Desta vez vai? | Fábio Campana

Desta vez vai?

A presidente Dilma Rousseff receberá o governador Beto Richa no dia 12, uma terça feira. Beto vai tratar da liberação de financiamentos para o estado que estão travados na Secretaria do Tesouro Nacional.Tudo pronto, marcado, confirmado, mas há notícias de ministros do Paraná em esforços para melar a audiência. A turma do quanto pior melhor. Pior para o povo e para o governo estadual para que fique melhor para quem quer abocanhar o poder no Estado.


4 comentários

  1. BETÃO
    terça-feira, 5 de novembro de 2013 – 21:45 hs

    Se isso acontecer vamos fazer um manifesto aqui no Paraná e denumciar esses trairas, que sabemos bem quem serão

  2. tiago
    quarta-feira, 6 de novembro de 2013 – 0:12 hs

    Não há o que melar a audiência com a Dilma. È só os parananense elegerem um Governante competente e que tenha auxiliares competentes, pois os que estão aí. rs rs rs

  3. NA CORDA BAMBA
    quarta-feira, 6 de novembro de 2013 – 6:26 hs

    Por estas razões que políticos não valem nada em nehuma parte
    do mundo. Ninguem continua um projeto maravilhoso que outro po-
    lítico começou, saneamento é o último a ser executado porque fica
    tudo encoberto pela terra e assim vai. O que fazer !? Rezar…

  4. Roberto
    quarta-feira, 6 de novembro de 2013 – 11:13 hs

    Esse é o pensamento permanente. Infelizmente só se pensa assim, quando se trata de Política. O Estado? O Povo? As necessidades básicas?(Segurança, Educação, Infra estrutura e Empregos). Que se danem, desde que EU, Fulano de tal, esteja em Projeção, no Poder e com o Bem Estar que EU Mereço!. Depois de mim? Que seja o dilúvio…..
    Dizem que ” no Inferno, na parte que toca ao Estado do Paraná, não há necessidades de Diabos com forcados para “empurrar” os que querem sair do caldeirão, por que lá, quando um quer sair, o outro puxa-lhe o pé”. Pode ser engraçado, mas é uma realidade aqui na Terra. Ó Estado que não necessita de inimigos, todos se sacaneiam aqui mesmo. Afunda sozinho.
    O “Fogo amigo” aqui é maior que qualquer coisa. Quando no outros Estados, há uma relativa união entre políticos para “arrancarem” os fundos de direito do Estado do Governo Federal (que sacaneia os recusos a todos os Estados não submissos a ele), aqui não, aqui os políticos vão travando tudo o que podem, para verem o dirigente do momento, naufragar fragorosamente,m para que ELES, então possam TOMAR O PODER, e luzirem com salvadores do Estado. O que acontece, é exatamente o contrário, e novamente os outros sacaneados, pagam com a mesma moeda, sacvaneando o novo dirigente. Se isso não paras já, nosso combalido Estado não existirá mais dentro de pouco tempo.
    Vamos mudar o rumo das ações. querem brigar entre sí, o façam, mas nã no que tange ao Estado. Isso não.

    O que for do Estado do Paraná, deve chegar a Ele, como Estado.

    Fora isso, não se justificam, atitudes do Sr. Requião, Sra. Gelisi e do Paulo Bernado.
    O Estado do Paraná não é uma propriedade deles e de mais ninguém.

    O Estado está acima de qualquer um, quer queiram ou não. Essas cabecinhas precisam por isso no coco.Todos os Políticos Paranaenses. Devem “crescer” pessoalmente e políticamente.

    Este Estado não merece suas picuinhas e pequenezes. Necessita sim, de muito mais trabalho e empenho de seus representantes para ter por direito o que merece, um lugar ao Sol nesta Republiquinha mal gestionada desde 1500. Não podemos dizer que os outros(EUA – Europa) não nos “permitem” o nosso desenvolvimento.

    Nós mesmos somos os responsáveis. Na hora em que paramos com isso, seremo um foguete de desenvolvimento. Até lá…..

    Não podem torpedear o Estado do Paraná a cada vez que “acharem” que não estão de “bom humor” ou que não estão sendo “prestigiados” em suas “personalidades públicas” o suficiente pelo Estado.

    Tenho vergonha de ser representado por esses eleitos.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*