Taques força PDT a debater saída do governo | Fábio Campana

Taques força PDT a debater saída do governo

Do Josias de Souza:

O PDT reúne sua Executiva nacional no final de outubro. Membro do colegiado, o senador Pedro Taques provocará um debate que o presidente da legenda, Carlos Lupi, gostaria de adiar.

“Quero que o PDT saia do Ministério do Trabalho”, diz Taques. “Para apoiar projetos bons, não é preciso ocupar cargos. Vou requerer a inclusão do tema na pauta da Executiva.” Egresso do Ministério Público Federal, Taques acha que já não há justificativas para a permanência do PDT na Esplanada.

“Costuma-se dizer que há três razões para um partido ocupar um ministério. Primeiro, para roubar. Segundo, para aparelhar a máquina com seus apaniguados. Em terceiro lugar, para concretizar políticas publicas. O Ministério do Trabalho foi esvaziado. Já não discute as premissas de emprego. Como valorizo o princípio da presunção da inocência, parto do pressuposto de que não estão roubando. Todo mundo diz que não há aparelhamento. Então, pra quê ficar nesse ministério?” Como se vê, será animada a reunião do PDT.


Um comentário

  1. Gardel
    terça-feira, 22 de outubro de 2013 – 13:53 hs

    O PDT vem sofrendo perdas irreparáveis, mas não aprende. Ficar grudado no saco do governo, não ajuda nada.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*