Na disputa interna do PT, resultado ruim para Fruet | Fábio Campana

Na disputa interna
do PT, resultado ruim para Fruet

A divisão entre as principais lideranças do PT na disputa pelo diretório municipal de Curitiba, em 4 chapas, pode resultar em uma dor de cabeça para o prefeito Gustavo Fruet(PDT). É que a chapa apoiada pelo grupo do deputado Tadeu Veneri(PT) aparece como favorita. Veneri(PT) já demonstrou força quando em 2008, concorreu às prévias para a escolha do candidato do partido à prefeitura de Curitiba.

Ele obteve 44,5% dos votos válidos concorrendo com a atual ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, que foi indicada candidata. E como a um descontentamento entre a militância pelo fato de que os ministros Paulo Bernardo, Gleisi Hofmmann, o deputado Angelo Vanhoni e a vice-prefeita Miriam Gonçalves, nomearam os membros dos seus grupos em cargos com altos salários na prefeitura de Curitiba, e deixaram um numero expressivo de companheiros desempregados, ajuda em muito o voto na chapa de Veneri(PT).


6 comentários

  1. Chapa quente
    terça-feira, 5 de novembro de 2013 – 13:26 hs

    Vai dar muita surpresa essa eleição – Veneri ta fraco, vanhoni sem pique pra ganhar…aguardem!

  2. Amauri Lupardi
    terça-feira, 5 de novembro de 2013 – 13:32 hs

    Quem manda mais? O Fruet ou a Miriam?

    Na midia pelo menos manda a Miriam, que esta em todas as colunas e blogs.

    A socialite colocou o Fruet no bolso!

    *Obs: mais uma realização do consórcio Itaipu e Unibrasil

  3. marcos ferraz
    terça-feira, 5 de novembro de 2013 – 15:07 hs

    Suas fontes estão te enganando, Fábio. A chance do Augusto (candidato do Tadeu Veneri) vencer são zero. A votação que ele fez em 2008, era uma união imensa com outras lideranças petistas de Curitiba (Rosinha, Josete), que não se repete agora.

  4. Renato Glotër
    terça-feira, 5 de novembro de 2013 – 16:08 hs

    Quanto pior o Fruet ficar com o PT, melhor pra ele. O eleitor do Guga não tolera o PT.

  5. Roberto Santos
    terça-feira, 5 de novembro de 2013 – 18:09 hs

    ih! vai que ganha a chapa contrária ao gosto do GF. Vai ter porrada pra tudo que é lado.A turma que comia mortadela e passou a comer camarão vai sair da PMC? de maneira nenhuma. Êste pessoal nunca viu tanta fartura na vida. Mas falam as más linguas que está faltando água para beber na SME(Delta) e PH na SMS.Pode? Pode.

  6. Irineu
    terça-feira, 5 de novembro de 2013 – 19:46 hs

    É triste saber que dentro da política o critério é só acomodar os parceiros com altos salários enquanto os funcionários de carreira ficam vendo a banda passar e aguardando os $1.100,00 em Novembro, foi muita inocência até mesmo eu achar que o Gustavo era diferente, e com estes cargos vai embora a verba para dar decência e qualidade de vida aos que realmente trabalham que são os funcionários efetivos, é por esta e outras que o serviço público nunca anda para frente, a cada quatro anos dá dez passos para trás.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*