PF faz greve em fevereiro | Fábio Campana

PF faz greve em fevereiro

Os presidentes dos sindicatos dos policiais federais confirmaram ontem, em Brasília, um calendário de greves da categoria em fevereiro. Os federais apontam “o descaso e falhas nas políticas de segurança pública e aumento da violência e criminalidade, falta de aumento salarial nos últimos sete anos, sucateamento da PF e o desmonte da Receita Federal” como causa das paralisações que vão tomar conta do país.

Mais de 9 mil agentes, escrivães de polícia e papiloscopistas policiais estarão paralisados de forma “gradativa”. “Não estão sendo planejadas simples paralisações. Sempre buscamos o debate com o governo federal, mas a situação se tornou insuportável, pois somos os únicos servidores públicos da história do Brasil com sete anos de congelamento salarial, e é evidente que a Polícia Federal está sendo sucateada como forma de castigo pelas operações que fez”, disse o diretor de estratégia sindical da federação, José Carlos Nedel.

A agenda de paralisações será confirmada em assembleias estaduais nos próximos dias 4 e 5. Segundo os dirigentes sindicais, a categoria continua aberta para negociações, garantindo que “dezenas de reuniões nos últimos anos não abalaram a intransigência do ministro José Eduardo Cardozo (Justiça)”. Os agentes reclamam que apesar do nível acadêmico exigido para o ingresso em todos os cargos policiais desde 1996, eles ainda são tratados como servidores de nível médio.


Um comentário

  1. Moisés Fróes
    sexta-feira, 31 de janeiro de 2014 – 20:34 hs

    Esse castigo é por terem investigados os corruPTistas do PT.
    Esses PTralhas gostam mesmo é de bandido.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*