MST desce a borduna em Dilma e diz que reforma agrária "é pior que a ditadura" | Fábio Campana

MST desce a borduna em Dilma e diz que reforma agrária “é pior que a ditadura”

O presidente do MST, João Paulo Rodrigues, desceu a borduna no governo Dilma por conta da política de reforma agrária adotada nos últimos três anos. “É uma vergonha. São dez os imóveis desapropriados pelo governo Dilma. Pior que o último governo militar (João Figueiredo), quando foram desapropriados 152 imóveis”, disse ele, segundo informa o colunista Ilimar Franco.

Em nota no site do movimento, o movimento critica a prioridade do Ministério do Desenvolvimento Agrário dada aos programas de produção nos atuais assentamentos ao invés do desapropriamento. Segundo Rodrigues, Dilma é “refém da bancada ruralista” e tem “ilusão com o agronegócio”.

O movimento promete ainda intensificar as jornadas de lutas contra a “ofensiva do capital estrangeiro e farão ocupações de latifúndios improdutivos”, ou seja, mais dor de cabeça para Dilma em pleno ano eleitoral.
[Imagem]


4 comentários

  1. antonio carlos
    sexta-feira, 27 de dezembro de 2013 – 19:14 hs

    A tão falada bancada ruralista só existe no papel, para fazer de conta que defende o produtor rural. Aposto o que quiserem que no ano que ela vai ser bem atuante, ou seja, vai gritar, espernear e fazer a vontade do Governo, como fez nos últimos 3 anos. Nem o Código Florestal foi capaz de pôr em prática até hoje. E olhem que o Código até já fez aniversario.

  2. Pedro Rocha
    sexta-feira, 27 de dezembro de 2013 – 21:30 hs

    Nada disso. Essa quadrilha e entende, e se completa!
    O MST, não passa de um braço armado do petismo bandido, vive de saques,roubos e assaltos ao patrimônio alheio.
    Num governo sério, decente, essa raça estaria toda na cadeia, ou no valão.

  3. Paulo
    sábado, 28 de dezembro de 2013 – 10:14 hs

    Terra, eu sei que eles não querem: dá muito trabalho! Será que parou de pingar aqueles caraminguás para o “movimento” levar adiante seus planos de detonar o único setor realmente produtivo? Deve ser isso.

  4. Parreiras Rodrigues
    sábado, 28 de dezembro de 2013 – 17:27 hs

    MST – Massa de Subserviência Trabalhadora. Usado como braço armado nas campanhas de Lula, chupado como laranja, bagaço na beira da rodovia.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*