Justiça nega habeas corpus a irmãos de Gaievski | Fábio Campana

Justiça nega habeas corpus a irmãos de Gaievski

Do Ucho

Tiro errado – O inferno astral da família Gaievski parece não ter fim. Ex-assessor especial de Gleisi Hoffmann na Casa Civil, o pedófilo Eduardo Gaievski, preso sob acusação de estupro de menores, recebeu com desapontamento a informação de que o Tribunal de Justiça do Paraná negou o pedido de habeas corpus de seus dois irmãos.

Considerados foragidos pela Justiça, Francisco e Edmundo Gaievski tiveram a prisão decretada por suspeita de pagamento de testemunhas que deveriam mudar depoimentos em cartório para favorecer o pedófilo que a ainda ministra Gleisi levou ao Palácio do Planalto para trabalhar a poucos metros da presidente da República.

Também na última semana foram presos em flagrante o filho de Eduardo Gaievski, André, e o advogado do ex-assessor, Fernandes da Silva Borges. Com a dupla a polícia encontrou as mães de duas vítimas do pedófilo, que estavam a caminho do cartório para mudar depoimentos mediante pagamento em dinheiro.

A fracassada investida para produzir depoimentos favoráveis a Gaievski decorre da proximidade da primeira audiência na Justiça em que o pedófilo será ouvido. O Ministério Público do Paraná, que ofereceu denúncia contra o ex-prefeito de Realeza, vem reforçando o estoque de provas nas últimas semanas, o que deve complicar ainda mais a situação do monstro da Casa Civil.

O pedófilo foi transferido da Casa de Custódia de Curitiba para o presídio de Francisco Beltrão, a poucos quilômetros do Paraguai, para onde estava fugindo quando foi preso em Foz do Iguaçu.


7 comentários

  1. sexta-feira, 1 de novembro de 2013 – 20:02 hs

    O que fizeram as pessoas inocentes,só pode ser um monstro.,nunca houvi falardes vagabundos que só queriam meninas puras ANJOS,para abusa lãs,se houver justica, a prisão deve ser Ate o fim desta vida,amaldiçoada!!

  2. verde oliva
    sexta-feira, 1 de novembro de 2013 – 22:56 hs

    Seria bom a PF investigar se há mais participantes familiares envolvidos com os crimes além da admoestação de testemunhas.

  3. SERGIO SILVESTRE
    sábado, 2 de novembro de 2013 – 10:36 hs

    15 horas ,em um shooping aqui em Londrina,3 meninas na faixa de 13 anos matam as aulas e vão se encontrar com 3 herados homens com mais de 30 anos.
    Ai vai saber o que fizeram.Esse é o Pais onde tudo corre solto,mas tem que filtrar só o que é interessante,
    Esse caso ai do distinto comedor está rendendo,porque a Gleise é candidata,senão já teria ido para as prateleiras,inclusive da policia,que em certos casos se esforça para alguem tirar proveito politico.

  4. Caboclo Véio
    sábado, 2 de novembro de 2013 – 12:25 hs

    Deveriam levar todos estes Gaievski pra tomar sol com os outros no presídio de Piraquara.

  5. Gardel
    sábado, 2 de novembro de 2013 – 21:34 hs

    A justiça esta certa, com os parentes do pedófilo soltos, as vitimas não tem segurança.

  6. Parreiras Rodrigues
    domingo, 3 de novembro de 2013 – 12:24 hs

    Um dono de buteco numa rua de fim de vila, precisando contratar um ajudante para lavar copos, espremer limão prá caipirinha, varrer o assoalho, limpar o pano da mesa de sinuca, quer saber onde o cara trabalhou antes, etc e tal.

  7. TRABAIADÔ
    segunda-feira, 4 de novembro de 2013 – 7:25 hs

    ÔOOÔOO SÉRGIO SILVESTRE

    tú deve ser um peste dum petralha enrustido….

    leve o pedófilo para sua casa, e aproveite e faça ele ir junto na campanha da peste da gleisi…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*