Venezuela retira do ar sites que informam valor do dólar paralelo | Fábio Campana

Venezuela retira do ar sites que informam valor do dólar paralelo

O Globo

O governo da Venezuela anunciou no sábado que decidiu retirar o ar os sites da internet que publicam a cotação do dólar paralelo com o objetivo de combater especulações em um país onde existe um forte controle cambial. Em discurso público pronunciado no final da noite de sábado, o presidente Nicolás Maduro (foto abaixo) enumerou os sites que estão sendo retirados do ar. São eles: ‘dólar today’, ‘tucadivi.com’, ‘lalechugaVerde.com’, ‘dolarparalelovenezuela.com’, ‘dolarparalelo.org’, ‘preciodolar.info’ e ‘dolarparalelo.tk’.

Embora a lei venezuelana proíba, estes sites publicam de maneira permanente a cotação do chamado dólar paralelo, a moeda americana que é comercializada de maneira ilegal na Venezuela e que supera em mais de oito vezes o preço oficial do dólar.


4 comentários

  1. Vigilante do Portão
    terça-feira, 12 de novembro de 2013 – 3:43 hs

    É o típico caso de quebrar o termômetro,
    Achando que vai reduzir a febre do paciente.

  2. antonio carlos
    terça-feira, 12 de novembro de 2013 – 9:44 hs

    Genial esta sacada do Maduro, realmente o cara está inovando na condução da economia venezuelana. Fica aí um bom exemplo para a companheira presidanta e a sua ekipekonomica imitar. Numa destas o dólar baixa a níveis aceitáveis, e a inflação vai a reboque. Que tal não tentar uma medida desesperada como esta? Tem louco que acredita no tal Maduro.

  3. Doutor Prolegômeno
    terça-feira, 12 de novembro de 2013 – 11:18 hs

    Este filhote do demagogo Chávez, clone mutante do seu Madruga e do seu Barriga, vai levar a Venezuela à falência e ao caos.

  4. Pedro Rocha
    terça-feira, 12 de novembro de 2013 – 16:18 hs

    É isso aí, Dom Maduro! – E tem gente que vota, e torce para que nos ternemos também, um povo bolivariano. Deus que nos livre dessa peste..
    Maldito petismo. Maldito socialismo cucaracha, que só engana trouxas.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*