Richa e Cardozo anunciam 12 novos presídios no PR | Fábio Campana

Richa e Cardozo anunciam 12 novos presídios no PR

O governador Beto Richa e o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, assinaram hoje as licitações para a construção de 12 novos presídios no Paraná. São seis cadeias públicas e seis Centros de Integração Social. Richa e Cardozo também assinaram licitação para obras de ampliação em outros oito presídios. São 6.670 novas vagas num investimento de R$ 161 milhões.

“Quando assumi o governo, o Paraná tinha a pior situação prisional do Brasil. Agora, vamos zerar o problema de superlotação e ainda seremos exemplos para o país e temos um ministro que se mostrou amigo do estado e dos interesses dos paranaenses”, disse Richa

“Temos que nos unir em questões de estado, para o bem da população, e a demonstração se dá neste resultado fantástico na questão prisional do Paraná”, disse Cardozo.

A secretária da Justiça, Maria Tereza Uille Gomes, destacou que o Paraná foi o único estado brasileiro a reduzir num prazo de dois anos e 10 meses, a superlotação carcerária em mais de 60%. O resultado, segundo ela, é graças a um trabalho integrado de transferência de presos e revisão de penas. De 2011 para cá, foram desativadas 233 carceragens em pequenas delegacias de polícia.


7 comentários

  1. Sergio Silvestre
    quinta-feira, 31 de outubro de 2013 – 10:55 hs

    I love Cardoso.

  2. Cleucimar Taylor
    quinta-feira, 31 de outubro de 2013 – 11:01 hs

    Sem querer ofender, mas a grana é estadual ou federal? Os projetos são estaduais ou federais?

  3. Cleucimar Taylor
    quinta-feira, 31 de outubro de 2013 – 11:03 hs

    Aproveitando, é impagável o que a política nos proporciona. Se agridem na época da eleição e se abraçam depois. Bonita a cena do abraço entre o governador e o ministro do PT. Gente fina, eleegante e sincera.

  4. Joao Carlos
    quinta-feira, 31 de outubro de 2013 – 15:56 hs

    Penso que nos Paranaenses preferimos Universidades…

  5. Anônimo
    quinta-feira, 31 de outubro de 2013 – 22:41 hs

    AINDA BEM QUE EXISTE UM GOVERNO SUPERIOR, SE FOSSE DEPENDER SÓ DO NOSSO, ESTAMOS NA ESTACA ZERO….AVISEM O TRAIANO……

  6. quinta-feira, 31 de outubro de 2013 – 23:36 hs

    Como investimentos na segurança dos cidadãos é prioridade do Governador Beto Richa, a administração estadual apresentou a administração federal . projetos bem elaborados para construção unidades prisionais e ampliações , que liberaram 161 milhões de reais ao Estado do Paraná, para a reestruturação do sistema carcerário,oportuna articulação em prol de todos Paranaenses.

  7. Balela
    sexta-feira, 1 de novembro de 2013 – 23:08 hs

    Em seu plano de governo para o mandato 2011-2014, o então candidato ao governo do Estado, Beto Richa, colocou como meta a construção de modernos presídios industriais e a criação de 6.000 vagas no sistema penitenciário.

    Bem… passados 3 anos de mandato, com a ocorrência de inúmeras fugas nas cadeias improvisadas em delegacias, a ocorrência de policiais feridos e mortos em franco desvio de função, além de uma população apavorada com a ameaça permanente à sua segurança, bem como a indignação de familiares de presos que são mantidos nas delegacias em condições totalmente ilegais com a inobservância total da Lei de Execuções Penais, eis que até o momento não se assentou um único tijolo na construção dos tais “Presídios Industriais”. Não se criaram vagas no sistema penitenciário, as celas em delegacias continuam abarrotadas, os policiais civis continuam sem investigar por que precisam cuidar de presos, etc. Enfim, tudo como dantes no quartel de Abrantes.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*