Comissão de Ética arquiva representação contra Dilma em Lisboa | Fábio Campana

Comissão de Ética arquiva representação contra Dilma em Lisboa

De O Globo:

BRASÍLIA – A Comissão de Ética Pública da Presidência da República arquivou nesta quarta-feira a representação do PSDB contra a presidente Dilma Rousseff referente à escala técnica em Lisboa, na semana passada. Segundo o presidente da comissão, Américo Lacombe, o órgão não tem competência para investigar a presidente da República nem o vice-presidente.

– Isso não está na nossa alçada. Eu indeferi liminarmente a representação contra ela, porque nós não temos competência para julgar nem o presidente nem o vice. Só de ministro para baixo. Eu indeferi liminarmente e foi referendado pelo conselho, por unanimidade. Não tem outro jeito. Está na lei – disse Lacombe, esclarecendo mais tarde:

– Quem quer se queixar contra a presidente da República vá se queixar ao Senado, que julga os crimes de responsabilidade dela. Ou ao Supremo Tribunal (Federal) que julga os crimes comuns.

Ele disse que a comissão pode investigar o caso dos ministros que acompanharam a presidente, mas que não fará isso de ofício, apenas se a comissão for provocada. A representação do PSDB não incluía os ministros.

Lacombe inclusive provocou o líder do PSDB, deputado Carlos Sampaio (SP), lembrando que a comissão foi criada no governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

– Quem fez o regulamento não foi o presidente Lula, foi o presidente Fernando Henrique Cardoso. Então, se o deputado quiser, que vá reclamar com o líder do partido dele.

Lacombe também não vê problema no fato de a comitiva ter jantado em um jantar de luxo, em Lisboa, se cada um pagou a sua parte na conta, como disseram a presidente e o ministro de Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo:

– Não há problema nenhum em ter jantado. Se cada um pagou a sua conta, não é problema nosso, não é problema do contribuinte.

Ontem, a presidente falou sobre a polêmica sobre a escala da comitiva presidencial em Lisboa, Portugal, fora da agenda oficial. Ela destacou que era preciso fazer uma parada e que por causa de nevasca nos Estados Unidos, foi escolhida Lisboa. Sobre o jantar no restaurante Eleven, um dos mais caros da capital portuguesa, Dilma reforçou que pagou do seu bolso e que por isso podia ir aonde quisesse.

— Eu posso escolher o restaurante que for, desde que eu pague a minha conta. Eu pago a minha conta. Pode ter certeza disso. Pode olhar em todos os restaurantes que eu tive, em alguns causando constrangimento. Porque fica esquisito uma presidente e uma porção de ministros fazendo aquela conta de quanto deu pra cada um: “Soma aí, deu quanto?” e com a calculadora. Eu acho isso extremamente democrático e republicano. Não tem a menor condição de alguma vez eu usar cartão corporativo. Não fiz isto. No meu caso está previsto para mim cartão corporativo, mas eu não faço isso porque eu considero que é de todo oportuno que eu dê exemplo, diferenciando o que é consumo privado do que é consumo público — afirmou a presidente.

A comissão também arquivou a representação do PSDB contra o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, sobre denúncia do caso Siemens em corrupção na venda de trens do metrô de São Paulo, nos governo tucanos.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/pais/comissao-de-etica-publica-arquiva-representacao-do-psdb-contra-dilma-em-lisboa-11438209#ixzz2ro668JuG
© 1996 – 2014. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.


11 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    quarta-feira, 29 de janeiro de 2014 – 15:20 hs

    Como disse o editorial da GP, jamais saberemos quem pagou a conta. Se ela não exibir o tíquete do cartão de crédito, nunca saberemos, porque os cartões corporativos são protegidos com sigilo de segurança nacional. Também, nunca saberemos quem pagou a garrafas de vinho (que vinhos seriam? obviamente, não são de Santa Felicidade) diligentemente carregadas por um aspone fiel. Coisas de república bananeira. Coisas do Brasil.

  2. OCIMAR
    quarta-feira, 29 de janeiro de 2014 – 16:24 hs

    NAS QUADRILHAS,NINGUÉM PREJUDICA NINGUÉM,QUEM DISSE QUE NÃO EXISTE CORPORATIVISMO ENTRE BANDIDOS.

