Renan devolve R$ 27 mil por uso de avião da FAB em voo particular | Fábio Campana

Renan devolve R$ 27 mil por uso de avião da FAB em voo particular

De O Estado de S. Paulo:

BRASÍLIA – O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), recolheu R$ 27.390,25 aos cofres públicos nesta segunda-feira, 30. “O valor se refere ao uso da aeronave em 18 de dezembro entre as cidades de Brasília e Recife e foi calculado pela Força Aérea Brasileira (FAB)”, informou a assessoria de imprensa da Presidência do Senado. O pagamento foi realizado por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU).

Renan viajou para a capital de Pernambuco com o objetivo de fazer um implante de cabelo e não tinha compromissos oficiais naquela data. De acordo com dados do site da FAB, o presidente do Senado saiu de Brasília às 22h15 e chegou a seu destino às 23h30. A aeronave levou outros quatro passageiros, provavelmente convidados de Renan, uma vez que não há registros de que o voo tenha sido compartilhado. O senador informou à FAB que a viagem era “a serviço”.

Diante do episódio, a Aeronáutica informou no último dia 23 que disponibilizou um avião para o transporte do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), em voo de Brasília a Recife, atendendo regras firmadas e abstraindo questões de mérito relacionadas ao motivo da viagem. Nota divulgada pelo Centro de Comunicação Social da Aeronáutica citou que fugia à alçada do Comando da Aeronáutica julgar os motivos da viagem.

Foi a segunda vez neste ano que o presidente do Senado utilizou um avião da FAB em compromissos particulares. Em junho, ele pegou carona para ir ao casamento da filha do líder do governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM), em Trancoso, Bahia. Após o fato ser revelado pela imprensa, Renan devolveu o dinheiro aos cofres públicos.


8 comentários

  1. LUIZ
    segunda-feira, 30 de dezembro de 2013 – 17:07 hs

    isso não paga nem o combustítel

  2. Gladeson
    segunda-feira, 30 de dezembro de 2013 – 18:02 hs

    Vagabundo, devolveu porque a imprensa divulgou e o povão tomou conhecimento, se tivesse vergonha na cara não teria usado o avião

  3. Pedro Rocha
    terça-feira, 31 de dezembro de 2013 – 2:37 hs

    Pra quem manteve teúda e manteúda por anos a fio com dinheiro público, isso é fichinha; num país comandado por petistas mensaleiros e ladrões, Renam é a expressão máxima da canalhice.
    Não fosse um pulha desse porte, desse gabarito, dilma não teria movido terras e mares pra colocá-lo na presidência do tal senado.
    Afinal, não poderia destoar do resto da cumpanherada.

  4. FUI !!!
    terça-feira, 31 de dezembro de 2013 – 4:30 hs

    Na política funciona assim:- o cara safado sabe que é delito, porem
    pratica e se for descoberto devolve o dinheiro. Ora, senhor Renan
    (Presidente do Senado) você tambem deveria ir para a cadeia !!!

  5. Geraldo
    terça-feira, 31 de dezembro de 2013 – 13:04 hs

    Esse cafajeste, vai em casamento com avião da FAB, vai fazer implante de cabelo nessa cabecinha de coco da Bahia, vai com avião da FAB. Será que não está na hora de dar uma cossa de reio nesse vagabundo? que ele acha que o povo é tonto? vamos fazer campanha prá ele se eleger lá no IRÃ. Desde já sou cabo eleitoral.

  6. Helena
    terça-feira, 31 de dezembro de 2013 – 16:59 hs

    At’e quando o Congresso vai fazer vistas grossas a sua falta de decoro hein?

  7. Cláudio
    quarta-feira, 1 de janeiro de 2014 – 5:14 hs

    Uma pergunta cretina:que faz mais ” malfeitos” o Renan que usou jato da FÁB para implantar cabelos ou a Dilma que usa iate da Marinha brasileira ,com diesel pago por brasileiros que lutam para sobreviver mas estradas para um dia na praia para passear com o genro pela baia de todos os santos(acompanhada da filha,neto e muitos seguranças?Afinal o diesel da Fáb. E da marinha são pagos pelo governo que se sustenta por todos,inclusive pelos que ficam horas parados nas péssimas estradas

  8. PINK
    quarta-feira, 1 de janeiro de 2014 – 16:00 hs

    Cadê um piloto kamikaze para transportar a “autoridade” do implante.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*