'Não vai ter Copa' não perdoa Fruet | Fábio Campana

‘Não vai ter Copa’ não perdoa Fruet

O prefeito Gustavo Fruet (PDT) pode lustrar a careca. O primeiro protesto em Curitiba contra a Copa do Mundo terminou em tumulto e não perdoou Fruet. Vidraças da prefeitura foram quebradas e o prédio foi pichado. Três vidros, inclusive a porta principal, foram quebrados, além de duas lixeiras da rampa de entrada. A Guarda Municipal tentou conter os manifestantes e prendeu duas pessoas por ato de vandalismo.

Com faixas pedindo o poder para o povo, os manifestantes gritavam “da Copa eu abro mão, eu quero saúde, moradia e educação”. A bronca é que o país não oferece estrutura básica de vida para os brasileiros e que por isso não deve receber um evento esportivo com investimentos eivados de corrupção e desvio de dinheiro público.


12 comentários

  1. Petrukio
    segunda-feira, 27 de janeiro de 2014 – 11:54 hs

    A reeleição do Fruet é em dois anos ainda. Quem será que precisa lustrar algo então aqui no PR?

  2. edilson hugo ranciaro
    segunda-feira, 27 de janeiro de 2014 – 12:07 hs

    O que o LULA e o PELÉ, tem a dizer para a população!

    GRITARAM PULARAM SE ABRAÇARAM, E EIS AS CONSEQUÊNCIAS!
    – INFRAESTRUTURA….NÃO REALIZADA.
    – DESAPROPRIAÇÕES DE CASAS E TERRENOS SEM PAGAMENTO!
    – AEROPORTOS, LICITADOS A TRÊS MESES DA COPA!
    – ESTRUTURA VIÁRIA – EM ANDAMENTO.
    – ABERTURA DA COPA – EVENTOS – ALEGORIAS – NINGUÉM SABE…NÃO TEM ENSAIO….
    – ETC, ETC, ETC…..

  3. edilson hugo ranciaro
    segunda-feira, 27 de janeiro de 2014 – 12:08 hs

    ESTÁDIO DO NOSSO QUERIDO ATLÉTICO. NAS MÃOS DO PRESIDENTE.DO CLUBE…..COM POSSIBILIDADE DE NÃO SER UTILIZADO NA COPA….E O DINHEIRO PÚBLICO GASTO……

  4. Doutor Prolegômeno
    segunda-feira, 27 de janeiro de 2014 – 12:57 hs

    Copa no Brasil é coisa da mente de Lula e seus sonhos megalonanicos. O Brasil é o país da esculhambação, da porraloquice, do vale-tudo. Sério no Brasil só desfile de escola de samba, porque faz parte do dna nacional. A copa de 1950 foi um torneio caipira pós-guerra, quase amador, por isso foi tranquilo no Brasil. Um torneio complexo, sofisticado, caríssimo e bilionário não está na expertise brasileira, mais acostumada a mensalões e bolsa-esmola. Vai ser o maior da fiasco da via láctea. A conferir.

  5. tadeu
    segunda-feira, 27 de janeiro de 2014 – 13:00 hs

    que injustiça esta manifestação, governo federal anunciou 93 milhoes pra saúde do paraná, e a prefeitura alem de dar dinheiro pra Arena do Atletico, alguns milhoes ainda vai gastar 96 milhoes numa ponte na avenida das torres, QUE BRASIL É ESTE MEU DEUS que gente morre na fila de hospital e gastam dinheiro numa COPA.

  6. juliano cordeiro
    segunda-feira, 27 de janeiro de 2014 – 13:12 hs

    mesmos que estudam em escola publica nao trabalham acordam tarde,
    e
    nao querem trabalhar, querem transporte de graça, comida de graça nos restaurantes universitários, daqui uns dias querem bolsa universitário de graça para ficar 15 anos sem terminar o curso.

  7. tadeu rocha
    segunda-feira, 27 de janeiro de 2014 – 13:13 hs

    MESMOS BADERNEIROS DE SEMPRE , A SOCIEDADE PAGA A CONTA DESTES VANDALOS.

  8. josé Rosa
    segunda-feira, 27 de janeiro de 2014 – 13:14 hs

    querem midia quem se aparecer, alguem vai pagar a conta,

    vão trabalhar seus folgados, sanguesugas.

  9. Joao Marcio Nantes
    segunda-feira, 27 de janeiro de 2014 – 13:38 hs

    TURMA DE ENCOSTADOS, FALAM MAL DOS POLÍTICOS MAS NAO TRABALHAM E QUEREM TUDO DE GRAÇA, TRANSPORTE, COMIDA, FACULDADE,

  10. Relho
    segunda-feira, 27 de janeiro de 2014 – 15:13 hs

    Sem entrar no mérito do MOTIVO do protesto , acho que deveria

    haver um CRITÉRIO para dar cobertura jornalística , em todas as

    mídias em relação a cobertura e divulgação destes protestos.

    Não é possível , dar cobertura e divulgação (rádio, jornais , internet

    , etc..) a manifestações e protestos , com NÚMERO DE

    PESSOAS igual , ou perto deste .

    DUZENTOS E TANTOS CURITIBANOS (?), representam em torno

    de 0,0001 % da população da grande Curitiba .

    Como disse o Simão , a Prefeitura deveria criar um espaço ”

    PROTESTÓDROMO ” , para casos como este , onde meia dúzia

    de desocupados, não retirem o direito do cidadão comum , de IR E

    VIR .

  11. Sociedade Responde
    segunda-feira, 27 de janeiro de 2014 – 17:52 hs

    Por outro lado, sobra dinheiro nas arcas do governo para o que segue abaixo: sem dúvida, é de revoltar.
    .-.-.-.-
    A presidente Dilma Rousseff (PT) pode ser considerada a mãe do ano ou uma mãezona, só que para cubanos, paraguaios, bolivianos, venezuelanos e equatorianos, além de africanos. Pois bem, através do BNDES, Petrobras e Itaipu Binacional, o governo brasileiro investe pesado nesses países e o retorno não atende os brasileiros, além das empreiteiras. Hoje, Dilma inaugura um porto em Cuba, com US$ 682 milhões financiados pelo BNDES. O banco oferece mais R$ 1,2 bilhão em crédito ao governo cubano.

    O BNDES banca maior parte dos US$ 20 bilhões das obras tocadas pela Andrade Gutierrez, Queiroz Galvão e Odebrecht na Venezuela. Com Itaipu, o Paraguai leva uma enorme vantagem: recebe US$ 240 milhões e as inversões brasileiras no país já somam US$ 30 bilhões. Na Bolívia, a Petrobras perdeu as refinarias de petróleo e não se deu por vencida. Pagou pelas refinarias que já eram delas e está investindo US$ 136,2 milhões.

  12. sergio silvestre
    segunda-feira, 27 de janeiro de 2014 – 17:57 hs

    Eu acho que não vai ter copa em Curitiba ,o que é uma pena,pois eu gostaria de assistir um jogo com a minha familia.
    Tenho um pouco de experiencia em obras e pelo que vi na sexta,mesmo com tres turnos vai ser dificil concluir uma obra que já poderia estar acabada a tempos.
    Politicamente vai ser um cáos,uma prova de incompetencia,mas o Sr Petraglia vai ser sem duvida o vilão se não ter este esforço final.
    É mais uma prova que o Parana é um estado desunido,que pena.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*