Estação-tubo vira micro-ondas no calor | Fábio Campana

Estação-tubo vira micro-ondas no calor

Depois de virar picolé no inverno, agora os cobradores das estações de Curitiba sofrem com o calor. A rádio CBN registrou ontem 57.5°C dentro de uma estação-tubo, chamadas agora de micro-ondas pelos usuários do transporte coletivo. A Urbs iniciou um projeto-piloto para reduzir as temperaturas durante o calor.


4 comentários

  1. MENSALEIRO JÚNIOR
    sexta-feira, 31 de janeiro de 2014 – 15:44 hs

    DEPOIS VEM UM MONTE DE DESINFORMADOS DIZER QUE CURITIBA TEM O MELHOR SISTEMA DE TRANSPORTE DO BRASIL. O RIO DE JANEIRO IMPLANTOU O BRT NOS MESMOS MOLDES DAS ESTAÇÕES TUBOS,COM UMA PEQUENA DIFERENÇA, AS ESTAÇÕES SÃO 4 VEZES MAIORES E TODAS TEM AR CONDICIONADO E BANCOS PARA OS USUÁRIOS.

  2. Doutor Prolegômeno
    sexta-feira, 31 de janeiro de 2014 – 17:14 hs

    Como tudo em Curitiba é feito para enganar os trouxas e fazer marquetagem internacional, privilegiando a forma em detrimento da essência, essas estações tubo são um bom exemplo da vaidade dos administradores curitibócas. Foram feitas para impressionar, cheia de metal e acrílico, e “desaine” para inglês e nova-iorquino ver. Não tiveram respeito nem pelo cobrador que se precisar ir ao banheiro tem que pedir favor na vizinhança. Se tiver uma diarreia estará frito. O povo que se lasque, o importante é sair bonito na propaganda da cidade eco-escatológica.

  3. everaldo
    sábado, 1 de fevereiro de 2014 – 12:56 hs

    Quem projetou deveria apresentar a solução térmica para os extremos meteorológicos, sempre normais, mesmo antes da popularização da discussão dos impactos societários sobre o clima!

  4. QUESTIONADOR
    segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014 – 13:41 hs

    -Projeto mal elaborado: sem espaço suficiente, sem bancos condizentes, sem sanitários e o pior de tudo, sem proteção tèrmica(tanto para o frio como para o calor)…mas deve ter um grande gênio que a projeto e até hoje deve se gabar em conversar de rodinhas de café…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*