  3. Saul de Lima Brenzink
    quarta-feira, 29 de janeiro de 2014 – 17:04 hs

    “Não é problema nosso, não é problema do contribuinte” Se não cabe a comissão de ética analisar o fato, para que serve? E esse cidadão têm que ter respeito pelo contribuinte. Pela fala dele o contribuinte não tem que ficar cobrando o gasto do dinheiro público. Que gastem a vontade. Que paguem os hotéis mais caros enquanto brasileiros padecem nas portas de hospitais. Que gastem a toa enquanto milhões de crianças não acesso a boa educação, a merenda e lazer. Dinheiro público existe para ser torrado com estadias das boas e comidas melhores ainda. E ainda oferece a sentença dizendo que a comitiva pagou o jantar e que os brasileiros calem-se diante disto. Ele não entende, ou não quer entender, que não se trata apenas da conta do jantar, mas sim de todo o custeio da viagem para inaugurar obras financiadas com dinheiro público. Dinheiro do contribuinte, que não retornará nunca mais ao Brasil. É de jeito que brasileiros estão sendo tratados por este governo. Somos um bando de idiotas que só serve para prejudicar os gastos da corte. Meu Deus, o que será do povo
    se tiver que suportar mais 4 anos de PT? Vamos a bancarrota.

  4. sergio silvestre
    quarta-feira, 29 de janeiro de 2014 – 20:18 hs

    Sr Saul,tenha respeito por nossa inteligencia,ficar vasculhando o que a presidenta come ou bebe é demais pro meu saco.
    Se vcs não tem argumentos ou imaginação fértil para comentar digam bom dia ou boa tarde pro Campana e pronto.
    Esse Pais não é um Pais mendingo onde seu presidente tenha que dormir em espelunca.
    Cada uma que SAI AQUI QUE É DE IRRITAR VIU.

  5. Dieter
    quarta-feira, 29 de janeiro de 2014 – 22:20 hs

    Silvestre, país de MENDINGO??Pelo amor de Deus, agora sabemos porque voce vota na vadiANTA e no lularápio.

  6. INTRUSO
    quinta-feira, 30 de janeiro de 2014 – 9:04 hs

    SE PAGOU TODAS AS SUAS CONTAS DE RESTAURANTES DESSE PORTE A DONA DILMA ESTÁ GANANHNADO. MUUUUUIIIIIITTTO BEM.
    EU TB GANHO RAZOAVELEMTEN BEM. MAS ULTIMAMNTE OD RESTAURANTE AONDE FAÇO REFEIÇÕES CUSTA $ 7,00.
    É QUE O IMPOSTO DE RENDA CONSOME QUASE TODO O MEU SALÁRIO, PQ O GOV DIZ QUE PRECISA MMMMUUUUUIIITTO DELE!! KKKKKKKKKK

  7. SOMBRA
    quinta-feira, 30 de janeiro de 2014 – 9:34 hs

    Bela fotografia…

  8. Parreiras Rodrigues
    quinta-feira, 30 de janeiro de 2014 – 10:54 hs

    Primeiro: Não foi às edições anteriores dos fóruns de Davos, para não se sentar ao lado de capitalistas, imperialistas.
    Foi, semana passada, implorar investimentos estrangeiros aos esconjurados e demonizados pelo socialismo capenga baseado no arreganhamento do crédito e incentivo ao consumo, mais as políticas sociais que produzem mudanças aparentes de crescimento financeiro das classes miseráveis que se acham média e rica pois tem o celular, a viagem a Porto Seguro, e o monza 95 enquanto o filho se emburrece e mãe padece na maca de corredor de hospital.

    Fala aqui dentro em combate à pobreza e viaja levando tropa de assessores – que tem em comum com Davos, o que o pescador de lambari de Foz do Areia tem com esquiar em Aspen.

    Uma afronta, um deboche, hospedar-se nos melhores hotéis de Lisboa, comer no restaurante estrelado, mentir sobre a escala técnica.

    Deboche maior é a justificativa do Sérgio Silvestre.

  9. LAS
    quinta-feira, 30 de janeiro de 2014 – 14:57 hs

    Ta certo, é isso aí, que moral esse PSDB tem pra fazer alguma coisa contra a presidente, são todos farinha do mesmo saco, sómente em partidos diferentes. É tudo uma m… só.

  10. tadeu rocha
    quinta-feira, 30 de janeiro de 2014 – 15:27 hs

    NEGOCIO DA DILMA É URUGUAI PARAGUA BOLIVIA ETC, MAIS NÓS ESTAMO DO BRASIL, CLARO QUE SIM, UM BRASIL MARAVILHOSO, MAIS A DILMA SÓ PENSA NELES.

  11. Silvestre Parabens
    quinta-feira, 30 de janeiro de 2014 – 17:51 hs

    Silvestre vc tem razão quanta besteira, haja vista que O governdor do parana foi a copa das confederações, o renan foi por cabelo, tinha cocaina no helicoptero do governador lá de cima, agora ficar atras de que tipo de prato foi servido, a para com isso, não e´pre requisito voto de fransciscano na presidencia da republica ou é, FHC disse veementemente qye não faria esse voto, então deixa isso e se preocupem com outras coisinhas mais… abrações

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*