Responsável das redes sociais de Fruet ganha acima de R$ 16,6 mil | Fábio Campana

Responsável das redes sociais de Fruet ganha acima de R$ 16,6 mil

Parece piada, mas não é! Quem traz a público os dados sobre o salário faraônico do operador de redes sociais, que cuida do Facebook e do Twitter da Prefeitura de Curitiba, é a jornalista Joice Hasselmann, com base nos dados do Portal da Transparência da prefeitura.

“Um funcionário comissionado da Secretaria de Comunicação, teoricamente responsável pelas redes sociais, tem o salário mais gordo que o do Secretário de Comunicação”, informa Joice. Clique nas imagens para vê-las ampliadas.

“O Portal da Transparência mostra que o jornalista Álvaro Borba recebe um total de R$ 16.609,60 (R$8.036,90 de subsídio e R$8.572,70 de vantagens eventuais). O Secretário de Comunicação Gladimir Nascimento, chefe do jornalista citado, ganha R$14.339,92”, destacou.

Outros números também chamam a atenção, segundo a jornalista. “Há até algumas esquisitices. Vamos a elas. Um tratador de animais, servidor da Prefeitura de Curitiba, recebe a bagatela de R$ 8.811,40”.

Já os secretários do município têm uma remuneração de R$14.339,92 reais. O Prefeito Gustavo Fruet de R$26.723,13 e a vice de R$13.430,66.


24 comentários

  1. adoniran
    terça-feira, 19 de novembro de 2013 – 14:59 hs

    Depois vêm com o papinho de jornalismo imparcial…. como vai ser imparcial ganhando em um mês o que a grande maioria leva mais de um ano para ganhar?
    O portal deveria se chamar “Os marajás de Fruet e do PT curitibano”.

  2. Prefeito Omar Sabbag
    terça-feira, 19 de novembro de 2013 – 15:09 hs

    Pelo menos o Prefeito Fruet,teve coragem de divulgar,diferente dos
    demais orgãos do centro-cívico,que se pelam de medo de informar
    os vencimentos dos servidores públicos.Distorções haverão em diversos orgãos estaduais também.Agora esperemos o mesmo
    dos demais orgãos

  3. Juvenal
    terça-feira, 19 de novembro de 2013 – 15:48 hs

    A vida é mesmo uma roda gigante…..os coleguinhas jornalistas que viviam esculhambando os outros coleguinhas que trabalhavam na assessoria da prefeitura….do tipo “mamando nas tetas com o meu dinheiro”, entre outros elogios,…. hj estão tudo lá…..enchendo o “borso”, trabalhando pro PT e ainda ganhando muito mais….. Brincadeira….a vida segue amigo, é assim mesmo. A língua é o chicote da bunda!!!!!!

  4. E o Fernando Guedes
    terça-feira, 19 de novembro de 2013 – 15:51 hs

    E o Fernando Guedes que na eleição metia o pau no Fruet a torto e a direito, recebe agora como punição um poupudo cargo em comissão como castigo.
    É prá cabá mesmo.

  5. Fabiano Abril
    terça-feira, 19 de novembro de 2013 – 15:57 hs

    Este é o nosso prefeito. Vai gastar bem mal nosso dinheiro assim lá na Conchinchina. Fruite nunca mais

  6. Gladimir Nascimento
    terça-feira, 19 de novembro de 2013 – 16:02 hs

    Há mais de uma hora o blog, que não apurou a informação, foi comunicado de que ela não é verdadeira. O blog da Joice Hasselmann, de onde a nota foi copiada, também foi avisado, pela manhã, de que se trada de barriga.

  7. Patrícia
    terça-feira, 19 de novembro de 2013 – 16:05 hs

    Oh dinheirinho mau pago heim!!!!! Poderia alimentar inúmeras pessoas carentes!!!!!

  8. Janaína Santos
    terça-feira, 19 de novembro de 2013 – 16:26 hs

    Engraçado que os valores apresentados, como o salário do prefeito não é apresentado sem o desconto. Eu por exemplo nunca recebi meu salário sem os descontos, se existe essa opção os senhores, que são jornalistas e esclarecidos, me expliquem como.

    Além disso, seria bem legal ao invés do print, os senhores deixarem o link do portal da transparência que é um site e qualquer um pode consultar. Assim eu mesma posso ver se o Alvaro Borba realmente recebe quase mais que o prefeito todos os meses.

  9. Camilo Vieira
    terça-feira, 19 de novembro de 2013 – 17:17 hs

    Obviamente existe algum erro na tabela, oras. Cadê o posicionamento da Prefeitura de Curitiba? Ou a resposta à acusação?
    Imprensa sensacionalista e sem bom senso dá nisso. Pros babacas acéfalos saírem compartilhando uma informação inútil e formulada por trouxas de plantão sem pauta alguma.
    Lixo!

