Prefeito da RMC reúne vereadores em cruzeiro de luxo para discutir orçamento | Fábio Campana

Prefeito da RMC reúne vereadores em cruzeiro de luxo para discutir orçamento

O prefeito de Itaperuçu, na região metropolitana de Curitiba, Neneu Artigas (PDT), cinco vereadores e mais três convidados escolheram um lugar, no mínimo, diferente, para discutir o orçamento do município em 2014: um cruzeiro de luxo, que saiu na segunda-feira (11) de Santos (SP), passou por Búzios, Rio de Janeiro e retornou para Santos na quinta-feira (14). Foram três dias de reuniões para discutir o futuro da cidade em meio a piscinas, restaurantes, festas e passeios pelas praias do litoral brasileiro.

Sem nenhum constrangimento, o prefeito Artigas deu o roteiro do passeio e disse à Banda B que a viagem foi para o bem do município. “Nada me impede de viajar. Este cruzeiro custou R$ 1,2 mil e fomos discutir o orçamento do ano que vem, onde fizemos três reuniões durante as três noites e planejamos para o ano que vem o que vai acontecer de obras aqui”, afirmou o prefeito.

Viajaram com o prefeito cinco dos 11 vereadores da cidade: Pio Moraes, Volnei Truques, Lucio Pedroso, Nelson “Cascudo” e Parmalate. Também estavam no “cruzeiro do orçamento” dois convidados, amigos do prefeito, e um assessor jurídico. “Não vejo problema, nada de mal, até porque cada um pagou a viagem com dinheiro do próprio bolso. E o que significam R$ 1,2 mil para pagar por um cruzeiro? Trabalho todos os dias, chego às 8 horas na prefeitura, saio às 13 horas e vou para a minha firma e fico lá até as 8 da noite. Não tenho sábado e domingo e, muito antes de ser prefeito, fazia cruzeiros e viagens para o exterior. Sou um ser humano”, se defendeu o pedetista.
Artigas disse ainda que todas as contas da prefeitura estão em dia, “os postos de saúde estão carregados de remédios” e as obras não param na cidade. “Essas críticas (da viagem) são intrigas da oposição. E não tenho que explicar. O Beto Richa viajou agora para os EUA onde fez reuniões em benefício do Paraná, a Dilma viaja todo dia, e eu, que sou prefeito, não posso viajar?”, reclamou.
O prefeito é dono da maior madeireira de Itaperuçu e divide seu tempo entre a prefeitura e a empresa.


5 comentários

  1. Darcy
    sábado, 16 de novembro de 2013 – 20:05 hs

    Se não é parente do Lula , tem um sanguinho do PT correndo nas veias

  2. BOZO
    domingo, 17 de novembro de 2013 – 10:11 hs

    UMA CIDADE COMPLETAMENTE ABANDONADA, EXTREMAMENTE POBRE … O PREFEITO E OS VEREADORES TEREM A INSENSATEZ DE GASTAR DINHEIRO PÚBLICO EM UMA CRUZEIRO !!! CLARO QUE ESTAMOS DIANTE DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA, PRINCIPALMENTE PQ OS FUNCIONÁRIOS SEQUER IRÃO RECEBER O 13º EM DIA … ESTÃO BRINCANDO COM O POVO … A JUSTIÇA DIVINA SERÁ IMPLACÁVEL COM ESTAS LARVAS … A SERÁ MESMO …

  3. Marcio gomes martins
    domingo, 17 de novembro de 2013 – 15:03 hs

    Fdp

  4. edilson hugo ranciaro
    domingo, 17 de novembro de 2013 – 23:12 hs

    O que me revolta como cidadão é que a imprensa denuncia e os órgãos de fiscalização, não fazem nada.

    O Paraná é o Estado mais corrupto e mais coronelista somente comparado com o Maranhão do Sarney.

    Até quando!

    Quando mudarem tudo….

  5. Prefeito Omar Sabbag
    segunda-feira, 18 de novembro de 2013 – 16:00 hs

    Que vergonha!!!Espero que o MP eleitoral,peça a cassação
    desses desavergonhados e amorais!Vá viajar com o seu dinheiro
    e não do povo!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*