Nassif diz que Gleisi atropelou a constituição e a ONU | Fábio Campana

Nassif diz que Gleisi atropelou a constituição
e a ONU

De Luis Nassif:

Em países mais sérios, a notícia sobre o PNE (Plano Nacional de Educação) publicada no site da Casa Civil teria implicações sérias.

É função da Casa Civil: “assistir direta e imediatamente ao Presidente da República no desempenho de suas atribuições, especialmente: (…) na verificação prévia da constitucionalidade e legalidade dos atos presidenciais”.

Segundo a notícia, a ministra-chefe Gleise Hoffmann comprometeu-se a pressionar o senador Vital do Rego – relator da PNE – para retirar do texto a obrigatoriedade da rede fundamental dar atendimento às crianças com deficiência.

Conseguiu o feito inédito de, sendo a guardiã da constitucionalidade das medidas do Executivo, atropelar ao mesmo tempo a Constituição Federal e a Conferência das Nações Unidas Sobre Direitos das Pessoas Com Deficiência – da qual o Brasil é um dos signatários, que prevê como direito absoluto da criança (com ou sem deficiência) o acesso ao ensino básico.

É evidente que não atingirá seu objetivo. Mas expõe de forma dramática o profundo provincianismo e incapacidade em tratar com temas especializados.


11 comentários

  1. Paulo
    terça-feira, 10 de setembro de 2013 – 10:41 hs

    É lógico, poderia até ser uma excelente secretária de consultório médico! Mas ministra? Governadora? Tão de brincadeira comigo!?

  2. Doutor Prolegômeno
    terça-feira, 10 de setembro de 2013 – 11:12 hs

    Bonitinha, mas, fraquinha… não destoa do conjunto do governo… a turma da nota baixa na faculdade…

  3. Ney Camargo Machado Filho
    terça-feira, 10 de setembro de 2013 – 11:22 hs

    Ministra Gleise, na Conferência Nacional da Ordem dosa Advogados do Brasil, realizada em Curitiba no ano de 1978 em plena ditadura militar em nosso País que tinta como tema: O Estado de Direito e redemocratização do Brasil. Em palestra no auditório principal da Conferência na Faculdade de Direito da Universidade Federal do Paraná, nosso saudoso jurista Pontes de Miranda dizia e consta nos anais desta conferência: “Nenhum governante comprometido com a Democracia e o Estado de Direito, pode prescindir de um bacharelzinho em direito ao seu lado para rever e orientar o governante antes de assinar seus atos, sob pena de vermos medidas sendo assinadas como o Ato Institucional 5. “AI-5″ Vergonha Nacional”.

  4. TATUCONGELADO
    terça-feira, 10 de setembro de 2013 – 11:34 hs

    ESTE É O GOVERNO DO PT QUE JÁ LEVOU O BRASIL A FALENCIA TOTAL

  5. Gardel
    terça-feira, 10 de setembro de 2013 – 14:08 hs

    Já não basta a política injusta do PT que a cada dia amplia a exclusão das pessoas portadoras de deficiência física, querem agora puni-las desde o ensino fundamental. Essas ações nebulosas do PT, sequer são acompanhadas de justificativa o que faz aumentar ainda mais a ira pública. A ministra Gleisi tenta demonstra aparência de pessoa imbuída de amor a população, quer prova maior que esta do seu repudio a população? Na essência, porém, seus gestos não passam de amoralidades, adora navegar no mar do descalabro. O governo petista prioriza a fragilização das instituições, alem de fomentar o desrespeito. Estão sempre cercados de criminosos, amantes da devassidão, na verdade, o PT tem o costume de ocultar criminosos e desafiar as leis. É um partido especializado em transgredir todas as regras, nunca norteiam pelas balizas legais. Respeito à transparência, não existe no vocabulário petista.

