Rede, de Marina Silva, quer que TSE reconheça assinaturas rejeitadas por cartórios | Fábio Campana

Rede, de Marina Silva, quer que TSE reconheça assinaturas rejeitadas por cartórios

Da Mônica Bergamo, Folha de S.Paulo:

A tese invocada pela Rede, de Marina Silva, pedindo que o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) reconheça assinaturas para a formação do partido que foram rejeitadas por cartórios encontra resistência na corte. Ministros dizem que a burocracia não é obrigada a justificar a glosa das firmas, como quer a ex-senadora.

TUDO CLARO
O argumento central da Rede é o de que o poder público tem que justificar todas as suas medidas. Já ministros do TSE acham que os cartórios não devem dar explicações adicionais à que já está explicitada: eles comparam assinaturas e informações apresentadas com os cadastros dos eleitores. Se alguma coisa não confere, anulam a ficha apresentada.

RABISCO
“O problema é que há uma série de precariedades nos cartórios, e a falta de justificativa é uma forma de lidar com elas”, diz Bazileu Margarido, coordenador da Rede. Há também pontos considerados fora da curva. No Brasil todo, por exemplo, foram anuladas em média 20% das assinaturas. Em SP, 34%. No ABCD (Santo André, São Bernardo, São Caetano e Diadema) elas chegaram a 50%.

PONTO DE VISTA
E Marina Silva dividirá o palco com outro presidenciável, o tucano Aécio Neves (PSDB-MG), em um seminário sobre produtividade promovido pela revista “Exame”, da editora Abril. O presidente do STF, Joaquim Barbosa, também dará palestra no mesmo evento, na próxima segunda, 30. O ministro Guido Mantega, da Fazenda, representará o governo.


7 comentários

  1. quarta-feira, 25 de setembro de 2013 – 11:26 hs

    Marina é mais do mesmo, essa ditadorazinha, zinha deu com o nariz na porta e agora quer conseguir seu partideco na marra

  2. Renato Pereira
    quarta-feira, 25 de setembro de 2013 – 11:55 hs

    Marina Silva corre contra o tempo para disputar as eleições presidenciais de 2014 aparecendo como uma “alternativa” a atual Presidenta a ao partido que governa o país.
    Só não dá para entender o que representará de “novo” alguém que fez seu carreira política no PT, sendo vereadora, deputada estadual e depois senadora pelo Acre, somente desfiliando-se deste partido em 2009 para disputar as eleições presidenciais de 2010 pelo PV.
    Alguém pode explicar ?

  3. luiz
    quarta-feira, 25 de setembro de 2013 – 16:02 hs

    Então naquele espaço minúsculo do livro de registro da votação eu só rubriquei.
    Não usei minha assinatura da CI ou do talão de cheques, simplesmente porque lá não cabe uma assinatura.
    Se lá não cabe, como é que os cartórios vão validar a assinatura da minha ficha?

  4. antonio carlos
    quarta-feira, 25 de setembro de 2013 – 19:41 hs

    O que a ex-seringueira e ex -ministra quer é uma tremenda colher de chá da Justiça Eleitoral. E se depois do hipotético registro do partido na Justiça Eleitoral, se reconhecerem que as tais assinaturas são mesmo falsas a ex-ministra vai aceitar que se casse o registro do partido?

  5. Parreiras Rodrigues
    quarta-feira, 25 de setembro de 2013 – 22:10 hs

    Da Rua, fique na sua. Eu respeito 20 milhões de votos quando os institutos davam 12, 13….

    E não respeito apenas os votos, a dona deles também, pelo que ela, de séria e decente, representa para o porco momento da política brasileira.

  6. Francisco Scarpari Neto
    quinta-feira, 26 de setembro de 2013 – 4:46 hs

    Esta santa do pau oco, é uma nazista disfarçada. Deus livre o Brasil desta Lula á 5a.potência. A rede tem que ser rejeitada pelas suas grosseiras irregularidades. Se esta figura venha por acaso a ser presidente o Brasil voltará à idade das pedras, antes da descoberta do fogo e da roda! Vade retro!

  7. Bagrinho do Litoral
    quinta-feira, 26 de setembro de 2013 – 7:11 hs

    Que Deus nos livre desta verdadeira praga bíblica ambientalista…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*