  10. Nené
    terça-feira, 19 de novembro de 2013 – 21:57 hs

    Ah! Agora ta explicado porque o Álvaro Borba e o velho babão do Airton Cordeiro só esculhambavam a Prefeitura e o Luciano Ducci! Que bela recompensa pelos serviços prestados ao então candidato Gustavo Fruet! Por conta de tanta “imparcialidade” na “rádio que toca notícia” o velho babão terá que pagar uma bela multa para a Justiça Eleitoral!

  11. Zeca
    terça-feira, 19 de novembro de 2013 – 22:07 hs

    É o verdadeiro acanalhamento, por isso ela nunca fala mal do prefeito.
    Mulher transparente??
    Fora!!!

  12. luiz augusto juk
    terça-feira, 19 de novembro de 2013 – 23:21 hs

    sem comentários….

  13. Sandor Mendes
    quarta-feira, 20 de novembro de 2013 – 8:53 hs

    Tadinho do rapaz que cuida dos animais.
    Depois de vários anos cuidando do jacaré do parque, das antas do passeio público, da girafa,do tigre, dos dentes dos leões e das onças pintadas do Zoológico do Iguaçu, não consegue se ver livre do pior de todos os bichos: a cobra jararaca da Joice Hasselmann…kkkkkkkkkkk

  14. Irineu
    quarta-feira, 20 de novembro de 2013 – 9:07 hs

    Na administração pública desde que existe é,sempre será e vai ser assim, só que agora é de ciência de todos os cidadãos, comissionados e outros tipos enfiados no serviço público salarião, funcionários concursados de carreira com 20,30 anos de serviço salarinho como se pode ver e tirar a prova.

  15. antonio carlos
    quarta-feira, 20 de novembro de 2013 – 10:46 hs

    Favor corrigir a noticia, segundo o blog do Zé Beto o referido cidadão, que não é nem meu amigo ou conhecido, teve o salário contado em dobro. Com relação ao tal tratador de animais não sei ao certo, mas ao responsável a explicação é bem plausível.

  16. Valmor Santos
    quarta-feira, 20 de novembro de 2013 – 10:49 hs

    Qualquer pessoa sabe que Joice não é nada imparcial, deve ter algum problema dela com a comunicação da prefeitura. Certeza! Ah, esqueci… Ela tem um quadrinho na emissora tucana, que recebe milhões do governo do estado.

  17. Pedro Malazarte
    quarta-feira, 20 de novembro de 2013 – 13:42 hs

    Gente, está no link, no portal da transparência. Olhem lá, vejam com os próprios olhos:http://www.transparencia.curitiba.pr.gov.br/

    E mesmo que nao for verdade e q

  18. Pedro Malazarte
    quarta-feira, 20 de novembro de 2013 – 13:42 hs

    Gente, está no link, no portal da transparência. Olhem lá, vejam com os próprios olhos: http://www.transparencia.curitiba.pr.gov.br

    Como é uma “barriga”, Gladmir, se está no site da prefeitura?

  19. Jornalismo
    quarta-feira, 20 de novembro de 2013 – 16:21 hs

    Salário retroativo de dois meses q ele não recebeu… EHHHH POVO QUE FUGIU DA FACULDADE DE JORNALISMO! VÃO CHECAR A DROGA DA INFORMAÇÃO ANTES! O CARA RECEBE 6.000.

  20. Nene
    quarta-feira, 20 de novembro de 2013 – 16:28 hs

    Campana, que decepção! Porque vc não publica meus comentários?

  21. Fabio
    quarta-feira, 20 de novembro de 2013 – 16:51 hs

    Pois é, neste portal estão apenas os salários dos servidores públicos municipais. E quanto aos salários dos institutos, prestadores de serviços da prefeitura que recebem verbas mensalmente? Talvez fiquemos mais assustados ainda com os salários de tais terceirizados…

  22. Dieter
    quarta-feira, 20 de novembro de 2013 – 21:44 hs

    O tratador de animais é o garçon que serve cafezinho ao prefeito?

  23. Tiago
    quinta-feira, 21 de novembro de 2013 – 11:50 hs

    Sou contra divulgar salário dos servidores, salário só interessa para quem recebe e para quem paga. O cara se mata de estudar passar em um concurso público daí vem os que nada plantam e querem colher da mesma forma dos que se esforçam.

    E depois qual o problema de um tratador de animais ganhar R$8.000? Deixem de ser invejosos.

  24. pedro
    sábado, 5 de abril de 2014 – 17:43 hs

    Se quem paga o referido salário é o povo, interessa a todo sim. No caso em questão não houve concurso, e sim indicação política. Aliás, a última vez que houve um concurso em Curitiba deve ter sido na gestão do Mateus Leme, em 1700. Leio o facebook da prefeitura e me sinto constrangido, pois é evidente que é feito por uma gurizada despreparada, sem conteúdo e, pior, puxa-saco. lamentável termos de pagar o salários desses “profissionais”.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*