Dilma amplia viagens a MG e força Aécio a 'blindar' reduto | Fábio Campana

Dilma amplia viagens a MG e força Aécio a ‘blindar’ reduto

Da Folha de S.Paulo:

A presidente Dilma Rousseff fará hoje sua sexta visita oficial a cidades de Minas Gerais em menos de três meses.

A presença da petista no Estado que é o principal reduto de Aécio Neves (PSDB), um de seus potenciais rivais na eleição de 2014, foi intensificada após os protestos de junho. Antes das manifestações, ela visitava, em média, uma cidade mineira a cada dois meses.

Do início de agosto, quando esteve em Varginha, até hoje, quando desembarca em Belo Horizonte, seu ritmo de eventos em Minas tem sido de uma viagem a cada 13 dias, superior ao do senador tucano, ex-governador (2003-2010).

Até agora, Aécio vinha se limitando a rebater as entrevistas e discursos de Dilma sob o argumento de que ela “abandonou o Estado”. Isso porque, embora tenha nascido em Belo Horizonte, a presidente não teria “laços políticos” com Minas.

Diante da investida do Planalto em sua área de influência, o senador mudou a tática e programou maratona de eventos no interior mineiro.

Na segunda-feira, em Uberlândia, iniciará os encontros regionais denominados “Conversa com os Mineiros”, nos quais pretende reunir líderes políticos da região e pedir empenho e união dos aliados.

Outras duas “conversas” estão marcados para este ano: Poços de Caldas, no sul, e Montes Claros, no norte.

Pesquisa de intenção de voto para 2014 do MDA Pesquisa, divulgada pelo jornal “Estado de Minas” na semana passada, apontou Aécio com 46,6% no Estado, contra 34,4% de Dilma e 6,6% de Eduardo Campos (PSB).

No cenário com Marina Silva (PSB), o tucano cai para 43,8%. Dilma teria 33,8%, e, Marina, 13,2%.

A vantagem entre 12 e 10 pontos foi vista com preocupação pelos tucanos, já que aliados do ex-governador planejam conquistar “votação histórica” em 2014 para levá-lo ao segundo turno.

Governado pelo grupo de Aécio desde 2003, Minas é o segundo colégio eleitoral do país, com 15 milhões de eleitores, atrás apenas de São Paulo (31,2 milhões) -Estado em que dificilmente o tucano repetiria as votações de José Serra (2002 e 2010) e Geraldo Alckmin (2006).

Dilma irá hoje a Belo Horizonte para visitar escola infantil inaugurada em setembro e participar da formatura de estudantes do Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego).

Ela já visitou o Estado com esse propósito, mas também para inaugurar um Centro Cultural Banco do Brasil, uma fábrica de transformadores, uma universidade e até para relançar programa de recuperação do patrimônio cultural criado no governo Lula.


Um comentário

  1. tadeu rocha
    quarta-feira, 23 de outubro de 2013 – 12:50 hs

    A DEUSA E O DEUS ESTAO SEMPRE NA FRENTE, É SAO PAULO É MG É PARANÁ EM TODO LUGAR, ISSO É UMA BELA PIADA,,,, EU ACHO QUE OS BRASILEIROS ESTAO MAIS LIGADO DO QUE NUNCA, E PRESIZAMOS MESMO FICAR LIGADO, SE NAO VAO VENDER O NOSSO BRASIL.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*