Jozélia está em Brasília para destravar R$ 817 mi | Fábio Campana

Jozélia está em Brasília para destravar R$ 817 mi

Jozélia Nogueira (Fazenda) está hoje em Brasília e busca junto à Secretaria do Tesouro Nacional, a liberação de R$ 816,8 milhões do Proinveste ao governo do Paraná. Os recursos para segurança, infraestrutura rodoviária e urbana, foram travados pelo senador Roberto Requião (PMDB) depois de ofício enviado a STN.

“O senador fez um factoide de análise da contabilidade, mas tudo que é feito por nós é amparado na legislação vigente”, disse Amauri Escudero Martins (Representação em Brasília) na Folha de Londrina. Escudero disse ainda que o Estado já respondeu aos questionamentos de Requião e que, durante a viagem à capital federal, a secretária poderá responder a qualquer dúvida restante.

No site da STN, a liberação dos recursos do Proinveste aparece como autorizada, assim como três financiamentos do BID – US$ 8,5 milhões (R$ 19,9 milhões) para programas de gestão tributária e financeira (Profisco), US$ 60 milhões (R$ 141 milhões) para ações sociais e US$ 67,2 milhões (R$ 157,9 milhões) para questões relativas à segurança. Para que o dinheiro seja de fato depositado, contudo, as operações precisam do aval do Senado Federal.

Há ainda dois empréstimos que aguardam autorização da STN: um de US$ 556,9 milhões do Credit Suisse para reestruturação de dívidas da Copel e um de R$ 157,7 milhões do BNDES para infraestrutura. Ambos já foram aprovadas pela União, restando somente a análise dos bancos. Outros US$ 350 milhões (R$ 822,5 milhões) do Banco Mundial, para agricultura, saúde, educação e meio ambiente, já caíram nos cofres do Estado.


13 comentários

  1. MOISES C. DE LIMA
    quinta-feira, 16 de janeiro de 2014 – 16:44 hs

    SR. SENADOR ROBERTO REQUIÃO, PROCURE DEIXAR DE LADO AS DIFERENÇAS PARTIDARIAS E TRABALHE EM FAVOR DO PARANÁ.
    QUEM ESTÁ PERDENDO COM ESTAS BRIGAS DE CAMPANHA ELEITORAL É A POPOLAÇÃO POBRE, QUE PRECISA DAS AÇÕES DO GOVERNO PARA SOBRIVIVER.

  2. zangado
    quinta-feira, 16 de janeiro de 2014 – 17:07 hs

    Porque não vai junto o governador se é tão importante?

  3. QUESTIONADOR
    quinta-feira, 16 de janeiro de 2014 – 17:14 hs

    -Como sempre o ex-govenador Requião jogando me….no ventilador e impedindo o repasse de verbas e empréstimo ao Paraná pela simples briga política com o Beto Richa!!!
    -Infelizmente enquanto o Paraná possuir dois grupos políticos mandando e dando as cartas no estado, a população ficará à mercê deste tipo de situação e não há perspectivas de que o quadro político/oligárquico mude…socorro queima Jesus!!!

  4. Parreiras Rodrigues
    quinta-feira, 16 de janeiro de 2014 – 17:56 hs

    Há que se confiar em Requião, claro. Quando não está representando o Parlasul até em países europeus, ou está tuitando ou empatando recursos para o Paraná.

  5. Vigilante do Portão
    quinta-feira, 16 de janeiro de 2014 – 20:03 hs

    Pena que o Povão não entende disso.

    Caso contrário, Requião não seria eleito.

    Ele, mais o Osmar, em passado doistante, fizeram a mesma coisa.

    O Fato é que o Paraná não pode contar com seus Senadores.

    Requião, Álvaro e o outro (nem sei o nome), não defendem nosso Estado, pelo contrário, atrapalham.

    Gleisinha, Paulo Bernardo e Gilbertinho, poderosos Ministros, também não movem uma palha.

  6. Moisés Fróes
    sexta-feira, 17 de janeiro de 2014 – 0:25 hs

    Com um senador igual ao Requeijão, não precisa de mais um corruPTista igual ao André Vargas para atrapalhar o povo paranaense.

  7. FUI !!!
    sexta-feira, 17 de janeiro de 2014 – 5:21 hs

    O Paraná vai de mal a pior com esta dupla de representantes Gleisi
    e Requião. Interesses políticos continuam sendo o fator principal de
    tantos desacertos. Enquanto isso a grana para melhorar o nosso estado continua em ritmo de passo de tartaruga…

  8. Pedro Rosa
    sexta-feira, 17 de janeiro de 2014 – 8:44 hs

    O senador Roberto Requião pertence a uma geração de políticos que apregoavam “quanto pior melhor” para ganhar o poder. Esta atitude de prejudicar o próprio Estado é um favor a todos os paranaenses que vão saber dar a resposta nas urnas e “sepultar” de vez a já cambaleante carreira política deste senhor !

  9. Joel Bley Sobrinho
    sexta-feira, 17 de janeiro de 2014 – 11:22 hs

    Esta é a politica de pequenez praticada no Paraná,tanto por este senador quanto pelo PT em particular pelos ministros ditos paranaenses.A lógica de suas ações esta voltada exclusivamente para seus interesses atuais e futuros e o povo que se dane,esta ai um exemplo,mas querem mais um exemplo recente,estavam todas estas figurinhas apostando e dificultando o que podiam para que o governo do Estado do Pr não pagasse o 13* salário do funcionalismo,não se importando quantas milhares de famílias seriam prejudicadas.Por fim lembro ao Senador que se chegou ao límite prudêncial da folha de pagamento do funcionalismo em grande parte por sua culpa ,pois não contratou e nem investiu em segurança pública,na contratação de professôres e servidores para a educação e em outros setores,sem esquecer do rombo no Paraná Previdência que no seu governo só aumentou.

  10. VERDADE
    sexta-feira, 17 de janeiro de 2014 – 13:03 hs

    Porque não foi colocado meu comentário? Porque não é a favor do Beto?

  11. Anônimo
    sexta-feira, 17 de janeiro de 2014 – 14:19 hs

    Primeiro temos que arrumar a casa internamente, de verdade, depois reclamar lá fora………………..

  12. Joel Bley Sobrinho
    sexta-feira, 17 de janeiro de 2014 – 14:23 hs

    Fábio, por qual razão não publica meu comentário,devo dizer que não é a primeira vez.Caso contenha inverdades aponte..

  13. sexta-feira, 17 de janeiro de 2014 – 16:23 hs

    RESPONDA RÁPIDO: COMO SE PAGARÁ ESTES EMPRÉSTIMOS TODOS DEPOIS ?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*