  6. Gardel
    terça-feira, 10 de setembro de 2013 – 14:15 hs

    Já não basta a política injusta do PT que a cada dia amplia a exclusão das pessoas portadoras de deficiência física, querem agora puni-las desde o ensino fundamental. Essas ações nebulosas do PT, sequer são acompanhadas de justificativa o que faz aumentar ainda mais a ira pública. A ministra Gleisi tenta demonstra aparência de pessoa imbuída de amor a população, quer prova maior que esta do seu repudio a população? Na essência, porém, seus gestos não passam de amoralidades, adora navegar no mar do descalabro. O governo petista prioriza a fragilização das instituições, alem de fomentar o desrespeito. Estão sempre cercados de criminosos, amantes da devassidão, na verdade, o PT tem o costume de ocultar criminosos e desafiar as leis.

  7. Zé Buscapé
    terça-feira, 10 de setembro de 2013 – 15:11 hs

    Tá certa ela, tem que atropelar mesmo, a constituição tem que ser reformulada, atualizada, sem contar que se for seguir a risca seria como no tempo em que ela foi escrita, por pessoas que na época pensavam daquela maneira, hoje pensamos diferente, agimos diferente, são outros tempos, a sociedade requer atitudes diferentes, condizentes com as necessidades que temos hoje.Precisamos de renovação, não só na constituição, mas no congresso, no governo, no legislativo, no executivo, no judiciário, enfim, tem que trocar tudo, tá uma roubalheira generalizada, e os culpados são a maioria que fazem parte de uma massa de manobra, manipulados por estes bandidos, que tem autorização pra roubar. CHEGA.

  8. PEDROCA DO TEXAS
    terça-feira, 10 de setembro de 2013 – 16:12 hs

    A Ministra Gleise,o que realmente sabe fazer é andar junto com a Presidenta,tirar bastante fotos,aparecer na mídia, pois quem realmente manda na Casa Civil é o Sr. Mercadante,parece um Primeiro Ministro.Está mais perdida,que cego em tiroteio.Esperar o que dela ?De repente ,ela esteja preocupada com a prisão de seu ex-assessor,o namorador das menininhas.

  9. Politico
    terça-feira, 10 de setembro de 2013 – 23:47 hs

    Senadora Gleisi, sai logo daí! ….

  10. Vigilante do Portão
    quarta-feira, 11 de setembro de 2013 – 3:24 hs

    Não me surpreende,

    Uma das medidas da “thurma” quando assumiu o poder na antiga URSS, foi ELIMINAR deficientes´, velhos e inimigos.

  11. Antonio Borgesa dos Reis
    quarta-feira, 11 de setembro de 2013 – 10:37 hs

    Parem de fazer politicagem com um assunto tão sério. as PcD merecem mais respeito. Está existindo uma divergência de opinião entre o Senador Pimentel do PT do Ceará aliado do Ministro Mercadante também do PT e a posição oficial do governo federal. Eu estava presente na Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência ocorrida em Brasília em dezembro do ano passado, que contou com a presença da Presidenta Dilma e da Ministra Gleisi. Ambas reconhecem e defendem a continuidade dos dois sistemas educacionais de forma harmoniosa, ensino regular e especial. Os pais devem ter o direito de escolher o melhor caminho para o seu filho. Quem prega o fim das APAES como o ministro Mercadante deveria antes de falar bobagem visitar uma APAE ou centenas de outras entidades que atendem pessoas com deficiência intelectual e analisar se é possível a integração de um aluno com quadro mais severo. A causa das PcD está acima de questões político partidárias. Sou presidente do PSC de Curitiba, aliado e amigo do Deputado Ratinho Jr, hoje secretário do governador Beto Richa, mas não posso ser hipócrita de não testemunhar o esforço da ministra Gleisi para a continuidade do ensino especial no Brasil. Dias atrás ela recebeu a meu pedido em seu gabinete a presidente da Federação Nacional das APAES e o vereador Pedro Martendal de Cascavel, que inclusive é do PSDB e dirigente da Federação Estadual das APAES do Paraná onde ela assumiu a defesa do que pedem os dirigentes do ensino especial no Brasil, que no PNE a palavra “preferencialmente” seja mantida ao invés de obrigatoriamente como quer o senador Pimentel no ítem do Plano onde se refere a matrícula dos alunos.
    Antonio Borges dos Reis, ex-presidente da APR – Associação Paranaense de Reabilitação, e membro do Conselho Curador da FEPE – Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional durante nove anos.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*