Verri joga a toalha e reconhece Pupin prefeito | Fábio Campana

Verri joga a toalha e reconhece Pupin prefeito


O deputado Enio Verri (PT) não vai levar adiante a disputa judicial pela prefeitura de Maringá e disse que a questão foi finalizada após a decisão do TSE que rejeitou – por seis votos a um – recurso que contestava a elegibilidade do prefeito Carlos Roberto Pupin (PP). Em nota à imprensa, Verri disse “respeitar e acatar a decisão do TSE, de forma que a demanda que iniciamos na Justiça está, a partir de agora, encerrada”.


4 comentários

  1. José
    sexta-feira, 18 de outubro de 2013 – 20:08 hs

    Esse povinho do PT, gosta de um tapetão, mais andam se lascando em todo lugar, kkkkkkkkkk, aprende perder cara, que a proxima é o ano q vem, não vai se eleger para Dep. Federal, kkkkkk.

  2. PaTifaria
    sexta-feira, 18 de outubro de 2013 – 20:57 hs

    perdeu…perdeu petralha, chega de se fazer de santo e vá procurar sua turma

  3. Angelo Rigon
    sábado, 19 de outubro de 2013 – 23:49 hs

    Na verdade o TRE/PR criou a viabilidade da campanha no Enio.
    Se não fosse a decisão unanime do TRE o Verri não teria 30% dos votos em Maringá;
    Com a decisão unanime do TRE os eleitores de Maringá foram levados ao erro de votar no Verri pois não sabiam que a sua pretensão no “tapetão” não tinha fundamentação nenhuma.
    O TRE/PR errou feio!!
    Quase quebrou a democracia!! a hegemonia do voto.
    Quase levou um município de importância singular a ter o PT como administrador municipal. Para quem que vive em Maringá, ver o PT de volta seria a maior de todas as tragedias.

  4. Vigilante do Portão
    domingo, 20 de outubro de 2013 – 2:36 hs

    INCOMPETENTE!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*