Ao lado de Marina Silva, Eliana Calmon faz 'filiação simbólica' à Rede | Fábio Campana

Ao lado de Marina Silva, Eliana Calmon faz ‘filiação simbólica’ à Rede

Da Folha de S.Paulo:

Na véspera de formalizar a sua filiação ao PSB para disputar o Senado pela Bahia, a ex-corregedora do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) e ex-ministra do Superior Tribunal de Justiça Eliana Calmon participa nesta quarta-feira (18), em Salvador (BA), de um ato simbólico de filiação à Rede Sustentabilidade.

Idealizada pela ex-senadora Marina Silva, a Rede se uniu ao PSB em outubro após ter seu registro negado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

O evento tem como objetivo marcar a posição da ex-ministra do STJ (Superior Tribunal de Justiça), cuja aposentadoria foi oficializada nesta quarta, e sinalizar que ela construirá seu caminho político ao lado de Marina. A ex-senadora participa do evento, marcado para as 19h30 (horário de Brasília) de hoje, e que também terá a presença do governador de Pernambuco e provável candidato do PSB à presidência, Eduardo Campos.

Amanhã, Eliana vai se filiar oficialmente ao PSB, em outro ato marcado em Salvador. Inicialmente pensado como um encontro apenas da militância da Rede na Bahia, o ato ganhou proporção e deve atrair amigos e aliados da ex-ministra, que ganhou visibilidade ao combater irregularidades no Judiciário.

O local escolhido para sua realização –um cerimonial em frente ao Fórum Ruy Barbosa, principal do Estado– deve garantir forte presença da classe jurídica. Será candidata ao Senado. Calmon, que ganhou notoriedade em 1999 quando se tornou a primeira mulher a ingressar no STJ, voltou aos holofotes em 2010 como corregedora nacional de Justiça.

A presença de Eliana Calmon nas eleições majoritárias já provoca reações no meio político baiano. Na terça-feira (17), o provável candidato petista à sucessão do governador Jaques Wagner (PT), o secretário estadual da Casa Civil, Rui Costa, afirmou que a ex-ministra é apresentada como novidade, mas “ninguém pode dar um cavalo de pau na vida pública apresentando-se [ao eleitor] sem ter uma história”.

Segundo Costa, Eliana construiu sua carreira no Judiciário e fora da Bahia. E fez um contraponto com o vice-governador, Otto Alencar (PSD), que deverá ser o candidato ao Senado na chapa petista: “Quem escolheu cuidar de gente, cuidar dos mais pobres, vai ser reconhecido pela população”.

O coordenador da Rede na Bahia, Júlio Rocha, que foi filiado ao PT por mais de 20 anos, preferiu não polemizar: “Foi só uma provocação. Mas acho que ele tem com o que se preocupar mesmo: teremos candidatas competitivas ao governo e ao Senado”.

Além de Otto Alencar, Eliana Calmon deverá concorrer pela única vaga para o Senado em disputa com o ex-governador Paulo Souto (DEM) ou o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB).

SEM TRAUMAS

Possível candidata ao governo da Bahia pelo PSB, a senadora Lídice da Mata diz que vê com naturalidade a posição marcada por Eliana Calmon e classificou a relação com a Rede como “a melhor possível”. Rocha faz coro e destaca que o ato de filiação desta quarta “faz parte do processo de reconhecimento da Rede como partido”.

A Bahia, assim como o Distrito Federal, será um dos Estados em que a parceria entre PSB e Rede se dará sem traumas. Em outras disputas estaduais, porém, a Rede e o PSB poderão seguir caminhos opostos, caso os socialistas fechem alianças com candidatos a governador ligados ao senador Aécio Neves (PSDB) ou à presidente Dilma Rousseff (PT). Campos negocia acordos com nomes do PSDB em ao menos seis Estados e com candidatos petistas em outros dois.


3 comentários

  1. justino bonifacio martins
    quarta-feira, 18 de dezembro de 2013 – 16:54 hs

    Filiação simbólica à Rede? Essa sigla de aluguel da burguesia não colou. A ex-corregedora filiou-se, sim, no PSB.

  2. Helena
    quarta-feira, 18 de dezembro de 2013 – 20:17 hs

    Esta é tão séria e confiável que deveria ser candidata à presidência do Brasil.

  3. Justiça Parana
    quinta-feira, 19 de dezembro de 2013 – 10:44 hs

    A Bahia vai ter senadora e o Paraná sem nenhum

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*