PR-445 já tem 40% das obras de duplicação, entre Londrina e Cambé | Fábio Campana

PR-445 já tem 40% das obras de duplicação, entre Londrina e Cambé

As obras de duplicação da PR-445, entre Londrina e Cambé, completaram nesta semana 40% dos serviços. O DER-PR prevê a conclusão das obras até outubro do ano que vem. O investimento, de R$ 95 milhões, é do Governo do Estado. Além dos 17 km, mais 5,5 km , entre Cambé e Warta, serão duplicados em parceria do governo estadual e a concessionária Econorte. O investimento neste trecho é de R$ 44,2 milhões. A obra é executada em três lotes e terá 11 viadutos e trincheiras, além de seis passarelas.

“Há muitos anos a comunidade aguarda essa duplicação. Neste trecho mais crítico há transtornos viários, tráfego de veículos pesados e muitos acidentes diariamente”, afirma o governador Beto Richa. “São investimentos do Estado e uma parte da concessionária EcoNorte, e isso é graças ao diálogo e a negociação que estamos fazendo. Com os 22 quilômetros duplicados, vamos atender o grande crescimento da produção da região, que é conhecida por escoar grande número de aves e grãos”, disse Pepe Richa, secretário de Infraestrutura.


10 comentários

  1. Sergio Silvestre
    sexta-feira, 13 de setembro de 2013 – 20:24 hs

    Na verdade são os 40% que já estavam quase duplicados,s+o faltava fazer umas melhorias.Tem que acelerar que as eleições está próxima.

  2. pé vermelho
    sexta-feira, 13 de setembro de 2013 – 21:05 hs

    A tal CPI do pedágio já começou dar resultado tomara que não fique só nessa obra

  3. Ling
    sábado, 14 de setembro de 2013 – 0:04 hs

    Agora, depois dessa magnífica duplicação (que deveria ter sido feita antes da primeira concessão) pode renovar a concessão para que a empresa-amiga fique mais 20 anos arrancando o couro dos motoristas e para que a campanha 2014 seja mais gorduchinha.

  4. joao
    sábado, 14 de setembro de 2013 – 7:07 hs

    Quando comparada com a tal PONTE ESTAIADA o custo da duplicação é bem menor. Dá a entender que há uma gordura nesta ponte. abram os olhos minha gente.

  5. lika
    sábado, 14 de setembro de 2013 – 7:50 hs

    Fabio essa noticia está atravessada, nem governo e nem concessionária, aquilo é o povo que está pagando e diga se de passagem, pagando a 15 anos e deveria ja estar pronta a muito tempo, essa TURMA está roubando o povo do parana e o mais grave com a conivencia de governos e deputados que representam o povo paranaense.

  6. luiz
    sábado, 14 de setembro de 2013 – 10:08 hs

    Chega sexta feira e já não tem água na minha casa!
    Estou no centro de Campo Largo e votei nesse Governo!
    Até quando vai esse contrato com a sanepar?

  7. Vigilante do Portão
    sábado, 14 de setembro de 2013 – 11:45 hs

    Fosse na Gazetona, a manchete seria assim:

    “APENAS” 40% das obras…”

  8. Sergio Silvestre
    domingo, 15 de setembro de 2013 – 10:43 hs

    É isso mesmo LIKA.aI NÃO TEM DINHEIRO DE PEDAGIO NÃO

  9. new
    domingo, 15 de setembro de 2013 – 21:12 hs

    além do roubo do pedágio o governo ainda teve de investir dinheiro na obra.
    Ninguém fica sabendo da verdade verdadeira é tudo mascarado, aditivo, etc, a mão grande come solta, mas vamos avisar todo mundo

  10. new
    domingo, 15 de setembro de 2013 – 21:12 hs

    fim do voto obrigatório e do voto comprado já !

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*