Dirceu, o ex-presidente do PT José Genoino e o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares.


6 comentários

  1. Darcy
    segunda-feira, 6 de janeiro de 2014 – 22:47 hs

    Vai faltar cadeia para colocar a petezada toda atrás das grades
    Qual será o próximo ? Aposto no chefão da quadrilha

  2. Vigilante do Portão
    terça-feira, 7 de janeiro de 2014 – 2:56 hs

    A mídia esquece dos casos.

    Exemplos:

    Como anda a investigação sobre a maracutaia na aquisição da Refinaria de Passadena?

    E o caso da 2ª dama, Rosemary, flagrada na compra de pareceres, como está?

    O inquérito na 1ª Instância sobre a participação do LULA no mensalão, qual foi o andamento?

  3. FUI !!!
    terça-feira, 7 de janeiro de 2014 – 5:35 hs

    Mais um que vai para o pau !!!
    O STF continua exercendo o papel de xerife mão de ferro.

  4. Didio
    terça-feira, 7 de janeiro de 2014 – 11:51 hs

    Darcy, aposto que vc. refere-se ao Barba, informante do
    DOPS nos tempos do Tumão.

  5. QUESTIONADOR
    terça-feira, 7 de janeiro de 2014 – 12:19 hs

    -É o que sempre falo!
    -O Código Penal brasileiro está totalmente desatualizado!!!
    1)Prisão de 30 anos(sem barganha com a Justiça) a serem cumpridos em regime fechado, para crimes de: homicídio, sequestro, estupro, pedofilia, mortes no trânsito, tráfico de drogas e entorpecentes. Da seguinte forma, o apenado ficará preso por 30 anos, sem direito à nada. Se trabalhar dentro da prisão terá sua refeição paga(caso contrário morrerá de fome) ou em cada três dias de trabalho será descontado um dia da pena ou a cada três dias de trabalho sua família receberá uma cesta básica.
    2)Os apenados poderão ser utilizados para trabalhos brutos: produção de pedra brita, limpeza de estradas e rodovias, limpeza das regiões onde houveram enchentes, limpeza de canais dos rios, pintura de escolas, hospitais, creches….
    -A maior pena para o culpado é o trabalho pesado…vagabundo não tem medo da polícia, tem medo é de trabalho!!!

  6. salete cesconento de arruda
    terça-feira, 7 de janeiro de 2014 – 13:55 hs

    Pois é.
    E o TREM/SALÃO/METRÔ/BICUDO vem chegando e apitando feito louco na curva da MÁSCARA do Joaquim que não é bobo.
    Enquanto a vaidade do Joaquim estiver a mil ele vai prendendo devagar para se manter na mídia. Joaquim sabe que é assim que vai roubar os VOTOS DOS BICUDOS.
    PT sempre PT.
    BICUDO muda para Joaquim se a CASA GRANDE mandar.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*