Ibope: Dilma vence no 1º turno mesmo se Marina for candidata | Fábio Campana

Ibope: Dilma vence no 1º turno mesmo se Marina for candidata

De Daniel Bramatti, Estadão Dados:

Pesquisa Ibope em parceria com o Estado sobre a sucessão presidencial mostra que a presidente Dilma Rousseff (PT) venceria no primeiro turno se as eleições fossem hoje e seus adversários fossem Aécio Neves, pelo PSDB, e Marina Silva ou Eduardo Campos, pelo PSB.

Em três dos quatro cenários avaliados pelo instituto, Dilma tem entre 39% e 41% das intenções de voto, mais do que a soma das preferências pelos adversários. Em apenas um dos cenários, com Serra e Marina na disputa, a petista não supera a soma dos adversários.

No quadro visto hoje como mais provável para 2014 – Dilma contra Aécio e Eduardo Campos – , a presidente teria 41%, o governador de Minas Gerais, 14%, e o governador de Pernambuco, 10%.

Com Marina no lugar de Campos, ela teria mais que o dobro dos votos dele, chegando a 21%. Mas Dilma praticamente não perderia eleitores: oscilaria de 41% para 39%. O mesmo aconteceria com Aécio, que passaria de 14% para 13%.

Se os concorrentes fossem Dilma, Serra e Campos, eles teriam 40%, 18% e 10%, respectivamente. A vantagem da petista sobre a soma dos adversários, neste caso, seria de 12 pontos porcentuais.

A presidente aparece com 39% quando os adversários são Marina (21%) e Serra (16%) – neste caso, ela fica em situação de empate técnico com a soma das intenções de voto dos outros dois candidatos (37%).

Em um eventual segundo turno, Dilma venceria todos os adversários avaliados pela pesquisa Ibope/Estadão. Contra Marina Silva – o cenário mais apertado – , a presidente venceria por 42% a 29%. Com Eduardo Campos na disputa, a presidente teria vantagem de 27 pontos porcentuais, vencendo por 45% a 18%.

A distância seria similar, de 28 pontos, se Aécio (19%) participasse hoje de uma disputa direta contra a presidente (47%). Uma repetição do segundo turno de 2010, com Dilma e Serra, terminaria com a vitória da primeira por 44% a 23%.

O Ibope ouviu 2.002 eleitores em 143 municípios entre os dias 17 e 21 de outubro. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos.


11 comentários

  1. Parreiras Rodrigues
    quinta-feira, 24 de outubro de 2013 – 19:38 hs

    Dilma é candidata. Tá na telinha de manhã, à tarde e à noite. Em rede nacional mês sim, mês também, abaixando fatura de energia elétrica, falando em trilhões do pré-sal.

  2. Irineu
    quinta-feira, 24 de outubro de 2013 – 20:31 hs

    Esta deve ser as pesquisas compradas pelos nossos distintos companheiros, o país está um caos, a políticada metendo a mão no que pode, mensalão só festa, Lula metendo dedo em tudo o que não deve, e o povo ignorante achando que tá bom.

  3. Antonio roberto Nogueira
    quinta-feira, 24 de outubro de 2013 – 21:01 hs

    O Brasil inteiro já sabe disto!!

  4. SOLANGE LOPES
    quinta-feira, 24 de outubro de 2013 – 21:09 hs

    O povo brasileiro tem mesmo é que se fo…

  5. Servidor Indignado
    quinta-feira, 24 de outubro de 2013 – 21:49 hs

    Eu votei e continuo votando e acreditando nela. Gosto da forma discreta de governar de nossa presidenta.

  6. VISIONÁRIO
    sexta-feira, 25 de outubro de 2013 – 6:53 hs

    Infelizmente o PT vence as eleições às custas das famosas “Bolsas”
    e dos correligionários não pensantes do PT. Todas as maracutaias
    vão permanecer intactas independente de espernearmos…

  7. Parreiras Rodrigues
    sexta-feira, 25 de outubro de 2013 – 8:11 hs

    Dilma é candidata 24 horas por dia. Cedo, à tarde e à noite na telinha, no twitter, no rádio, no jornal. Dando descontos na fatura da luz, ora importando médicos cubanos – mesmo que em regime de escravidão, distribuindo tratores e caminhões, brigando com Obama, andando de motocicleta às escondidas, às vezes se desmentindo como no caso das creches. E ainda tem o reforço do ex (eu disse ex?) presidente que, na falta do que fazer, além de palestras inconsequentes e improdutivas pagas por empreiteiras que o usam como picareta para os seus negócios.

  8. antonio cabrera de sá
    sexta-feira, 25 de outubro de 2013 – 8:18 hs

    Politicos do Brasil, se isso se confirmar, pode continuar roubando, ai estará provado que o povo é cego e surdo.

  9. Parreiras Rodrigues
    sexta-feira, 25 de outubro de 2013 – 8:29 hs

    …e vi ontem, o quase ficção programa do Plagiador Total. Para não posarem de xerocadores, deveriam a presidente e o ex (eu disse ex?) presidente, se referirem aos inspiradores dos principais sucessos do decênio perdido: os programas sociais e as privatizações.
    Minha Casa, Minha Vida é a perpetuação de embrionária iniciativa de dom Hélder Câmara, que inspirou o BNH para a construção de casas populares, ainda no regime militar e que, na realidade, são pagas, as casas, pelo Fundo de Amparo ao Trabalhador, em síntese, constituido pelo imposto de cada um de nós e que deve o sucesso à participação das prefeituras – terrenos terraplanados, e dos estados – redes de saneamento (água, luz e esgoto).
    Mais Médicos decorre do sucateamento da saúde. Um exemplo: (info da GP de hoje) – Em 2004, o Hospital de Clínicas tinha 3.474 funcionários, hoje, 2910; Em 2004, o HC tinha 599 leitos disponíveis, hoje, 365. E médico precisa até usar o seu próprio equipamento e ainda pena com a falta de medicamentos. É o ânus da tapir, diria o cruzadista.

  10. aline
    sexta-feira, 25 de outubro de 2013 – 10:15 hs

    Eduardo Campo sobe, Aecio (ou Serra) caem. Segundo turno: Dilma x Eduardo Campos. Vamos apostar? Talvez mudaria numa suposta entrada do Joaquim Barbosa na corrida, fato remoto mas que pode acontecer porque a regra eleitoral é diferente para os magistrados.

  11. Helena
    sexta-feira, 25 de outubro de 2013 – 10:36 hs

    Também pudera, aparecendo toda hora na mídia com uma campanha política a todo vapor, qualquer um estaria até com um índice muito maior. E o TSE por onde anda? Tá tudo contaminado pela ptezada, “sô”!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*